O PROJETO DA FELICIDADE (4) PERSEVERANÇA E RESIGNAÇÃO


MATEUS 5:1-12

“Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus. Bem-aventurados sois quando, por Minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós. Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos Céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós.” Mateus 5:10-12.

Qual é o seu projeto de vida? Seja qual for, faça com que seja um projeto que lhe conduza à felicidade real, que só Deus pode lhe dar. Esse é o sentido de “bem-aventurado” = muito feliz.

Projeto de perseverança 

“Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus.” Mateus 5:10.

Somente é possível ser bem-aventurado quando perseguidos injustamente, se formos perseverantes na fé. O sofrimento da perseguição é avassalador, a sensação de injustiça destrói nossas defesas e ficamos à mercê da tristeza que invade o coração. Mas é justamente aí que os bem-aventurados praticam a lei áurea do perdão: “Perdoai e sereis perdoados”, “Se alguém te ferir numa face, dá também a outra”, “Amai vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem”. Através da prática do perdão, floresce nos corações a perseverança, as forças se renovam e os bem-aventurados não param no meio do caminho, nem retrocedem ao Egito, mas prosseguem rumo à Canaã! Por isso eles são bem-aventurados: “deles é o Reino dos Céus”. Essa expressão traz em si alguns elementos bem interessantes acerca dos bem-aventurados: eles são semelhantes às crianças, “porque dos tais é o Reino dos Céus” (Mc 10:14). Além disso já foi avisado que “se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no Reino dos Céus” (Mt 18:3b). Então os bem-aventurados são semelhantes às crianças em sua humildade (Mt 18:4 5:2), pureza, sinceridade, fé, além do que são protegidos por Deus (Mt 18:5,10). Aplique todos esses elementos à vida cristã e veja se você é ou não um bem-aventurado, ou se vive como tal.

Projeto de resignação (vs.11)

“Bem-aventurados sois quando, por Minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós.” Mateus 5:11.

As injúrias, calúnias, perseguições e mentiras poderão sobrevir na vida dos que servem a Deus de coração, os bem-aventurados, mui felizes filhos de Deus. Qual a qualidade que eles precisam desenvolver para suportarem tamanha oposição de pecadores atribulados? Resignação, que nesse caso é ser submisso à vontade de Deus, ainda que ela não seja considerada “boa”, ou facilmente entendida. Haverá muitas situações em que nossa fé será desafiada, e se cremos de fato em Deus, nos submeteremos sempre à Ele, ainda que não entendamos perfeitamente o Seu modo de agir. Como na sequência do vs. 10, essa característica do procedimento dos bem-aventurados é fruto de uma perseverante fé. O Senhor está dizendo para nós que, se isso tudo ocorrer conosco, não é para perdermos a nossa confiança em Deus, não é para nos revoltarmos contra Ele, ou O responsabilizarmos por tantas angústias e dores. O que devemos compreender sempre é que o Seu amor não muda, não para, mas somos amados ainda que tenhamos que sofrer. E se sofrermos, que não seja por causa de pecados nossos, mas que seja por amor a Cristo.

“Se, pelo nome de Cristo, sois injuriados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus. Não sofra, porém, nenhum de vós como assassino, ou ladrão, ou malfeitor, ou como quem se intromete em negócios de outrem; mas, se sofrer como cristão, não se envergonhe disso; antes, glorifique a Deus com esse nome. Porque a ocasião de começar o juízo pela casa de Deus é chegada; ora, se primeiro vem por nós, qual será o fim daqueles que não obedecem ao Evangelho de Deus? E, se é com dificuldade que o justo é salvo, onde vai comparecer o ímpio, sim, o pecador? Por isso, também os que sofrem segundo a vontade de Deus encomendem a sua alma ao fiel Criador, na prática do bem.” 1 Pedro 4:14-19.

Conclusão

Quem abraça esse projeto de vida é muito feliz! 

1. Deles é o Reino dos Céus (vs.3)
2. Eles são consolados por Deus (vs.4)
3. São herdeiros da Terra (vs.5)
4. Serão fartos de justiça (vs.6)
5. Alcançarão misericórdia (vs.7)
6. Verão a Deus!!! (vs.8)
7. Serão chamados “filhos de Deus” (vs.9)
8. Deles é o Reino dos Céus (vs.10)
9. Possuem um grande galardão nos Céus (vs.12).

Decida-se hoje mesmo por esse projeto de uma vida muito feliz, o projeto da bem-aventurança, da felicidade aqui e eternamente. Seja um bem-aventurado de Deus!

Leia também:
O PROJETO DA FELICIDADE (1) HUMILDADE, QUEBRANTAMENTO E MANSIDÃO
O PROJETO DA FELICIDADE (2) PROJETO DE JUSTIÇA
O PROJETO DA FELICIDADE (3) MISERICÓRDIA, SANTIDADE E PAZ

Paulo Sergio Visotcky da Silva
IPNA, culto vespertino 23/03/17
Igreja Presbiteriana Nova Aliança, Rua Álvares Fagundes, 102, Americanópolis, São Paulo
Soli Deo Gloria!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?