ORAÇÃO VERDADEIRA

"Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças." Filipenses 4:6.

Está com o coração dolorido com alguma dificuldade ou problema atualmente? Está desempregado, com uma doença grave ou com um problema aparentemente sem solução?

Pois o apóstolo Paulo está lhe incentivando, da mesma maneira que fez aos Filipenses há dois milênios: não se deixe vencer pela ansiedade e preocupação, em vez disso, derrame-se na presença de Deus e traga a Ele tudo aquilo que lhe pesa no coração.

Há um grupo de pessoas que acredita que Deus não se importa com o que está acontecendo conosco e com os nossos queridos e defende que não somos privilegiados para sermos atendidos por Ele enquanto o restante da humanidade permanece abandonada. Eu não sei de que maneira Deus está cuidando do restante da humanidade, mas quanto a mim vou aceitar o convite de Paulo, pois ele o fez na perspectiva de alguém que, por muitas vezes, teve suas petições ouvidas e experimentou a intervenção de Deus nas mais variadas situações da sua vida.

A expressão que Paulo usou ("sejam conhecidas") significa que devemos declarar diante de Deus os nossos pedidos, revelando as nossas necessidades, como que permitindo a Deus ter acesso ao nosso interior. A oração e a súplica são os instrumentos que usamos para fazer essa revelação.

Quando nossas orações forem profundas assim é certo que teremos respostas a elas na mesma proporção que o apóstolo Paulo experimentou, de acordo com a vontade soberana de Deus.

"Senhor, eu quero ser sincero conTigo e, ao orar, revelar o meu verdadeiro desejo interior."

Ichtus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

O CRENTE E O CARNAVAL