ENCORAJADOS A INFLUENCIAR

“Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor?” Mateus 5:13.

Jesus usa duas metáforas para explicar o caráter do cristão: sal e luz. A ênfase de Jesus é que um cristão, por meio da sua vida, influencie o mundo. Na época de Jesus, o sal possuía grande valor. O sal era precioso para a preservação dos alimentos e chamado de ouro branco. Naquela época o sal se associava a várias qualidades: uma delas era simbolizar a pureza. O cristão deve ser exemplo de pureza e santidade. O sal simbolizava preservação, pois impedia o apodrecimento dos alimentos. O cristão exerce uma influência positiva na sociedade, impedindo a sua deterioração moral.

O cristão deve ser elemento antisséptico. É interessante observar o uso do sal. Os recém-nascidos eram esfregados com sal, para serem protegidos de infecções. O sal, porém, precisa ser espalhado e friccionado na carne para funcionar. 



O sal simboliza sabor. Se perder a capacidade de influenciar, só serve para ser pisado pelos homens.


O cristão, para influenciar, precisa sair do saleiro. Ele não deve fugir ou esconder-se do mundo, mas guardar-se da contaminação mundana. 

Oremos

Pai, sendo filho Teu por Cristo Jesus, quero dar-Te todo louvor e toda glória. Vou viver à altura do Teu Evangelho e jamais envergonhar o nome excelso do Senhor. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT