A LEI ESPIRITUAL DA FRUTIFICAÇÃO

   
“Respondeu-lhes Jesus: É chegada a hora de ser glorificado o Filho do homem. Em Verdade, em Verdade vos digo: Se o grão de trigo caindo na terra não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto. Quem ama a sua vida, perdê-la-á; e quem neste mundo odeia a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna.” João 12:23-25.

Jesus precisou morrer para ser glorificado. Ele encarnou-Se para pagar o preço da nossa redenção. Se Ele não Se entregasse não haveria chance de salvação para ninguém, mas Ele veio, pagou o preço da nossa culpa, expiou nosso pecado, verteu Seu Sangue precioso, morreu na Cruz em nosso lugar, e ao terceiro dia ressuscitou, subiu aos Céus, foi glorificado e reina eternamente ao lado do Pai. Jesus cumpriu em Si mesmo essa lei espiritual, que Ele próprio explica aqui usando a figura do grão de trigo. O Seu sacrifício perfeito, o penoso trabalho de Sua alma, rendeu e rende frutos eternos.

Nós também temos que nos submeter a essa Leii maravilhosa, morrendo para nós mesmos, odiando o pecado que é latente na nossa vida, desprezando o que Deus odeia, negando-nos àquilo que é mau, e resguardando-nos para o serviço de Deus, e a vida eterna. Quem assim procede dá muito fruto! Fruto que permanece para a glória de Deus!

(Paulo Visotcky)
Soli Deo Gloria!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL