REFLEXOS DA PUREZA DA IGREJA


“Porque zelo por vós com zelo de Deus; visto que vos tenho preparado para vos apresentar como virgem pura a um só Esposo, que é Cristo.” 2 Coríntios 11:2.

Nós precisamos da Igreja, prioritariamente, e não somente a Igreja que precisa de nós. É importante fixar isso na mente, porque algumas pessoas poderiam pensar que se saírem da Igreja ela acabaria, que eles fazem mais falta a ela do que ela a eles. Você e eu somos importantes para a Igreja sim! No entanto, ela não depende de nós, ela depende de Deus! É engano pensar que as pessoas sejam mais importantes do que Deus, e ninguém vai dizer isso a plenos pulmões, mas na prática é isso que transparece em muitas situações.

O Apóstolo Paulo fala aos coríntios de seu zelo para com Deus para que a Igreja se mantivesse pura, e mais, para um só Esposo que é Cristo. Não há outro Noivo, não há alguém que seja mais importante do que Ele, ou a quem devamos maior cuidado, respeito e agrado. As pessoas são importantes, obviamente, pois a Igreja é a noiva de Cristo, mas essa noiva precisa ser apresentável, pura, santa, tal qual uma virgem. É justamente aí que “a batata esquenta”, haja visto que tal zelo requer a observação de prioridades, e isso mexe com tudo e com todos.

Congregar é sinal de pureza e não é opcional, é uma ORDEM!

“Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima.”  Hb 10:25.

Cada vez mais nos vemos forçados a atrair pessoas para os cultos, e não é só em cultos evangelísticos, cultos normais mesmo, estudos bíblicos, reuniões de oração também. Há uma tendência notória ao esfriamento, e os líderes (especialmente os pastores) são cobrados como se eles fossem responsáveis pela presença ou não do povo dentro da Igreja. Soube de uma Igreja que nas finais da copa do mundo suspendeu o culto de domingo à noite. Outra colocou um telão no salão social para que os irmãos assistissem o jogo na Igreja, isso em pleno domingo no horário do culto vespertino. Que noiva é essa que despreza o louvor ao Noivo para assistir futebol? A pureza da noiva é plenamente observável em sua prioridade para com o Noivo, Jesus!

A união do povo de Deus é sinônimo de pureza

“Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos!” Salmos 133:1.

Um forte testemunho que damos para os incrédulos é a nossa unidade, o fato de valorizarmos a reunião do povo de Deus, e o desejo de estarmos sempre juntos (Sl 133; Jo 13:35). Certamente essa união fraternal passa por muitas provas e testes, e só resistirá se a sua estrutura for o amor. Dizer que se ama é fácil, mas amar de verdade requer esforço, e não só empatia. Quem ama por empatia, na verdade não sabe de fato o que é o amor. Amor empático é aquele que acontece, seja porque as pessoas “foram com a sua cara”, ou porque se conhecem a um bom tempo. Geralmente esse tipo de relação é superficial, temporária (sazonal), e muitas vezes envolve interesses. Então pode-se questionar se isso é amor mesmo. As pessoas podem classificar assim, mas biblicamente amor é outra coisa muito maior. O amor de Deus por nós é o formato no qual devemos desenvolver no nosso amor. Amor ágape, ou seja, amor que se doa, amor sacrifical, que se entrega, que não requer nada em troca. Esse tipo de amor deve ser a argamassa que une os tijolos da Igreja espiritual, e nesse caso cada membro é um tijolinho. Se não houver uma boa massa o prédio pode ruir.

PERGUNTAS PARA REFLEXÃO E DEBATE

1 - Quais as desculpas que você mais ouve de pessoas que tentam justificar a ausência da Igreja?
2 - Qual a área que você gostaria de trabalhar na Igreja, para a edificação da mesma? O que você pode fazer para melhorar a sua Igreja?
3 - O que você acha de mais positivo na sua Igreja?

Leia o estudo completo VIDA CRISTÃ ABUNDANTE – A IGREJA.

Extraído e adaptado com inserções, sob autorização do autor, da revista “Nova Vida”, de Simontom César de Araújo.

Por: Pr. Paulo Sergio Visotcky da Silva
Congregação do Jardim Peri Alto 13/07/16.

SOLI DEO GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT