TU, PORÉM, Ó HOMEM DE DEUS

“Tu, porém, ó homem de Deus [...]” 1 Timóteo 6:11a.

Na caminhada de fé, nessa jornada da vida, temos em Cristo todos os recursos para enfrentarmos quaisquer problemas. Estando sob Sua proteção e amor, podemos superar o presente e prosseguir rumo ao futuro. Não seremos derrotados por nossas falhas, nossa vitória está garantida em Cristo. Quaisquer que sejam as dificuldades, elas se tornam insignificantes à luz da misericórdia do Senhor. A graça de Deus é maior, suficiente e eficiente para nos corrigir e transformar. Por isso, ergamos a cabeça e encaremos a vida de frente, enfrentemos as lutas sabendo que Deus sempre nos ajudará, se houver humildade e arrependimento nos corações.

Nossas falhas nos ensinam, mas não somente aprendemos com nossos erros, como podemos ensinar outros a superá-los, e então seremos encorajados a ouvir suas experiências também. Nunca desista da sua UPH, não se vence a corrida na primeira volta, a vida é uma maratona, e não os 100 metros rasos. A última volta parece sempre ser a mais difícil. Continue correndo até alcançar a linha de chegada, mantenha o ritmo, prepare-se para os desvios e buracos na pista e, quando estes aparecerem, não desista, lembre-se que somente aqueles que perseveram alcançam a vitória. Deus conhece nossas lutas, Ele as permite para que nos fortaleçamos a amadureçamos para a volta final. Sabe o quanto podemos suportar e nunca nos provará além de nossa capacidade (Sl 103:14; 1 Co 10:13).

Homens presbiterianos, Deus está vos convocando para colocarem vossas vidas na obra dEle, não pensando primeiramente no vosso próprio bem estar, mas pela fé esforçando-vos pela evangelização do nosso amado Brasil. Unamos nossas forças para tornarmos o trabalho de nossas UPHs a grande força de integração e expansão da Igreja local. Caminhemos para o futuro juntos com Jesus. (Extraído e adaptado do Jornal Brasil Presbiteriano).

Pastoral boletim IPNA 05/02/17.
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT