PREGAÇÃO COM UNÇÃO

“Porque o nosso Evangelho não chegou até vós tão somente em palavra, mas, sobretudo, em poder, no Espírito Santo...”
 
1 Tessalonicenses 1:5.

Não basta pregar a Palavra de Deus, é preciso ser boca de Deus. Somente um homem piedoso e cheio do Espírito pode pregar com poder. Sem piedade o pregador torna-se um hipócrita. Sem santidade o pregador torna-se um perigo para a Igreja. Como pode um pregador chamar o povo ao arrependimento se ele mesmo está vivendo em pecado?

Como pode levantar-se no púlpito e exortar o povo de Deus se ele mesmo não obedece a Deus? Muitos pregadores estão pregando o que eles não estão vivendo. Eles pregam uma coisa e vivem outra. Suas vidas reprovam sua doutrina. Suas atitudes negam seus sermões. Há muitos pregadores falando das fontes de Deus e vivendo uma vida seca. Eles têm uma teologia ortodoxa, mas uma vida heterodoxa.

Eles têm luz na mente, mas não fogo no coração. Eles têm conhecimento, mas não unção do Espírito. Portanto, a mais urgente necessidade da Igreja é restaurar a pregação bíblica nos púlpitos e restaurar a vida dos pregadores.

Ore 

Pai, apenas pregadores comprometidos com a Tua Palavra e cheios do Espírito podem pregar para a salvação dos perdidos e a edificação dos salvos. Que eu seja um destes. Em nome de Jesus, amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL