MONTE MORIÁ

“Respondeu Abraão: Deus proverá para Si, meu filho, o cordeiro para o holocausto; e seguiam ambos juntos.” Gênesis 22:8.

O Monte Moriá foi o lugar que Deus ordenou Abraão sacrificar seu filho Isaque. Foi nesse monte que Abraão levantou um altar e ofereceu seu filho ao Senhor. Foi em Moriá que Abraão chamou a Deus de Jeová-Jiré ("Deus da provisão"). Nesse monte Deus providenciou um cordeiro substituto para ser sacrificado no lugar de Isaque. Nesse mesmo monte, mil anos depois, Salomão edificou o templo do Senhor. Tanto a oferta de Isaque como o templo eram símbolos de Cristo. Jesus foi o Cordeiro substituto que morreu por nós. Jesus é Deus vestido de pele humana. É Deus entre nós, em nós e por nós.

NEle reside toda a plenitude da Divindade. Ele é o centro da nossa fé, o alvo do nosso amor e a base da nossa esperança. Para Ele apontavam todas as cerimônias e sacrifícios do templo. Ele é maior do que o templo. Ele é o cumprimento de todas as esperanças do Seu povo. Aquilo que era apenas sombra no passado, tornou-se realidade plena em Jesus. Quando adentrarmos pelos portais da Cidade Santa, a Nova Jerusalém, Jesus será nosso santuário, pois viveremos nEle pelos séculos dos séculos.

Oremos
Pai, a Bíblia diz que Jesus é o único nome pelo qual importa que sejamos salvos. E que fora dEle não há salvação. Por isso, neste momento, confesso minha fé nesse Nome de poder. Em nome dEle, amém.

Cada Dia.

Comentários