NATAL, O MILAGRE DA VINDA DO FILHO DE DEUS

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
Culto Vespertino 09.12.12
IPB de Vila Gerti, S.C.Sul / SP


TEXTO BÁSICO

MATEUS 1:18-25
“Ora, tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que fora dito pelo Senhor por intermédio do profeta: Eis que a virgem conceberá e dará à luz um Filho, e Ele será chamado pelo nome de Emanuel (que quer dizer: Deus conosco).” Mt 1:22-23.


INTRODUÇÃO
Nesse mês comemoramos o Natal, o nascimento de Jesus. O dia 25 de dezembro é uma data simbólica onde comemoramos o significado da vinda de Jesus ao mundo, Sua encarnação. Segundo alguns estudiosos é mais provável que Jesus tenha nascido em abril. Mas apesar dessa questão, o sentido do Natal não se perdeu e não se perderá jamais. Comemoramos a vinda em carne do Filho Unigênito de Deus.

Quando Jesus Se encarnou, cumpriu-se a promessa de Deus; Ele é Maravilhoso, e demonstrou toda a Sua humildade nascendo em Belém, em uma estrebaria (curral da época) e sendo colocado em uma manjedoura (coxo de animais). Filho de José e Maria, por obra do Espírito Santo, Ele veio e cumpriu totalmente Sua missão, morreu, ressuscitou, subiu aos Céus e prometeu voltar para nos buscar. Nós O aguardamos com alegria!

Convido-te a conhecer a série de sermões acerca da vinda de Jesus, em nosso blog:
•    Jesus, o Cordeiro Prometido;
•    Jesus, o Cordeiro Maravilhoso;
•    Jesus, o Cordeiro Humilde;
•    Jesus, o Cordeiro Vencedor.

EXPLICAÇÃO
O texto que lemos é o cumprimento da profecia de Isaías 7:14. Ali está contida a promessa da encarnação de Jesus, o Filho de Deus, onde Lhe é conferido o título de: “Emanuel” (que quer dizer Deus conosco). Jesus Cristo veio de uma vez por todas, Ele verdadeiramente habita conosco todos os dias de nossas existência, para todo sempre!

ARGUMENTAÇÃO
Jesus é o Filho Unigênito de Deus que veio ao mundo para nos salvar. A Sua vinda em si é o maior milagre que Deus realizou. E como tal, este evento é repleto de sinais e milagres maravilhosos. E é sobre essa promessa que iremos refletir hoje.

1 – A PRESENÇA ANGELICAL – vs.19-20
No momento em que José pensava em deixar Maria secretamente, Deus enviou o Seu anjo para falar com José. Não se tratava de algum tipo de alucinação ou sonho sem sentido. Deus falou mesmo com José através de Seu anjo. Vivemos dias em que falar de anjos é sinônimo de insanidade espiritual, mas o que José viu foi algo tremendamente real, ali estava sendo gerado o Senhor Jesus, o Rei do Universo, o Salvador do mundo!

Essa presença angelical é um sinal maravilhoso, pois os anjos são mensageiros de Deus.

2.1 - Foi um anjo que falou com Maria que ela havia sido escolhida para ser a mãe do Messias (Lucas 1:26-35).
2.2    - Foi um anjo que avisou os pastores que Jesus havia nascido (Lucas 2:8-15).
2.3 - Foi um anjo também que mandou José fugir para o Egito levando Jesus e Maria, quando Herodes intentava matar o Menino (Mateus 2:13-15). Herodes ficou tão enfurecido que mandou que todos os meninos abaixo de 2 anos de idade fossem mortos (Mateus 2:16).

2 – SEU NASCIMENTO VIRGINAL – vs.18
A concepção de Jesus, e o Seu nascimento ocorreram soberanamente. O Espírito de Deus envolveu a Sua serva e operou em seu ser o milagre da concepção de Jesus. Isso sabemos pelas Escrituras, e não duvidamos. Mas em se tratando de pessoas, ninguém iria acreditar nela, caso Deus não interviesse. Maria não tinha relação com homem algum, José até pensou em deixá-la quando soube da gravidez. Talvez ele pensasse que Maria houvesse cometido algum pecado, mas Deus falou com José, e ele amorosa e fielmente a recebeu como esposa. E quando Jesus nasceu José e Maria amaram e criaram aquele Menino com total dedicação.

Em Lucas 1:26-35 temos um relato detalhado da obra do Espírito Santo na vida de Maria, gerando o Senhor Jesus desse maravilhoso milagre, que é o maior de todos os milagres: a encarnação do próprio Filho de Deus. É importante observarmos que Maria, em momento recebe, ou requer para si, algum título que fizesse dela uma pessoa superior. Ela recebeu a maior das missões, o maior dos privilégios concedidos a um ser humano; e ela submeteu-se à vontade de Deus.

Vs.27 – a virgindade de Maria é colocada em destaque.
Vs.28-33 – Maria foi escolhida por Deus!
Vs.34 – a indagação de Maria.
Vs.35 – a obra do Espírito Santo é anunciada.
Vs.38 – Maria é uma serva de Deus.
Vs.46-47 – Maria se declara uma serva que necessita de salvação.

CONCLUSÃO
A graça de Deus é notória na vinda do Messias. Somente um Deus de graça e amor enviaria o Seu próprio Filho para morrer pelos pecadores. Somente podemos compreender o plano eterno de Deus através da Sua graça. Não há outro modo de explicar o que Deus fez.

Nenhum de nós faria isso, nenhum ser humano na face da Terra seria capaz de salvar a si próprio, quanto mais aos da sua espécie. É isso que entendemos em Isaías 43:27 que nos fala do pecado de nosso primeiro pai (Adão). O salmista também declara: “eu nasci na iniqüidade,em pecado me concebeu minha mãe” (Sl 51:5). O problema do pecado atingiu a todos, independente de raça, cor, credo, nível social ou cultural, todo ser humano é pecador. E o pecado tem um preço, uma conseqüência mortal.

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.” Romanos 6:23.

A virgem concebeu, por obra do Espírito Santo, e o Messias veio para salvar os filhos de Deus. Hoje, pela graça de Deus já temos a esperança da vida eterna, que é extensiva a todo aquele que nEle crer. Essa é a mensagem da salvação que pregamos: se alguém crer no Evangelho, se arrependendo de seus pecados, recebendo o Senhor Jesus em Seu coração, e submetendo-se ao Seu Senhorio, será salvo.

“Mas, a todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no Seu Nome.” João 1:12.
"Porque todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo."  Romanos 10:13.

A promessa de Deus, traz esperança de um futuro melhor, paz ao coração quebrantado, ânimo para o pecador que se arrepende, forças para aquele que se encontra cansado espiritualmente, fé para os descrentes, libertação aos cativos e oprimidos, renovação espiritual aos fiéis, triunfo sobre o pecado, vitória sobre a morte, a salvação e a vida eterna com Deus.
 
SOLI DEO GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT