O SOCORRO DE DEUS

“Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque Tu estás comigo (...)” Salmos 23:4.

Naum diz que o socorro divino é a âncora da nossa paz. Deus caminha conosco pelas ondas revoltas. Ele inspira canções de louvor nas noites escuras e coloca em nossos lábios cânticos de vitória, mesmo quando nossas lágrimas rolam... Ele é nosso refúgio, nosso Amigo mais achegado, nosso abrigo no temporal. 


Nem sempre nos livra da angústia, mas sempre é fortaleza no dia da angústia. Nem sempre nos livra do fogo ardente das provas, mas sempre nos livra nas provas. O fogo só pode queimar as amarras, mas não pode tostar um fio de cabelo nosso. 

Nem sempre Deus nos livrará da morte, mas nos levará a salvo para o Seu Reino Celestial. O futuro é incerto para nós; jamais, porém, o será para Deus. Caminhamos transformados de glória em glória até a Cidade Santa. 

Enquanto cruzamos o vale da sombra da morte aqui, temos dois amigos inseparáveis: bondade e misericórdia. Mas ao fim da jornada, habitaremos na Casa do Senhor para todo o sempre.

Oremos
Senhor, Tu nunca falhaste e nunca falharás! Portanto, ainda que as portas se fechem diante de mim, vou continuar caminhando confiante em Teu socorro sempre presente. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários