A FACILIDADE DA FALSIDADE

"Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não. O que disto passar vem do maligno." Mt 5:37.

Como é fácil ser falso! Muitas pessoas não tem preocupação quanto a ética e a verdade em suas ações. Preferem o caminho "fácil" da falsidade. Será que dentre esses 200 envolvidos, ninguém conhecia a Palavra de Deus? (Ver notícia abaixo).

Vivemos no tempo do "levar vantagem". Essa é uma questão de caráter muito séria, pois a cada dia nos vemos próximos de situações perigosas em que o nosso caráter é provado. Quem somos de fato vai se manifestar em nossas decisões e atitudes do dia a dia. Parece que para quem age desse modo, ser processado, ter o nome fichado, não é motivo de vergonha, não significa nada. É um tempo de total falta de integridade. 

Essa questão é mais profunda do que parece, em nosso dia a dia o nosso caráter se manifestará. Conheço pessoas, por exemplo, que são comparáveis ao sabonete. Isso porque escorregam a todo tempo. Dizem uma coisa, mas quando são questionadas logo mudam o que haviam dito anteriormente. "Não foi o que eu quis dizer, você está enganado" dizem para se justificar, quando arguidos. Uma vez ou outra tudo bem, mas de vez em quando penso que estou ficando "gá-gá" de tanto que entendo mal certas coisas.

Piadinhas (verídicas) à parte, o texto bíblico nos manda ser sinceros em TUDO, inclusive no falar. O alerta é grave: "o que passar disso vem do maligno", isto é, vem do DIABO. E não adianta tentar relativizar e nem querer usar o filme "O Refúgio Secreto" como argumento. Não estamos sob o domínio nazista. Conheci uma pessoa (crente) que argumentava que existem certas horas em que as mentiras são necessárias. Ora, se for assim, como fica o texto bíblico citado acima? Jesus mentiu? Usou o Senhor de ardis para obter seus objetivos?

Tenhamos sabedoria e compromisso com a verdade, o que passar disso é do diabo.


SDG!!!

RVPSS


Golpe da carteira envolve mais de 200 londrinenses

Quem reprovava várias vezes no teste prático em Londrina, rapidamente era aprovado em outra cidade, pagando "apenas" R$ 2 mil. As carteiras serão anuladas.

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) está investigando um esquema de venda de carteiras de habilitação, principalmente para moradores de Londrina, que funcionaria com a conivência de dois servidores da Ciretran de Sertaneja, município distante 81 quilômetros de Londrina. O preço do documento no "mercado negro" variava entre R$ 2 mil e R$ 2,5 mil conforme informações confirmadas ao Bonde com exclusividade.

Os dois funcionários estão sendo investigados em processo administrativo desde novembro do ano passado, segundo a assessoria de comunicação do Detran, mas ainda não foram afastados das atividades. Eles estão em férias.

Duas auto escolas do município - os Centros de Formação de Condutores Campos e Sertaneja, estavam envolvidos, segundo o Detrana, e já tiveram suas credenciais bloqueadas.

Ainda de acordo com a assessoria, do processo constam nomes de 200 a 250 pessoas que teriam comprado a habilitação por meio do esquema. A maioria dos "motoristas" habilitados de maneira fraudulenta era moradora de Londrina. "Pessoas que reprovavam mais de 10 vezes na prova prática em Londrina eram aconselhadas a fazer a prova em Sertaneja, onde havia a garantia de que passariam", explicou a assessoria de comunicação.

Efetivamente, após a primeira prova em Sertaneja ou em Rancho Alegre, que pertence à mesma Ciretran da cidade vizinha (e fica a uma distância de apenas 10 quilômetros de Sertaneja), o "motorista" era aprovado e retirava a habilitação, pronto para dirigir no trânsito de Londrina.

"Se ficar comprovado que houve a fraude para a realização do teste, estas carteiras de habilitação serão anuladas e quem as comprou poderá ser responsabilizado", explicou ainda a assessoria de comunicação.

De acordo com nota do Detran, o processo administrativo deve ser finalizado nesta semana e, em seguida, será encaminhado à Ouvidoria Geral do Estado para providências administrativas, que podem resultar na exoneração dos funcionários.

Além disso, as conclusões serão enviadas ao Ministério Público e à Delegacia de Polícia local para devidas providências civis e criminais.


Fonte Bonde.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT