Postagens

Emanuel, Deus Conosco - Verdadeiro Natal

Imagem
“Ora, tudo isto aconteceu para se cumprir o que tinha sido dito pelo Senhor por meio do profeta: “Eis que a virgem conceberá e dará à luz um Filho, e Ele será chamado pelo nome de Emanuel.” (Emanuel significa: “Deus conosco”).” Mateus 1:22-23 (NAA).
Dois missionários foram encarcerados e presos na mesma cela. Estavam proibidos de falar um com o outro. Chegou o Natal, e um daqueles missionários, amedrontado e calado, sentou-se no chão coberto com feno. Mexendo com os pedaços de feno ao redor, ele descobriu que poderia, mesmo sem falar, comunicar-se com o companheiro de prisão. Ele escreveu a palavra “Emanuel”. Assim que seu amigo leu o que estava escrito no chão, viu-se tomado de grande alegria. Eles estavam aprisionados, mas criam que o Deus Emanuel estava com eles e, por fim, lhes daria a vitória.
O que tem sido o Natal para nós? Um dia de festa? Um dia de comidas especiais? Uma ocasião para comer até “não aguentar mais”? Ou uma oportunidade de dizer ao mundo que Jesus nasceu e está co…

A Lei do Amor e o Amor à Lei

Imagem
“Se vocês guardarem os Meus mandamentos, permanecerão no Meu amor, assim como também Eu tenho guardado os mandamentos de Meu Pai e no Seu amor permaneço.” João 15:10 (NAA).
Alguns cristãos cometem o erro de colocar o amor contra a Lei, como se ambos fossem excludentes. Ou você tem uma religião de amor ou uma religião da Lei. Mas essa equação é profundamente antibíblica. Para quem não sabe, o “amor” é um mandamento da Lei (Dt 6:5; Lv 19:18; Mt 22:36-40). Se você prescreve o amor, está falando da Lei. Ao contrário, se você está dizendo que a Lei não vale mais, então está dizendo que o amor, o resumo da Lei, também não vale. Além disso, considere a íntima relação que Jesus faz entre o amor e a Lei. Para Jesus não existe amor sem obediência à lei (Jo 14:15). Mas Ele diz mais do que isto. Jesus coloca a comunhão com Deus junto com a guarda dos mandamentos. 
Quando guardamos os mandamentos de Cristo, nós O amamos. E quando amamos Cristo, o Pai nos ama. E todo aquele que o Pai ama, Cristo ama …

Não Desvie os Seus Olhos de Jesus

Imagem
“Olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o Qual, em troca da alegria que Lhe estava proposta, suportou a Cruz, sem Se importar com a vergonha, e agora está sentado à direita do trono de Deus” Hebreus 12:2.
Para nós é sempre difícil manter a atenção em algo, exclusivamente. A razão dessa dificuldade se dá, primeiramente, porque as coisas que despertam nosso interesse são inumeráveis: pessoas, tarefas, planos, alvos, problemas, vitórias, perdas, etc. Em segundo lugar, porque nossos interesses são instáveis, mudam rapidamente, seja quando forçados pelas circunstâncias, ou pelo simples motivo de variar o nosso foco. 
Isto explica o cuidado do autor da Carta aos Hebreus, para que seus leitores não tirassem os olhos de Jesus (Hb 12:2); ou seja, eles deveriam manter atenção e interesse, exclusivos e constantes em Jesus. Sabe-se que os hebreus, a quem a carta é dirigida, passavam por tempos difíceis: havia perseguição contra os que aceitavam o Evangelho, muitos estavam insegu…

Restaurando o Kérygma Bíblico

Imagem
“Maravilhavam-se da Sua doutrina, porque os ensinava como quem tem autoridade e não como os escribas.” Marcos 1:22.
O sentido bíblico de “kérygma” é “proclamação”, ou seja, a pregação da Palavra de Deus. Mas o que as Igrejas, de um modo geral, tem pregado hoje? Vemos um cenário nada amistoso ao kérygma bíblico, onde muitos desejam chamar a atenção das pessoas através de programas, atividades culturais, esportivas, lazer e entretenimento, onde tudo tem um foco pragmático, isto é, que funcione, dê resultados e traga pessoas. Muitos querem encher suas Igrejas, custe o que custar, inclusive a doutrina. O cenário é trágico: a doutrina bíblica tem sido substituída por “auto ajuda”. Cristo já não é a única esperança para muitos, que veem nEle mais algum tipo de “treinador de vida”, e não o Redentor, Mentor e Senhor de suas vidas. Ainda que se emita um “parecer favorável a uma visão elevada de Cristo e à centralidade de Sua pessoa e obra”, na prática muitos não O veem como o Autor e Consumador…

Resultados Extraordinários

Imagem
“E acontecerá, depois, que derramarei o Meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão [...]” Joel 2:28.

O derramamento do Espírito produz resultados extraordinários. O primeiro é o crescimento espiritual (e numérico a seu tempo) da Igreja. Os salvos brotarão como salgueiros juntos às correntes das águas. Quando o Espírito Santo é derramado a Igreja cresce em todos os sentidos: amor, santidade, serviço, comunhão, conversões, etc. A Igreja realiza mais num dia pela ação do Espírito do que em vários anos de trabalho na força da carne. A Igreja, sob a liderança dos Apóstolos, se espalhou pelo império romano dentro de poucas décadas. Aqueles homens iletrados viraram o mundo de cabeça para baixo. Uma Igreja cheia do Espírito Santo é uma agência evangelizadora irresistível. Outro resultado do derramamento do Espírito, é o testemunho dos salvos. Cada crente torna-se testemunha fiel, dizendo aos outros: “Eu sou do Senhor” (Is 44:5).
Uma Igreja cheia do Espírito é um…

Uma Igreja Perseverante

Imagem
“Tomou, então, Samuel uma pedra, e a pôs entre Mispa e Sem, e lhe chamou Ebenézer, e disse: Até aqui nos ajudou o SENHOR.” 1 Samuel 7:12.
Perseverança é “firmeza, constância na fé e nas virtudes”. (Enciclopédia Bíblica, O.S.Boyer). A vontade de Deus é que cada um de Seus filhos siga avante na perseverança da fé (Mt 24:14; Ap 2:10). O caminho da fé é pavimentado pela graça de Deus, pois sem o Seu amor e perdão nenhum de nós poderia continuar nessa jornada, e logo desistiríamos (1 Co 15:58; Ef 2:8-10). Mas o Senhor é Quem nos sustenta e fortalece.
Graças a Deus, no último dia 10/11 a IPB Nova Aliança chegou ao seu quinto ano de organização! Um tempo de vida que nos desafia a sermos um povo perseverante. Perseverar não é ser perfeito, mas depender de Deus; não é ser o melhor, mas imitar a Cristo; não é saber tudo, mas ser ensinável; não é fazer tudo, mas fazer a sua parte; não é mera religiosidade, mas comunhão íntima com Deus; não é ser osso seco no deserto, mas um exército levantado por …

A Nota de 100

Imagem
"O Meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento." Oséias 4:6a.
Eu fico admirado de notar como as coisas de Deus são desprezadas por muitos que dizem amá-Lo. Nota-se isso na frequência com que as pessoas vão à Igreja e seu envolvimento com a obra de Deus. Há igrejas que tem grande dificuldade de caminhar devido à falta de interesse de homens e mulheres dispostos a servir a Deus e dedicar-se à obra. O serviço cristão demanda tempo, preparo, submissão às autoridades, santificação, presença, dedicação, comprometimento, louvor e sacrifícios espirituais, e tudo feito com o intuito de agradar a Deus, crendo em Suas promessas e na recompensa que virá, na alegria de servir e exaltar o Seu Santo Nome, fazendo o melhor para Ele. Certamente por isso que muita gente não se dispõe a servir a Deus. Gente boa, qualificada, com talentos e dons, gente preparada intelectualmente, fisicamente, capacitados até materialmente por Deus para Sua obra, mas que dizem "não" p…