Frustração


O que é frustração?

Este sentimento costuma surgir quando algo desejado ou esperado não ocorre. Frustração pode estar relacionado com a sensação de incapacidade quando este acontecimento dependia da própria pessoa.

Exemplos: estudar muito e não ser aprovado; casar pensando que teria um tipo de vida e depois perceber que não é nada disso; entrar para uma instituição e não receber o apoio prometido; cultivar uma amizade e "levar um cano" do amigo; se dedicar ao trabalho e ver outra pessoa recebendo aumento. Tudo isso são situações que podem frustrar. Dá para evitar este tipo de situação? Às vezes não. Nem tudo depende de nós. Por exemplo: não depende só de você a forma como seus amigos, cônjuge, patrão vão se comportar. Mas podemos nos dedicar a aprender a lidar com a frustração quando for inevitável.

Uma história frustrante

Um exemplo de situação que pode ser frustrante: mulher casada há 15 anos, marido machista não permite que trabalhe ou estude. Segundo o marido ela tem que cuidar da casa, pois jamais seria capaz de enfrentar o dia a dia de uma empresa. Cada vez que esta esposa pensa em sair de casa para trabalhar o marido diz que a família precisa dela. Ela até tentou voltar para a faculdade, tentou fazer um curso de inglês, começou um curso de informática, mas não concluiu nenhum porque o marido a ameaçava de separação. Esta mulher se sente frustrada, cansada, sem libido, irritada. Não tem vontade de sair nem de conversar. Se queixa de angustia e falta de vontade de cuidar da casa. Foi ao médico e recebeu o diagnóstico de gastrite e labirintite.

Frustração pode gerar raiva, agressividade, revolta, decepção, depressão, falta de motivação e auto estima rebaixada. Frustração pode provocar stress.

Frustração pelo impedimento do alcance de uma meta

Pode ser causada por vários tipos de obstáculos: obstáculos físicos, condições ambientais desfavoráveis; exemplo: você quer viajar mas a estrada está bloqueada. Obstáculos sociais, normas, regras, leis; exemplo: o garoto de 17 anos que quer ter carteira de motorista, mas a lei impede. Obstáculo emocional; exemplo: a frustração do fóbico social em desejar contato humano, mas não se sentir capaz, crenças de incompetência, vulnerabilidade e sensação de fracasso iminente. Obstáculos devido doenças físicas; exemplo: o diabético que tem que mudar seus hábitos alimentares, aplicar insulina e não pode mais fazer certas atividades.

Frustração pelo não recebimento de uma gratificação merecida

A pessoa que lutou para atingir um objetivo e acredita que seria lógico ter êxito poderá sentir muita frustração se por algum motivo não conseguir atingi-lo. Por exemplo: a promoção que não veio apesar de toda dedicação.

Frustração por necessidade não satisfeita

Exemplo: frustração pela demora do salário, mesmo que pago em dia temos que esperar 30 dias para recebê-lo.

Frustração por conflito

Por exemplo: ao tomar decisões temos que escolher uma opção, e isto sempre significa abrir mão dos benefícios da outra opção.

Reações à frustração

A forma de reagir à frustração pode trazer danos ou benefícios. Respostas comuns: fuga, evitação, compensação e agressão. Mas podemos usar a situação para aprender com ela, e assim crescer.

Comportamento de fuga

Alguns, ao se frustrarem, se afastam, não querem mais contato com a situação. Exemplo: a esposa que resolveu separar, depois de anos de casada, porque o marido disse no meio de uma briga que ela não era a esposa que ele sonhava, apesar de isto ter sido dito no calor do momento, e não refletia o real sentimento dele. Como ela se considerava dedicada à família, e esperava reconhecimento, ficou tão frustrada que pediu a separação. Foi uma decisão de fuga, e apesar de ter se livrado do que considerava injusto, perdeu todas as partes boas do casamento.

Comportamento de evitação

Após a pessoa ser frustrada pode passar a evitar situações parecidas, ou as pessoas e lugares envolvidos com a frustração por medo de frustrar-se novamente. Exemplo: uma pessoa que não recebeu aumento esperado, começa a faltar ao trabalho, chegar atrasada, não se esforça mais, não interage mais, ou seja, se esquiva de entrar em contato com as coisas que agora ficaram aversivas.

Comportamento compensatório

Para lidar com a frustração a pessoa pode compensar com outras satisfações. Exemplo: comer em excesso, drogas, álcool, etc. Em outro exemplo a pessoa sente-se frustrada porque seu relacionamento acabou e como compensação passa a trabalhar compulsivamente.

Comportamento de desamparo

Uma vez tendo se frustrado em uma atividade a pessoa para de tentar sucesso em outras áreas da vida. Muitas vezes nem há obstáculos, mas a visão distorcida da pessoa vê tudo como imensamente difícil. E assim, não se dá oportunidade para perceber que poderia vencer. Exemplo: a pessoa que quer entrar em medicina, mas como não acredita ser capaz, nem tenta e passa a vida insatisfeita com a profissão que escolheu.

Consequências da frustração

E este é o principal motivo por estarmos falando de frustração, ela pode trazer consequências negativas. É possível que a frustração leve a agressão. A pessoa agredirá outras pessoas ou a si mesma, autoagressão. No noticiário vemos pessoas frustradas com o fim de um relacionamento, agredindo e até matando o parceiro (a). A agressão costuma ocorrer se a pessoa não perceber justificativa, pois quando a frustração é justificável o que ela pode sentir é apenas irritação, e não ser agressiva. Exemplo: o caso da pessoa com casamento marcado e a empresa o transfere para outra cidade, tendo que desmarcar o casamento. Sendo justificável, a noiva ficaria muito irritada, mas não agrediria. Mas uma noiva que foi traída não vê justificativa, então pode aumentar a probabilidade de tornar-se agressiva.

Marisa de Abreu Alves, Psicóloga.

Comentários