NATAL – A VINDA DO REI DOS REIS


“Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis aí te vem o teu Rei, Justo e Salvador, Humilde, montado em um jumento, num jumentinho, cria de jumenta.” Zacarias 9:9.

É fato que para muita gente o Natal perdeu o seu sentido original. Sem querer apelar para chavões, mas não há quem negue que para a grande maioria, Natal é festa, presentes, comidas, bebidas, e é claro, o Papai Noel. A vinda de Jesus é lembrada apenas como um evento histórico para alguns, ou como um mito ou uma lenda para outros. Nessa sociedade consumista, o sentido real do Natal precisa ser resgatado.

Lembremos acerca da encarnação de Jesus, o modo como Ele veio, como Ele é tratado nas Escrituras, e que está relacionado diretamente com a Sua pessoa. Façamos uma breve reflexão se adoramos a Cristo corretamente, se O vemos como a Bíblia fala dEle, e se Ele tem sido o nosso alvo de vida.

O versículo citado é uma profecia direcionada à “filha de Sião”, expressão usada para referir-se ao povo de Deus escolhido na face da Terra; naquele contexto Israel, hoje a Igreja. A Igreja é o povo de Deus, lavado, remido e comprado pelo Sangue do Senhor Jesus (1 Pe 2:10). Essa profecia cumpriu-se totalmente no advento da encarnação do Messias (Mt 21:4-5; Jo 12:14-15).

Encontramos no texto algumas informações sobre a pessoa do Messias que havia de vir: Jesus. Devemos entender e avaliar esses adjetivos não somente no aspecto contemplativo da pessoa do Messias, mas se temos sido Seus imitadores, isto é, Seus verdadeiros discípulos (seguidores).

O texto faz uma afirmação singular: ELE É REI! Jesus, que é descendente real de Davi, reiteradamente prometido em diversas ocasiões, É o Rei prometido do Senhor (2 Sm 7:12-14; Sl 132:11; Is 9:7; 11:1-5; Jr 23:5-6; 33:15-22; Ez 34:23-24; 37:24-25). Rei de Israel, Rei dos Judeus, Rei de toda a Terra, Rei eterno... Sim, Jesus é o Rei dos reis! Mas será que Ele É o teu Rei? Se Ele É Rei, significa que Ele reina, e que tem súditos, servos (escravos), seus discípulos que vivem a Seu dispor.

Pergunto novamente: Ele É o teu Rei? Ele reina em sua vida? Você é um súdito real? Se somos Seus súditos, devemos a Ele obediência e honra, Lhe devemos a nossa própria vida! Essa é a essência da vida cristã. Quem entende e aceita esse mistério no coração, são aqueles que se esforçam e servem ao Senhor sem reclamações, sem murmurar, mas com alegria e diligência, fazendo sempre o seu melhor. E sempre procuram imitar o seu Rei, Jesus, isto é, seguem Seus passos. Repetindo: os verdadeiros súditos de Jesus são aqueles que O imitam, isto é, seguem Seus passos. Ele É o Rei Justo, Salvador e Humilde.

Nesse Natal, convido-te a avaliar se você tem sido um verdadeiro servo do Senhor Jesus, porque esse é o real sentido do Natal. Toda comemoração natalina sem esse caráter, não tem valor algum, pois o verdadeiro sentido do Natal é em adoração e entrega da própria vida a Ele, o Rei Jesus, Rei dos reis e Senhor dos senhores.

FELIZ NATAL!!! E que o Senhor Jesus nasça em cada coração.

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti, S.C.Sul / SP
Pastoral Boletim 22/12/13.


SDG - A DEUS TODA GLÓRIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT