COMO SER UM VERDADEIRO SEGUIDOR DE CRISTO

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Praia Grande / SP - Culto Vespertino 16.03.08
IPB de Porecatu / PR - Culto Vespertino 04.10.09

3ª IPB de Barretos / SP - Culto Vespertino 28.03.10

TEXTO BÍBLICO – MARCOS 11:1-20 

EXÓRDIO
Nos momentos críticos de nossa vida podemos crer que o Senhor sabe o que estamos passando e que Ele tem lições a nos ensinar, aliás, é nesses momentos que devemos estar com nosso coração mais aberto para ouvir o que Ele tem a nos dizer e nos ensinar. Mas também é nesses momentos que podemos ensinar a outros através de nosso testemunho de vida e de fé. Como Jesus que mesmo estando a poucos dias de sua morte continuou até o fim ensinando lições aos seus discípulos e a todos nós. No texto lido podemos aprender sobre como ser um verdadeiro seguidor de Cristo.

EXPLICAÇÃO
O texto lido está inserido na semana conhecida como a semana da paixão de Cristo que é exatamente a semana em que Ele foi traído, humilhado, torturado e crucificado para nos salvar. O texto lido localiza-se a exatamente cinco dias de sua morte e a uma semana antes da sua ressurreição. Este dia  ficou conhecido de toda a cristandade como o “domingo de ramos”. Os fatos ocorridos nesse dia estão repletos de significado em se tratando do ministério do Senhor e tem um sentido muito forte para a vida da igreja, pois o nosso Senhor estava sendo confrontado com a veracidade de Sua missão.
ARGUMENTAÇÃO
 
1 – O VSC reconhece e declara Cristo como o Senhor de sua vida – vs 9,10 – glorificar
Cumpriu-se aqui o que está profetizado em Zc 9:9 “Alegra-te muito ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém: eis aí te vem o teu Rei, justo e salvador, humilde, montado em jumento, num jumentinho, cria de jumenta”. E enquanto Ele entrava em Jerusalém era recebido pelo povo que clamava estas palavras... Infelizmente não sabemos quantos de fato creram nEle e se O seguiram mesmo após a Sua morte, mas é fato que Ele foi recebido com glórias nesse dia, porém dali a cinco dias muitos destes O abandonariam e estariam gritando “crucifica-O, crucifica-O”. Isso faz-nos pensar em que tipo de louvor damos ao Senhor Jesus, podemos estar hoje cantando louvores a Ele e amanhã negarmos o Seu nome.
“Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.”  João 4:23.

O Catecismo de Westminster nos ensina que “o fim principal do homem é glorificar a Deus e gozá-Lo para sempre”, mas como isso acontece na prática? Através de nossas palavras e ações. Não podemos nos calar, o VSC tem que falar, declarar, assumir que Cristo é o Senhor de sua vida, mas as palavras somente terão valor se forem verdadeiras. Acima de tudo o VSC deve viver o Evangelho de modo prático, integralmente.

2 – O VSC produz FRUTO em sua vida (o fruto do Espírito) – vs 12-14,20 – frutificar
No vs.13 lemos que “não era tempo de figos”, segundo o comentário da Bíblia Anotada “Normalmente os frutos e as folhas apareciam no mesmo tempo. A maldição sobre a árvore ilustra a rejeição de Israel, uma nação infrutífera apesar de todas as vantagens de que dispunha” - (A Bíblia Anotada comentário Mt 21:19). Aqueles servos não produziam fruto pois não adoravam a Cristo.

“...foi ver se nela porventura acharia alguma cousa”. Essa foi uma ação didática, na verdade Ele estava ensinando o que acontece na vida de quem apenas tem folhagem (aparência), mas não produz fruto. Tal pessoa está fadada a morte espiritual, conf. João 15:1-6 todo ramo que não produzir fruto será cortado e lançado no fogo.
O fruto ao qual o Senhor se refere é demonstrado na vida do seguidor temente a Deus que vive em devoção proveniente da fé e do amor a Deus: o amor, o temor, a obediência, a humildade, a resignação e o serviço a Deus. Jesus falou muito a respeito desse fruto:
- Mt 3:8 devemos produzir o fruto digno de arrependimento;
- Mt 7:16 os falsos profetas, pelos seus frutos os conheceis;
- Mt 7:17 toda arvore boa produz bons frutos, e a árvore má frutos maus;
- Mt 12:33 a árvore boa e o seu fruto bom e a árvore má e seu fruto mau;
- Jo 4:36 o ceifeiro entesoura o seu fruto para a vida eterna; etc, etc...
Um pouco mais adiante, em Gl 5:22,23a a Palavra também nos fala sobre esse fruto tratando-o como “O fruto do Espírito” que é válido de se ver e estudar.

Se estivermos em comunhão com o Pai esses frutos (ou esse fruto) serão produzidos naturalmente em nós pelo próprio Deus. A razão pela qual muitas vezes não o produzimos é a nossa falta de comunhão com o Pai, nosso distanciamento, nosso pecado, nosso orgulho. Mas o VSC irá adiante vencendo as barreiras que surgirem em sua jornada e será como árvore frutífera plantada junto a correntes de águas.

3 – O VSC purifica-se e mantém-se incontaminado – vs 11,15-18 – obedecer
O templo que outrora havia sido o centro da fé e da adoração a Deus, tornara-se agora o centro da corrupção, da malignidade e da ganância de falsos líderes que sempre procuravam tirar proveito do povo em benefício próprio em toda e qualquer oportunidade que surgisse. Havia também os mercadores que nesse caso praticavam o comércio de animais que serviriam para os sacrifícios.

Nessas circunstâncias três problemas graves demonstram a contaminação do templo:
A – o templo que deveria ser um local exclusivo de louvor e adoração a Deus, “casa de oração para todos os povos” conf. vs. 17 passara a ser local de comércio;
B – os mercadores exploravam os peregrinos lucrando abusivamente;
C – tudo isso acontecia com a permissão das autoridades do templo: os escribas, os sacerdotes e do sumo-sacerdote Caifás. Conf.vs.18 agora estes “...ouviam estas cousas e procuravam um meio de lhe tirar a vida, pois o temiam...”

O templo era belo (Mc 13:1) no entanto o Senhor Jesus condena a religião teórica que negligencia a prática da palavra de Deus.

Sabemos que somos o templo do Espírito Santo, como temos cuidado desse templo espiritual que somos nós? Se não vigiarmos com muita atenção, poderemos facilmente ser dominados por nosso coração corrupto (Mc 7:21-23). E ainda temos o diabo a nos cercar como leão que ruge ( e o mundo que é o palco do crescimento desse reinado de pecado e maldade... Que caos. A única maneira de alguém conseguir manter-se incontaminado, é esforçando-se com sinceridade e franqueza diante de Deus. O VSC DESEJARÁ ISSO DE TODO O SEU CORAÇÃO, ACIMA DE QUALQUER COISA, ACIMA DE RIQUEZAS OU PRAZERES, e conseguirá da seguinte forma:
- recebendo o senhorio de Cristo em sua vida através do arrependimento dos pecados;
- dependendo inteiramente da graça e da bondade de Deus através da qual recebemos a limpeza diária necessária para nos aproximarmos cada vez mais dEle;
- obedecendo a Ele de todo o coração;
- alimentando-se DIARIAMENTE da verdade através da leitura e do estudo responsável da Bíblia Sagrada.
- vivendo uma vida de oração sem legalismo ou fanatismo;
- praticando o culto doméstico no qual a família vai junta à presença de Deus;
- freqüentando assiduamente aos cultos e buscando servir a Deus desenvolvendo seus dons e talentos na obra do Senhor.

CONCLUSÃO
Jesus estava sendo confrontado com a Sua própria missão, o que Ele veio fazer aqui neste mundo tão conturbado. A Sua missão foi extremamente difícil, tanto que não podemos expressar em simples palavras aquilo que Ele passou. Podemos notar que Ele estava também confrontando o que havia de verdade na vida de Seu povo (a figueira), no culto (a purificação do templo), e próprio povo deu os sinais do que era verdade em suas vidas quando O abandonaram e O traíram, restando somente os seus verdadeiros seguidores.
E hoje Ele também nos confronta com a luz da Sua verdade. Devemos refletir em quem somos, e até que ponto estamos dispostos a pagar o preço da verdade em nossas vidas. Jesus pagou o preço até o fim, Ele não recuou e cumpriu cabalmente a Sua missão para nos salvar.

Que possamos nesse dia fazer uma auto-análise de quem somos, vamos passar o raio-X da verdade em nossas almas e vejamos que tipo de seguidor nós somos:
- Aquele que está constantemente mudando de lado, que está sempre tentando equilibrar-se porque vive em cima do muro?
- Aquele que tem folhagem mas não produz o fruto?
- Aquele que vive de aparência como o belo templo mas por dentro está cheio de corrupção e iniqüidade?

S.D.G.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL