Ego Eimi – Eu Sou


“Disse Deus a Moisés: Eu Sou o Que Sou. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: 
Eu Sou me enviou a vós outros.” Êxodo 3:14.

No Evangelho de João, Jesus refere-Se sete vezes a Si mesmo como o "Eu Sou". Precisamos compreender o significado de Seu nome para que nEle possamos crescer e tenhamos vida, paz, alegria, satisfação interior, esperança, salvação e vida eterna.

A expressão “EU SOU” (εγώ είμαι = ego eimi), é uma referência direta a Êxodo 3:14. “Eu Sou o Que Sou (em hebraico: אֶהְיֶה אֲשֶׁר אֶהְיֶה, pronunciado Ehyeh Asher Ehyeh) é uma tradução comum em Português (ARA entre outras) da resposta de Deus usada na Bíblia hebraica quando Moisés perguntou o nome do Senhor.” (Wikipedia). Numa forma aportuguesada, o “Eu Sou” é traduzido por “Jeová” (Javé, Yaweh). (Clique aqui e saiba mais sobre o nome de Deus).

1 – “Eu Sou o Pão da Vida” (João 6:35,48,51,57-58)
Ele é o nosso alimento espiritual, que faz crescer a nossa fé e nos sustenta na caminhada. Assim como não se come sete pratos por dia, precisamos nos alimentar dEle diariamente. (Ez 3:1-3; Mt 4:4).

2 – “Eu Sou a Luz do mundo” (João 8:12)
Ele é a Luz que ilumina o nosso caminho no mundo de trevas e pecado. Sem a Sua Luz (Sua presença), ficaremos perdidos sem saber qual direção seguir, quais decisões a tomar. Ele É Luz e nEle não há treva nenhuma. (Jo 1:1-14; 1 Jo 1:5-10).

3 – “Eu Sou o Filho do homem” (João 8:28)
Essa expressão aponta diretamente para a encarnação do Verbo de Deus, “E o Verbo Se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a Sua glória, glória como do Unigênito do Pai.” (Jo 1:14). Veja o que Loraine Boettner fala sobre o assunto: “O título que Jesus com maior frequência usou quando falando de Si mesmo, e que, portanto, parece ter sido Seu título favorito, foi “Filho do Homem”. Esse título muito discutido [...] certamente foi designado para chamar atenção ao fato que Ele possuía humanidade real. Ele É o homem representativo. Podemos apontar para Ele e dizer: Existe uma humanidade real. NEle a natureza humana é vista com sua perfeição, funcionando como foi pretendida quando deixou as mãos do Criador. Ele É o ideal segundo o qual todos os outros deveriam padronizar suas vidas. [...] Ele está vitalmente relacionado com todos os outros membros da raça humana e, por divino apontamento, é capaz de agir como o representante deles diante de Deus.”

4 – “Eu Sou a Porta das ovelhas” (João 10:7)

Há um significado especial da palavra “porta” como um designativo da passagem do povo de Deus, de uma vida sem Deus para uma vida de comunhão pessoal com Ele (Mt 7:8; 13-14; 25:10; Jo 10:1-18). Mas há que se observar também sobre a Porta das Ovelhas, “[...] conforme citado em Ne 3:1 e em Jo 5:2, é uma localidade ao norte de Jerusalém, por onde as ovelhas eram introduzidas para os sacrifícios por ocasião da Páscoa judaica. [...] Foi criada na reconstrução dos muros de Jerusalém pelo Sumo Sacerdote Eliasibe, junto com seus irmãos Sacerdotes liderados por Neemias.” (Wikipedia). Jesus É aquEle através do Qual o povo de Deus é levado a uma vida de sacrifício vivo perante Deus, que é o culto de uma vida de adoração racional, inteligente, voluntária e espontânea diante daquEle que tudo vê e sonda mentes e corações (Rm 12:1).

5 – “Eu Sou o Bom Pastor” (João 10:11)
Jesus é o Supremo Pastor das ovelhas, Ele É o perfeito Pastor, Ele nunca falha, nunca Se atrasa, jamais deixa de consolar ou confortar alguém que O busca e nEle crê de todo o seu coração. Os pastores são seres humanos sujeitos a falhas e pecados como qualquer pessoa, e por mais que sejam amadurecidos na fé, ainda podem se atrasar, ficar doentes, tristes, nervosos, ansiosos, etc. Jesus não, Ele É perfeito! E além disso tudo, Ele é o Pastor que deu a Sua vida na Cruz do Calvário para salvar o Seu povo da morte eterna. Ele É o Pastor dos pastores, louvado seja o nome do Senhor Jesus!

6 – “Eu Sou a Ressurreição e Vida” (João 11:25)
Esse título de Jesus já apontava profeticamente para a Sua vitória sobre a morte, pois Ele morreu, mas ressuscitou e vive eternamente (At 13:30; 1 Co 15:4,17; Ap 1:18). E não somente isso, mas através da Sua vitória sobre a morte Ele também nos garante que um dia ressuscitaremos todos e viveremos eternamente com Ele na glória celestial (2 Co 4:14; 1 Ts 4:14-16). É através de Seu eterno poder redentor que todos os que estão mortos em pecado e distantes da graça de Deus, podem ser aproximados, salvos, e assim passarão da morte para a vida, já aqui na Terra vivendo uma vida verdadeira diante de Deus e dos homens (Cl 2:12; 3:1; 1 Jo 3:14).

7 – “Eu Sou a Videira Verdadeira” (João 15:1)
Ele é aquEle em Quem estamos ligados, podemos e devemos produzir fruto, pois o Pai nos limpa para que fiquemos fortes e firmes, ligados a Ele, recebendo dEle a seiva que nos dá vida e nos renova constantemente. A Videira Verdadeira aponta para uma vida de constância em Deus, não um relacionamento estático, mas dinâmico, vivo, renovável, onde o que é morto e doente é retirado de nós constantemente, sejam folhas e galhos secos e doentes, parasitas e fungos que poderiam sufocar nossa fé. Porém, assim como não há vida se o ramo não estiver ligado verdadeiramente à videira, quem não estiver ligado verdadeiramente, espiritualmente a Cristo, não tem vida em si mesmo, não produz fruto, e é lançado no fogo (inferno). Ler João 15:1-6. 

Conclusão

Cada uma dessas sete declarações de Jesus ligam-No diretamente à pessoa do Senhor, YAHWEH, que Se manifestou no deserto a Moisés, e quando indagado acerca de Seu nome disse apenas: EU SOU! Ele É o próprio Senhor YHWH que veio e Se encarnou cheio de graça e Verdade. Viveu entre nós, morreu, ressuscitou e em breve voltará, mas já está entre o Seu povo, dentro do coração de Seu povo, através do Espírito Santo que em nós habita. Jesus É Quem sustenta a nossa vida, a nossa existência, a nossa caminhada, a nossa FÉ!

A grande pergunta nesse momento: Quem Jesus Cristo é para VOCÊ? 

Pr. Paulo Sergio Visotcky da Silva
Soli Deo Gloria!!!

IPNA culto nos lares 13/06/17 
Igreja Presbiteriana Nova Aliança
Rua Álvares Fagundes, 102, Americanópolis, São Paulo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL