NÃO TEMEREMOS


"Deus É o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. Portanto, não temeremos ainda que a Terra se transtorne e os montes se abalem no seio dos mares." Salmos 46:1-2.

O temor, ou medo, é sinal de insegurança e incerteza. É até normal passarmos por momentos de medo e incerteza, mas o amor de Deus lança fora todo medo (1 Jo 4:18), e por isso não somos destruídos pelo medo. O que nutre a insegurança é a incredulidade, que nos leva a temer as circunstâncias pelas quais estamos passando. E quando esse medo cresce, pode nos dominar e nos levar a fazer coisas contrárias à Palavra de Deus. Pedro temeu as ondas bravias do mar e foi repreendido pelo Senhor que lhe disse: “homem de pequena fé, por que duvidaste?” (Mt 14:31). Assim também nós somos assediados pelo medo todas as vezes que as ondas bravias do mar da vida surgem em nosso derredor. O medo aprisiona, paralisa, desanima, enfraquece, e por fim, afasta da comunhão da Igreja, conduzindo ao pecado. O medo pode causar revolta contra a família, contra a Igreja, e até contra Deus. O medo é destruidor, mas o Senhor nos ensina que devemos enfrentar as crises não na nossa força, mas na força do Senhor. E é na força do Senhor que podemos vencer o medo.

Se por um lado a incredulidade é fonte de insegurança e medo, por outro lado a fé tem o poder de nos aquietar, na segurança dos braços do Pai Celestial.

“Aquietai-vos” (Sl 46:10a). Aquietar-se é o oposto de estar ansioso. Aquietar-se não é nada fácil de ser praticado, principalmente se estivermos diante de problemas difíceis de serem enfrentados e situações que fujam do nosso controle, que pareçam não ter uma saída, como algumas enfermidades mais graves, ou a própria morte. Quando o nosso coração não quer se aquietar e nossa mente não para de trabalhar, podemos ficar ansiosos e abatidos. Tudo isso é reflexo da nossa natureza humana. Só podemos nos aquietar através da fé que o Senhor nos concede. Quando não conseguirmos nos acalmar, podemos estar enfraquecidos, nos esquecendo de Quem é Deus. O Deus a Quem servimos é o Todo-Poderoso. Precisamos conhecê-Lo mais!

“Sabei que Eu Sou Deus” (Sl 46:10a). Saber que Ele É Deus significa conhece-Lo, saber Quem Ele É para nós, não só na teoria, mas na prática de uma vida de fé e confiança. O próprio Salmo 46 revela Quem Deus É para os que nEle creem:
- Refúgio (vs.1a) – nos escondemos nEle.
- Fortaleza (vs.1a) – nos fortalecemos nEle.
- Socorro (vs.1b) – Ele sempre vem nos ajudar.
- Soberano sobre as catástrofes (vs.2-3) – tudo está sob o Seu domínio.
- Construtor celestial (vs.4-5) – Ele É maior que a morte.
- Soberano sobre toda a Terra (vs.6) – o mundo todo está em Suas mãos.
- Emanuel, Deus conosco (vs.7) – Ele jamais desampara Seus servos.
- Deus que se manifesta (vs.8) – Suas obras são visíveis e comprovam Seu poder.
- Pacificador, põe termo à guerra (vs.9) – Ele É o Príncipe da Paz.
- Glorioso, exaltado entre as nações, exaltado em toda Terra (10b).
- Sempre está ao nosso lado (vs.11) – Sua presença aquieta o nosso coração.
Então, Quem Deus É para você? Descubra quão maravilhoso é viver com Deus, o Deus verdadeiro, revelado nas Sagradas Escrituras. Entregue-se a Ele, confie nEle, seja servo dEle, Ele será o seu Deus, e você não temerá jamais, mas descansará em Seus braços de amor.

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti, S.C.Sul / SP
Pastoral Boletim 27/04/14.

SDG – A DEUS TODA GLÓRIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT