Responda ao Chamado


“Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã.” Isaías 1:18.

Soren Kierkegaard, considerado o pai do existencialismo cristão, ao escrever em seu diário, mostra como é necessário encontrar e cumprir um propósito maior que nós mesmos e que nos inspire a alturas que jamais conseguiríamos por conta própria: ‘‘É necessário compreender a mim mesmo, ver o que Deus quer de mim, encontrar uma verdade que seja verdade para mim, encontrar a ideia pela qual eu possa viver e morrer’’.

Essa reflexão remete a uma pergunta crucial: Como encontrar e realizar o propósito central da vida? Segundo Os Guinness, em seu livro “O Chamado”, ‘‘este propósito só se encontra quando descobrimos o propósito específico para o qual fomos criados e ao qual fomos chamados. Responder o chamado de nosso Criador é o por quê final da vida, a mais alta fonte de propósito da existência humana. Sem tal chamado, toda esperança de conhecer o propósito acabará em desilusão’’.

A primeira pergunta do Breve Catecismo da Assembleia de Westminster responde a esse ‘‘por quê afinal’’. Ao perguntar sobre o fim principal do ser humano, a curta resposta até parece não comportar a sua extensão espiritual: ‘‘O fim principal do ser humano é glorificar a Deus, e gozá-Lo para sempre’’. Não é por acaso que Pedro e os demais Apóstolos deixaram tudo motivados pelo chamado de Jesus: ‘‘Segue-Me!’’.

A monotonia de lançar as redes ao mar denunciava que tudo perde o sentido sem seguir a Jesus para a glória de Deus. O chamado de Cristo é a reorientação mais abrangente que alguém pode vivenciar, e a motivação mais profunda que a experiência humana pode desfrutar.

Responda ao chamado. Torne-se discípulo de Jesus Cristo. Ele o convoca: ‘‘Vinde a Mim’’ (Mt 11.28). O jovem rico, devido a sua riqueza, não respondeu ao chamado de Cristo, e ‘‘retirou-se triste’’ (Mt 19.22). Ter sentido de vida é consequência do seguir a Cristo! 

Deus o abençoe com a graça de deixar tudo por Jesus!

Autor: Pr. J. A. Lucas Guimarães
http://www.jardimdeoracao.com.br/noticias/pastoral-110617-responda-ao-chamado

Pastoral boletim IPNA 21/01/18.

Comentários