Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

ZELANDO PELA REALIZAÇÃO DA OBRA DE DEUS

Imagem
NEEMIAS 6:10-14

“10 Tendo eu ido à casa de Semaías, filho de Delaías, filho de Meetabel (que estava encerrado), disse ele: Vamos juntamente à Casa de Deus, ao meio do templo, e fechemos as portas do templo; porque virão matar-te; aliás, de noite virão matar-te.
11 Porém eu disse: homem como eu fugiria? E quem há, como eu, que entre no templo para que viva? De maneira nenhuma entrarei.
12 Então, percebi que não era Deus quem o enviara; tal profecia falou ele contra mim, porque Tobias e Sambalate o subornaram.
13 Para isto o subornaram, para me atemorizar, e para que eu, assim, viesse a proceder e a pecar, para que tivessem motivo de me infamar e me vituperassem.
14 Lembra-te, meu Deus, de Tobias e de Sambalate, no tocante a estas suas obras, e também da profetisa Noadia e dos mais profetas que procuraram atemorizar-me.” Neemias 6:10-14.

"Neemias, em hebraico “conforto de”, ou “confortado por Deus” (YHWH), é um personagem bíblico, figura importante na história pós-exílica dos judeus. Fez…

REI DOS REIS, E SENHOR DOS SENHORES

Imagem
MATEUS 9:1-8
“Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem sobre a Terra autoridade para perdoar pecados - disse, então, ao paralítico: Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa. E, levantando-se, partiu para sua casa. Vendo isto, as multidões, possuídas de temor, glorificaram a Deus, que dera tal autoridade aos homens.” Mateus 9:6-8.
Quem É Jesus para você? A pergunta pode soar um tanto estranha, no entanto sabemos que para muitas pessoas Jesus é tudo: sábio, filósofo, poeta, Espírito de Luz, etc., menos Deus. No entanto, a divindade de Jesus é inquestionável. Tudo o que Ele fez e faz, a Sua obra, revelam quem Ele É: o Unigênito Filho de Deus, o próprio Deus encarnado. As demonstrações de poder dEle são para afirmar em ações soberanas, que Ele é o próprio Emanuel (Deus conosco). Lembremos que Jesus ainda não estava revestido de Sua glória e majestade, conforme João observou na Ilha de Patmos (Ap 1:12-16). Como homem Ele era filho de José, o carpinteiro, e Maria. Portanto, as S…

BREVE CATECISMO – SOBRE A TRINDADE

Imagem
“Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.” Mateus 28:19.

Pergunta 6 – Quantas Pessoas há na Divindade?
Resposta: Há três Pessoas na Divindade: O Pai, o Filho e o Espírito Santo, e estas três Pessoas são um Deus, da mesma substância, iguais em poder e glória (Mt 3:16-17; 28:19; 2 Co 13:13).

Unidade trinitária

A Trindade expressa-se na confissão da Igreja pelo Credo dos Apóstolos (Sínodo de Milão, 390 d.C.), onde se afirma objetiva e enfaticamente a crença trina nos seguintes termos: “Creio em Deus Pai, Todo Poderoso, Criador do Céu e da Terra. Creio em Jesus Cristo Seu único Filho, nosso Senhor. (...) Creio no Espírito Santo”. Diga-se, para dúvida não ficar, que o povo de Deus em Cristo Jesus não é, e nem pode ser triteista, não crê em um panteon de três divindades com ministérios, poderes e atribuições independentes, unidas apenas por convenção social ou por afinidades espirituais. Os eleitos redimidos creem num Deus…

AS IMPLICAÇÕES DE UMA VIDA TRANSFORMADA POR DEUS (1) INÍCIO E MANUTENÇÃO

Imagem
2 REIS 22 – 23:30

“Tinha Josias oito anos de idade quando começou a reinar, e reinou trinta e um anos em Jerusalém. Sua mãe se chamava Jedida, e era filha de Adaías, de Bozcate. Fez ele o que era reto perante o SENHOR, andou em todo o caminho de Davi, seu pai, e não se desviou nem para a direita nem para a esquerda.” 2 Reis 22:1-2.
JOSIAS, UM REFORMADOR EM SEU TEMPO
Josias foi um reformador em seu tempo. Ao estudarmos a história deste notável rei de Judá, constatamos dentre tantas lições que o próprio Deus é Quem preserva a fé no coração de Seu povo. Quantas situações ocorreram e quantas vezes maus reis dominaram com tirania sobre o povo de Deus, adorando ídolos e deuses falsos e trazendo sobre si a ira de Deus. Mas o Senhor, em Sua infinita graça e misericórdia, sempre foi em direção ao Seu povo, e lhes restaurou a fé. Foi o que aconteceu nos dias do rei Josias. Josias se destaca por ser um reformador da fé, do templo, e da vida com Deus.

A Igreja Protestante surgiu em um momento de tran…

A VERDADE QUE LIBERTA (3) LIVRES PELA VERDADE

Imagem
“E conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará.” João 8:32.

Essa é a última de uma série de três mensagens em João 8:32, um versículo decorado por tantos que o sabem de cor, mas certamente nem todos sabem o que seu significado.

Na primeira mensagem vimos que a Verdade existe: é a Palavra de Deus; que a Verdade tomou forma humana, é uma pessoa – Jesus; portanto, o conhecimento da Verdade é relacional; e que uma vida imersa na Verdade demonstra efeitos próprios.

Na segunda mensagem destacamos a necessidade de se conhecer a Verdade, inicialmente através de seu anúncio; que seu conhecimento gera o novo nascimento, trazendo para o novo convertido o desejo de ser batizado e professar publicamente sua fé; que o arrependimento é um dos efeitos mais transformadores do conhecimento da Verdade; e que tal conhecimento leva-nos a busca uma vida de santificação e crescimento espiritual. Terminamos dizendo que o conhecimento da verdade nos dá a esperança da vida eterna com Cristo Jesus, herança de…

A VERDADE QUE LIBERTA (2) CONHECENDO A VERDADE

Imagem
“E conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará.” João 8:32.
Relembrando, no contexto de João havia um movimento filosófico chamado GNOSTICISMO, certamente composto por pessoas que buscavam “uma” verdade para si. Esse era um “movimento sincretista religioso-filosófico da Antiguidade que pretendia salvar o homem por meio de um conhecimento especial. O gnosticismo penetrou o cristianismo, absorvendo várias de suas doutrinas, rejeitando outras. Constituiu diversas seitas heréticas, que representaram séria ameaça à ortodoxia nos séculos II e III.” (Dicionário Michaelis).
Conhecer a verdade é sustentar o ensino de Cristo, que é a Verdade (Jo 14:6). 
"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim." João 14:6.
Tal atitude conduz a pessoa à Verdade, que torna tal pessoa livre da escravidão do pecado. A salvação não é obtida por meio do mero conhecimento intelectual, como imaginavam os gnósticos, mas por meio de um relacionamento vital…

O JUSTO VIVE PELA FÉ

Imagem
ROMANOS 1:1-17
“Pois não me envergonho do Evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego; visto que a justiça de Deus se revela no Evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé.” Romanos 1:16-17.
Comemoramos no dia 31 de outubro o Dia da Reforma Protestante, que foi o maior movimento na igreja cristã depois do Pentecostes. Foi uma volta ao Cristianismo puro e simples, uma retomada da doutrina apostólica, um retorno às Escrituras. A Igreja havia se desviado da verdade, e introduzido outras doutrinas e práticas: culto às imagens, mediação dos santos, veneração a Maria, salvação pelas obras, confessionário, purgatório, relíquias, indulgências e infalibilidade papal, foram alguns dos maiores desvios. Deus preparou o momento e as pessoas certas para essa volta às Escrituras. Em 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero fixando nas portas da Igreja de Wittenberg suas 95 teses, deflagrou esse decisivo movimento.
Ho…

POR QUE A IGREJA PRECISA RETORNAR À REFORMA

Imagem
“Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras.” Apocalipse 2:4-5a.

A Reforma Protestante do Século XVI foi o maior movimento na igreja cristã depois do Pentecostes. Foi uma volta ao Cristianismo puro e simples, uma retomada da doutrina apostólica, um retorno às Escrituras. A Igreja havia se desviado da verdade, e introduzido outras doutrinas e práticas: culto às imagens, mediação dos santos, veneração a Maria, salvação pelas obras, confessionário, purgatório, relíquias, indulgências e infalibilidade papal, foram alguns dos maiores desvios. Deus preparou o momento e as pessoas certas para essa volta às Escrituras. Em 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero fixando nas portas da Igreja de Wittenberg suas 95 teses, deflagrou esse decisivo movimento.

Hoje, a Igreja evangélica brasileira precisa voltar à Reforma, pois em grande parte desviou-se do caminho da ortodoxia. As verdades essenciais da…