O GRANDE TESOURO

Por: Rev. Israel Sifoleli

“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida.” Provérbios 4:23.

A palavra hebraica traduzida por guardar é literalmente prisão ou cárcere. No hebraico, temos: “Dentre todas as prisões, guarda o coração”. A princípio pode nos parecer estranho que o coração seja comparado a uma prisão; mas, na realidade, a idéia do hebraico é uma referência mais ao que se deve e precisa ser guardado do que ao lugar. Mesmo assim, a idéia ainda soa negativa, por isso, sugerimos traduzir “prisão” por banco ou cofre.

Agora, fica mais fácil perceber a declaração radical da Bíblia, pois os bancos e cofres guardam o que os homens têm de mais precioso e valioso. Ninguém precisa ser especialista em segurança para saber que a segurança dos bancos e cofre é proporcional ao que se guarda. Se gasta verdadeiras fortunas em sistemas de segurança para proteger os bancos suíços ou grandes cofres, sendo quase impossível violar a segurança dessas fortalezas monetárias. Portanto, quanto maior a fortuna mais segurança se requer!

Por essa razão, o sábio da Bíblia afirma que o coração deve ser mais guardado que um banco suíço, pois ele guarda uma jóia de valor inestimável: as fontes da vida. A figura das fontes é muito inspirativa, especialmente, ao povo daquela época que convivia como muita escassez de água. Para um povo acostumado a regiões inóspitas e semidesérticas, a água se tornava uma jóia rara e muito valiosa. Nesses tempos ecológicos, a geração atual começa a ser despertada para a importância de se guardar as fontes.

Voltando ao texto bíblico, as fontes da vida é a palavra de sabedoria que tem como princípio o temor do Senhor. Precisamos salientar, ainda, mais uma questão pertinente: o coração, para os povos da Bíblia, é o centro das faculdades intelectual, moral e emocional. Essa declaração é extremamente revolucionária a uma geração racionalista, ensinada a guardar o intelecto, mas também, a uma geração religiosa que aprendeu a guardar doutrinas.

No entanto, o fato de Deus colocar querubins com espadas para guardar a árvore da vida, desafia-nos a guardar o que realmente precisa ser guardado.


O Rev. Israel é pastor da 2ª IPB de Ermelindo Matarazzo / SP.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT