Estevão, Um Diácono Exemplar


“O parecer agradou a toda a comunidade e elegeram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo [...]” Atos 6:5a.

Estêvão foi o primeiro diácono da Igreja Primitiva e também seu primeiro mártir. Foi escolhido para cuidar da diaconia das mesas, mas jamais esqueceu-se da Palavra. Serviu com fidelidade e pregou com poder. A marca de sua vida foi a plenitude. Estêvão era cheio de fé, cheio do Espírito Santo, cheio de sabedoria, cheio de graça e de poder, cheio da Palavra e cheio de perdão. Sua vida era irrepreensível, suas palavras eram irresistíveis e suas obras eram irrefutáveis. Estêvão foi um homem que viveu de forma maiúscula e morreu de forma exemplar.

Serviu às mesas com humildade, mas resistiu o sinédrio com coragem. Pelo seu ministério trouxe alegria para o povo de Deus e despertou a fúria de seus inimigos. Seus inimigos apedrejaram-no, mas não conseguiram apagar sua influência. Expirou de joelhos na terra, mas Jesus o recebeu de pé no Céu. Estêvão foi um portento nas mãos de Deus, um monumento da graça, um gigante espiritual, um homem cheio de fé. 

Devemos seguir suas pegadas, imitar seu exemplo, e viver como ele viveu e, se preciso for, morrer como ele morreu. Hoje precisamos de homens da mesma estirpe, homens que sejam cheios de graça, dotados de sabedoria, revestidos de poder, poderosos nas Escrituras e prontos a servir, viver e morrer por sua fé.

Extraído do site da IPB.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL