MEMORIAL SECRETO

“Levantou Josué também doze pedras no meio do Jordão, no lugar em que, parados, pousaram os pés os sacerdotes que levavam a arca da Aliança; e ali estão até ao dia de hoje.” Josué 4:9.

Nunca entendi o motivo de colocar pedras no meio de um rio. Há poucas semanas estive em um grande congresso onde ouvi uma ministração sobre isso que muito me edificou e quero compartilhar aqui.

Edificar um altar de pedras no meio do rio, em um lugar onde nunca mais ninguém irá ver, celebra gratidão a Deus pelo que os olhos não vêem. Nossos momentos a sós com Deus são, como o nome está dizendo, a sós e com Deus. Ninguém mais está vendo, ninguém mais ficará sabendo. Mas edificamos ali um altar de adoração. Para muitos de nós, eu inclusive, nossa melhor oração de toda vida e nosso maior momento de adoração foram a sós. Ninguém nem jamais verá.

O altar no meio do rio serve para despir o ser humano da vaidade. Serve para que demonstremos a Deus que nossa adoração individual não subjugou a coletiva e nem tampouco depende de ter alguém para nos apoiar ou nos observar. É como dizer para Deus que Ele e somente Ele é importante, único merecedor do nosso sacrifício de louvor. Ninguém que eventualmente não esteve ao meu lado, quando eu não estiver só para adorar, poderá saber o quanto aquilo significa para mim.

Se isso se tornar verdade na vida de mais e mais pessoas na Igreja local, eu tenho certeza que experimentaremos uma nova dimensão no relacionamento com Deus. Não porque algum rio será entulhado de pedras, mas porque as pessoas perceberão que a relação com Deus é de fato individual e não pode ser terceirizada nem distribuída. Isso é cristianismo.

Minha oração é um pedido para que de fato a cada dia, mais e mais pessoas, descubram o verdadeiro valor da relação pessoal com Deus na intimidade, quando ninguém está vendo, especialmente no que se trata a oferecer a Ele adoração.

“Pai, dá-me a capacidade de estar diante de Ti em adoração nos momentos a sós, edificando a Ti um altar onde as águas vão submergir e ninguem mais verá. Quero deixar de lado a vaidade e as aparências para te adorar em espírito e em verdade.”

Ichtus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL