O SENHOR DAS ESTRELAS



“1 Louvai ao SENHOR, porque é bom e amável cantar louvores ao nosso Deus; fica-Lhe bem o cântico de louvor.
2 O SENHOR edifica Jerusalém e congrega os dispersos de Israel;
3 sara os de coração quebrantado e lhes pensa as feridas.
4 Conta o número das estrelas, chamando-as todas pelo seu nome.
5 Grande É o Senhor nosso e mui poderoso; o Seu entendimento não se pode medir.
6 O SENHOR ampara os humildes e dá com os ímpios em terra.”
Salmos 147:1-6.

A sabedoria de Deus é infinita, “o Seu entendimento não se pode medir”. Ele não só criou todas as coisas com o Seu poder e com a Sua Palavra, como também mantém tudo perfeitamente em seu devido lugar, funcionando corretamente em leis aritméticas, físicas e numéricas, com precisão inigualável, humanamente inexplicáveis. Além disso Ele conhece cada estrela pelo seu nome (vs.4). Só para se ter ideia do que isso significa, as estrelas estão em galáxias, o número de galáxias é inimaginável, mas daquelas cuja luz chega na terra, calcula-se algo em torno de 100 bilhões. Estima-se que cada galáxia contenha cerca de 100 bilhões de estrelas (!!!). Mas o Senhor é o Senhor das estrelas, Ele é o Senhor do Céu, da Terra, enfim de todo o Universo. Esse é o Deus a Quem servimos!

E mesmo sendo infinitamente sábio e poderoso Ele olha para nós com amor insondável, que com inigualável misericórdia. Ele que fez o Universo (macrocosmo), também olha para esse pequeno universo que somos nós (microcosmo). Os vs. 1-6 contém três ações de Deus relacionadas diretamente conosco, Seu povo eleito e santo, e que mostram quanto Deus nos ama, Se importa conosco, e age com infinita graça, misericórdia, santidade e justiça.

1 – “O Senhor edifica Jerusalém e congrega os dispersos de Israel” (vs.2)

Contextualizando, a edificação de cada um de nós, das famílias e da Igreja, provém de Deus. Ele É o grande arquiteto, construtor, edificador do Universo, e de nossas vidas também. Temos sempre que dar glória a Deus, pois tudo que temos e somos provém Dele, e somente por causa Dele tudo existe, nós existimos, nos movemos, e temos Nele real esperança. Busquemos Nele a nossa edificação pessoal e os reparos necessários para tenhamos uma vida boa, alegre e produtiva.

E nesse processo de edificação de Seu povo, Ele busca os que estão dispersos. “Este verso se refere, provavelmente, ao retorno dos judeus à Terra Prometida após o decreto de Ciro (2 Cr 36:22-23) que marcou o fim do exílio babilônico.” (A Bíblia de Genebra). Certamente Ele trabalha também trazendo de volta a ovelha perdida, aqueles que deixaram o Caminho do Senhor. É Ele também que traz para o Seu aprisco aqueles que se convertem, os Seus escolhidos. E a promessa de Deus é que nenhum se perderá – João 6:37,39,44.
É gratificante saber que Deus está no controle de Sua Igreja, do número de convertidos, do rol de membros, dos departamentos, etc.

2 – Ele “sara os de coração quebrantado e lhes pensa as feridas”. (Vs.3)

O Senhor cuida de nós e nos cura as feridas da alma! É o que nos declara o vs.3. O Senhor nos fez com coração, isto é, com sentimentos, emoções e recordações. E tudo isso fica guardado em nosso interior, em nossa alma, em nossa memória, e muitas vezes sofremos. Mas Deus trata nossas feridas. Mas note que não são todos que recebem Dele esse cuidado, somente os de “coração quebrantado” são tratados. Isso porque para entrar nesse processo de cura e restauração, precisamos nos submeter ao Médico de almas, que é Deus. E o primeiro remédio que Deus aplica em nós, é o Seu perdão. Através do perdão Deus inicia em nós um processo de tratamento espiritual, onde transformações acontecem em nós de dentro para fora. Então é necessário arrependimento e confissão dos pecados para que se receba o perdão divino. Mas os orgulhosos e arrogantes não desejam submeter-se a Ele, pedindo-Lhe ajuda e o Seu perdão. 

É necessário permanecer nessa atitude de humildade (João 15:9) para que o tratamento não seja suspenso, mas tenha prosseguimento por toda a vida. Essa é a razão porque muitos já experimentaram do amor divino e Seu tratamento, já foram abençoados, mas hoje encontram-se longe Dele: não permaneceram no Seu amor, rejeitaram o Seu tratamento.

3 – “O SENHOR ampara os humildes e dá com os ímpios em terra.” (Vs.6)

É nessa tônica que encontramos essa terceira ação de Deus, Seu amor e justiça. Você é uma pessoa humilde? Isso se nota no modo como você trata as pessoas. Vivemos o tempo do desrespeito e desacato, as pessoas em geral não respeitam ao próximo, que dirá de autoridades constituídas e a própria família. Pais são desacatados, líderes de Igrejas também são. Há pessoas que querem se impor a qualquer custo, e passam por cima de quem se colocar em seu caminho. O Salmo explica que Deus ampara os humildes, portanto, se você deseja o amparo Dele, seja humilde, mostre em mansidão a sua sabedoria e sua inteligência.

“13 Quem entre vós é sábio e inteligente? Mostre em mansidão de sabedoria, mediante condigno proceder, as suas obras.
14 Se, pelo contrário, tendes em vosso coração inveja amargurada e sentimento faccioso, nem vos glorieis disso, nem mintais contra a verdade.
15 Esta não é a sabedoria que desce lá do alto; antes, é terrena, animal e demoníaca.
16 Pois, onde há inveja e sentimento faccioso, aí há confusão e toda espécie de coisas ruins.
17 A sabedoria, porém, lá do alto é, primeiramente, pura; depois, pacífica, indulgente, tratável, plena de misericórdia e de bons frutos, imparcial, sem fingimento.
18 Ora, é em paz que se semeia o fruto da justiça, para os que promovem a paz.”
Tiago 3:13-18.

O Senhor É justo, Ele “dá com os ímpios em terra” (vs.6b), isto é, os lança no pó. Ele resiste aos soberbos, mas aos humildes concede a Sua graça (Tg 4:6).

CONCLUSÃO

Foi Ele que enviou o Seu próprio Filho para salvar todo aquele que Nele crer. Ele sabe tudo que se passa nesse pequeno universo que somos nós, conhece cada detalhe de nossa vida, nosso ser, nossa existência. Descansemos Nele, pois Ele está ao nosso lado, sempre pronto a nos abraçar e receber nosso louvor, adoração e serviço.

A Ele toda honra glória e louvor, pelos séculos dos séculos, amém!!!

Pr. Paulo Sergio Visotcky da Silva
IPB de Brasilândia, São Paulo
Culto matutino 11/10/15.

SDG – Somente a Deus dai toda glória!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?