VIDA E PIEDADE CONDUZEM À VIDA ETERNA

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti - S.C.Sul / SP

Estudo Bíblico 31.10.12

TEXTO BÁSICO

2 PEDRO 1:1-11
“1.3   Visto como, pelo Seu divino poder, nos tem sido doadas todas as coisas que conduzem à vida e à piedade, pelo conhecimento completo daquEle que nos chamou para a Sua própria glória e virtude,
1.4   pelas quais nos têm sido doadas as Suas preciosas e mui grandes promessas, para que por elas vos torneis co-participantes da natureza divina, livrando-vos da corrupção das paixões que há no mundo.”


O profeta Isaías no cap. 53 vs. 3-7 afirma que o nosso Senhor:

"Era desprezado e o mais rejeitado entre os homens; Homem de dores e que sabe o que é padecer; e, como um de quem os homens escondem o rosto, era desprezado, e dEle não fizemos caso. Certamente, Ele tomou sobre Si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre Si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. Mas Ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele, e pelas Suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o SENHOR fez cair sobre Ele a iniqüidade de nós todos. Ele foi oprimido e humilhado, mas não abriu a boca; como cordeiro foi levado ao matadouro; e, como ovelha muda perante os seus tosquiadores, ele não abriu a boca."

Ele fez tudo isso para nos salvar, em obediência à vontade de Deus, pois se Ele não morresse na Cruz ninguém seria salvo. Jesus pagou o preço da nossa salvação para que tivéssemos acesso ao trono da Graça de Deus, e assim pudéssemos viver uma vida piedosa.


Não se alcança jamais esse tipo de vida se não abandonarmos o pecado, o egoísmo, a preguiça e o comodismo; vida piedosa é uma vida de abnegação, busca, empenho e esforço. Não se vive esse tipo de vida se continuarmos apegados às coisas que há no mundo e que entristecem ao Senhor nosso Deus - 1 Jo 2:15.

De imediato já percebemos que a maior dificuldade em se conhecer a Deus mais profundamente reside em nós mesmos, nosso egoísmo, nossa acomodação, nosso pecado nos afastam dessa vida piedosa. É mais fácil ficarmos quietos dentro de nossas casas do que irmos à Igreja. E é mais fácil apenas aquecermos os bancos da Igreja do que vivermos de fato uma vida para Ele. Como vamos freqüentar os cultos de quartas-feiras? E deixar de assistir ao último capítulo da novela? Como vamos nos dispor a ler a Bíblia e orar se temos tanta coisa para fazer no computador?

A verdade é que muitas vezes estamos vivendo em função de nós mesmos e daquilo que nos agrada somente. Não é esse tipo de vida que a Bíblia trata aqui. Uma vida piedosa deve ser vivida na semelhança de Cristo, e isso é plenamente possível, se não fosse Deus não nos mandaria.

DEUS NÃO É UM "ESTRAGA PRAZER" 

Isso é uma mentira do diabo que engana as pessoas que não acreditam em Deus (Jo 8:44). Tem gente que logo pensa em Deus como se Ele fosse assim, mas Ele não é! Pelo contrário, Deus ama a todos os que nEle crêem, sejam eles jovens, adolescentes, crianças ou adultos. Deus nos recebe do jeito que somos, mas Deus quer fazer uma obra na vida de cada um de nós. Deus não mente e a verdade às vezes dói um pouco, não é mesmo? É preciso entender que há tempo para tudo na vida. Podemos e devemos ter tempo para nos divertir, passear, brincar, etc., mas para buscarmos o crescimento espiritual, precisamos buscar viver uma vida piedosa, senão jamais iremos crescer espiritualmente.

Mas a Palavra nos assegura acerca do desejo de Deus em nos conduzir à vida e à piedade e para isso ele nos tem doado TODAS AS COISAS necessárias. Veremos um pouco mais adiante que COISAS são essas e o processo pelo qual elas nos conduzirão à vida e à piedade, através do conhecimento completo (pleno conhecimento vs.2) de Deus, que nos chamou para a Sua própria glória e virtude.

OBSERVAÇÃO – Entendemos que os termos "conhecimento completo de Deus" vs. 3 e "co-participantes da natureza divina" vs. 4 são semelhantes em sua essência e complexidade. Eles explicam em parte a transformação que ocorre através da conversão quando fomos feitos novas criaturas pela graça divina, passamos a conhecer a Deus e recebemos parte de Sua natureza divina em nossos corações. Mas esse conhecimento e essa participação não são recebidas aqui na Terra em sua totalidade, pois somos pecadores e ainda não estamos totalmente livres do pecado. Só poderemos desfrutar dessas bênçãos de modo completo na eternidade, quando a transformação operada pelo Espírito Santo atingirá seu ponto máximo, aquilo que a Bíblia chama de "glorificação".

Veja os textos: Rm 8:17; 1 Co 13:12; 15:50-58; 2 Co 3:18; 1 Ts 4:13-18; Ap 3:5. 


Estudo anterior: CONHECIMENTO DE DEUS = VIDA PIEDOSA.
Próximo estudo: O CONHECIMENTO COMPLETO DE DEUS - GLÓRIA E VIRTUDE.
Estudo completo: BUSCANDO O CRESCIMENTO ESPIRITUAL.

SOLI DEO GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL