TRIBUNAIS DE DEUS E DOS HOMENS

“Compassivo e justo é o Senhor; o nosso Deus é misericordioso." 
Salmos 116:5.

De todas as tragédias da história, a queda dos nossos primeiros pais foi a mais desastrosa. Seus efeitos foram devastadores para a humanidade e para toda a criação. O homem perdeu a inocência, a liberdade e a paz. O pecado rompeu o seu relacionamento com Deus, com o próximo, consigo mesmo e até mesmo com a natureza. Por sua livre vontade, o homem se afastou do Criador dando ouvidos ao tentador. Com a queda tornamo-nos escravos do pecado. Agora, nossa inclinação é contrária à vontade Deus. Os impulsos da nossa carne são inimizade contra Deus.

Não há área da nossa vida que não tenha sido maculada pelo pecado. Na gênese da história humana, o homem vivia na plenitude da comunhão com o Senhor. Porém, com a queda veio o afastamento. Agora, o homem foge de Deus. Em vez de ter prazer na santidade, refestela-se no lodo sujo do pecado. Em vez de viver no Espírito, torna-se escravo da carne, do mundo, e do diabo. Essa tragédia foi revertida com a vinda de Cristo. NEle temos perdão e vida eterna.

Oremos
Senhor, justiça e direito são os fundamentos do Teu trono. Não há sombra de variação em Teus desígnios. Quero usar o Teu padrão de justiça para exercê-la com equidade. Por Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL