Nosso Compromisso Diante de Deus


“Dizia a todos: Se alguém quer vir após Mim, a si mesmo se negue, 
dia a dia tome a sua cruz e siga-Me.” Lucas 9:23.

Despojados do nosso “EU”, e firmes em nosso compromisso assumido diante de Deus, é que seguimos Jesus. Quem assim procede encontrou a felicidade e abraçou o melhor e mais coerente projeto de vida que existe. A felicidade está em Jesus, hoje, amanhã e sempre. Talvez a cruz lhe pareça pesada, mas o desafio da fé é que você não desista, mas continue negando-se a si mesmo todos os dias, tomando a sua cruz dia após dia e seguindo o Senhor Jesus. Esse é o caminho da felicidade, e não o que o mundo oferece. “Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Que daria um homem em troca de sua alma?” Marcos 8:36-37.

Quem são os filhos de Deus? “Mas, a todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no Seu nome.” João 1:12. Receber Jesus e tornar-se filho de Deus, essa é a parte essencial e real entre nós e Deus, e que faz toda diferença para um compromisso espiritual nosso diante dEle. Primeiramente diante de Deus, mas diante das pessoas também. Isso é tão importante que os que não observarem esse item, simplesmente serão condenados (as) ao inferno. Quem não é filho (a) de Deus, isto é, que não foi lavado e remido pelo Sangue de Jesus, não tem salvação e vai para o inferno após a morte (Mt 25:41; Lc 13:27; Jo 8:44).

Então, qual é a sua posição? Pensemos no soldado e no atleta. Se o soldado não se mantiver em posição é inapto para a batalha, podendo morrer e prejudicar todo batalhão; e se ele fugir será um criminoso, desertor, traidor da pátria. O atleta precisa treinar bastante, manter a forma, correr muito e tentar de todos os modos alcançar a vitória, e cooperar com sua equipe. Se não se esforçar certamente será desqualificado derrotado.

Os filhos de Deus são os que assumem um compromisso com Cristo, recebendo-O em arrependimento de seus pecados, se submetendo a Ele e servindo-O por toda a sua vida, permanecendo nEle. Quem não procede assim não é filho de Deus. “Ora, vós sois Corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse Corpo.” 1 Co 12:27. Sem compromisso com Deus, a Igreja torna-se mero ativismo religioso. Os filhos do sacerdote Eli tinham cargos no templo, mas eram “filhos de belial”, um deus pagão. Ou seja, eles não eram filhos de Deus, mas filhos do diabo (1 Sm 2:12). Quando assumimos a nossa posição diante de Deus, assumimos também um compromisso com a Igreja, e isso também é tomar a cruz e seguir Jesus. Há muitos hoje em dia que dizem ser possível estar na posição correta diante de Deus, sem contudo assumir esse compromisso com a Igreja de Cristo. Isso é um grande engano! “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados.” Efésios 5:1.

Não saiamos de nossa posição diante de Deus, nem abandonemos nosso compromisso com a Igreja de Cristo. Se nos perguntarmos sempre o que Jesus faria em determinadas situações, e formos sinceros e fiéis para cumprirmos a Sua vontade seguindo a Bíblia, jamais deixaremos nossa cruz de lado, jamais abandonaremos o Caminho, jamais abandonaremos a Igreja, jamais perderemos a nossa fé. E você, já assumiu um compromisso com Cristo? Faça isso o quanto antes!!!

Soli Deo Gloria

IPNA culto matutino  e boletim 01/10/17
Rua Álvares Fagundes, 102, Americanópolis, São Paulo.

Comentários