O PODER DO AMOR!

Por: Rev. Israel Sifoleli 

Creio que não é um exagero afirmar que os cristãos, de forma geral, se vacinam em relação às práticas e tentações que são percebidas facilmente e condenadas, até por pessoas não cristãs. O problema são as que, não menos danosas, muitas vezes, toleramos e praticamos sem nenhum constrangimento, visto que são incentivadas e legitimadas pela sociedade. Por exemplo, a última tentação de Jesus tem a ver com o amor ao poder. Poder que regula os relacionamentos nas Instituições. 


Provavelmente, muitos cristãos estão vacinados contra o amor ao poder na esfera macro (grande), ou seja, não ambicionam o pináculo das grandes estruturas do poder político, econômico e religioso, até por que a maioria não teria acesso mesmo e, também, por perceberem que muitos precisam vender sua alma ao diabo para se dar bem, se envolvendo em todo tipo de falcatrua e corrupção. 
 

No entanto, quando descemos para a esfera do micro (pequeno), do dia a dia, essas mesmas pessoas, antes críticas e resistentes, agora, optam por construir relacionamentos baseados no poder. Por isso, precisamos parar e nos perguntar honestamente, qual o caminho que estou trilhando no relacionamento familiar? Como cônjuges, pais, filhos e irmãos, optamos pelo caminho do amor ou do poder? O poder usa de violência e manipulação, o amor de carinho e aceitação; o poder desrespeita e agride verbalmente, o amor respeita e dialoga; o poder é vingativo, o amor perdoador; o poder usa as pessoas e ama coisas, o amor usa coisas e ama as pessoas; o poder oprime, o amor corrige. Jesus venceu o amor ao poder, com o poder do amor!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL