Natal, a Vinda do Rei Humilde


“E isto servirá a vocês de sinal: vocês encontrarão uma Criança envolta em faixas e deitada em manjedoura. [...] Foram depressa e encontraram Maria e José, e a Criança deitada na manjedoura.” Lucas 2:12,16 (NAA).


A humildade do nosso Senhor é algo impressionante! Ele, mesmo sendo Deus, na eternidade, resolveu não usufruir de tudo que tinha por direito, mas abriu mão de Sua glória e majestade para tornar-Se um homem com limitações e dificuldades (Fp 2:511). Submetendo-Se completamente à vontade de Deus, nasceu em uma estrebaria, e foi colocado em uma manjedoura, ao lado de animais. Aquele era um local totalmente inadequado para o nascimento de qualquer pessoa, mas ali estava o Rei dos reis encarnado! Não havia lugar para Ele nas hospedarias... Haveria lugar para Jesus em seu coração?

A vida de Jesus foi uma vida humilde. Ele não cresceu em Palácios, mas em um vilarejo. Não viveu no luxo, mas trabalhou arduamente. Filho de carpinteiro, Ele cresceu ajudando José, Seu pai de criação, e logo aprendeu a profissão. Quando entregou-Se para morrer em nosso lugar, comportou-Se como um Cordeiro Mudo que vai para o matadouro (Isaías 53:7). 

A manjedoura era o caminho para a Cruz. Ele veio para nos redimir. Sem Cruz não há Natal, pois o verdadeiro Natal é reconhecer que Cristo veio para morrer em nosso lugar, e receber a Sua salvação.

Ao evangelizar, Jesus convidava as pessoas a que aceitassem o Seu conforto e a Sua ajuda: “Vinde a Mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e Eu vos aliviarei.” Mateus 11:28. Ele ainda nos convida: “Vinde a Mim!” Ele não mudou! Ainda hoje fala conosco com toda compaixão e amor!

“Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, Comigo.” Apocalipse 3:20.

Reconheça o Senhorio de Jesus agora em seu coração, entregue-se a Ele! Foi para isso que Ele veio: para salvar todo aquele que nEle crê! Se você ainda não recebeu a salvação, creia nEle e seja salvo, você e sua família.

A humildade é a marca dos que creem em Jesus. Por isso ninguém que pode ser maduro e firme na fé se for arrogante, prepotente e orgulhoso (a). 

“A soberba precede a ruína e o orgulho a queda” Provérbios 16:18. “Deus resiste aos soberbos, contudo, aos humildes concede a Sua graça.” 1 Pedro 5:5.

Pratiquemos mais a humildade. Reconheçamos que somente Jesus É perfeito e imitemos a Sua humildade uns para com os outros, hoje e sempre! Isso e Natal!


Boletim IPNA 17/12/17
Rua Álvares Fagundes, 107, Americanópolis, São Paulo.

Comentários