LIMPEZA DA ALMA


“Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.” Filipenses 4:8.

É natural do ser humano gastar boa parte do tempo remoendo coisas ruins. Alguns lidam melhor com sentimentos e memórias amargas, enquanto outros se aprisionam nas masmorras da tristeza, apatia, depressão, rancor e lágrimas.

No presente texto, o Apóstolo Paulo, Autor da Carta da Alegria, inspirado pelo Supremo Autor da Bíblia, nos orienta ao que deve ocupar nosso pensamento. Que lista maravilhosa de virtudes, que se preservadas na mente e no coração, só trazem alegria e paz: verdade, respeito, justiça, pureza, amabilidade, boa fama e virtuosidade. Mas, muitos pecam no descumprimento dessa regra, e passam a ruminar coisas que não tem nada a ver com essa lista; pelo contrário, são o oposto de tais virtudes. É necessário aprender a lidar com os sentimentos e memórias ruins. Como?

Compare a alma com o computador. Na área de trabalho de todo computador existe uma pastinha chamada “lixeira”, onde são jogados arquivos que não servem mais, que podem ocupar a memória da máquina, fazendo-a ficar lenta e até travar. Alguns desses arquivos podem até estar infectados com vírus que destroem o potencial do computador. Então, de tempos em tempos, devemos examinar nossos arquivos, e jogar na lixeira tudo que não serve mais. Entendeu? Veja se existe em sua alma algo que faça você “travar” emocional e espiritualmente. Se encontrar memórias, imagens, lembranças, ou quaisquer sentimentos inúteis, prejudiciais, ou até infectados, jogue-os na lixeira sem medo e sem dó. Acredite que é a melhor coisa a se fazer, e funciona desde que seja com o coração puro, fé e temor a Deus. Nessas horas de limpeza da alma, ore assim:

“Senhor Jesus, entrego a Ti todos os pensamentos, memórias, imagens e lembranças que me fazem sofrer e pecar contra Ti. Ajuda-me a esquecer, cura minha alma Senhor. Não quero mais viver à mercê do passado, não quero mais sofrer, chorar, ou ter mágoas. Senhor ajuda-me a não lembrar mais disso, mas se lembrar, não quero mais pecar. Peço perdão a Ti Senhor, se até aqui guardei mágoas de alguém, e declaro diante de Ti, que estão perdoados todos que ofenderam, feriram e desprezaram. Capacita-me Senhor! E abençoa-os Senhor, derrame sobre eles a Tua bênção e faz uma obra na vida deles. Dá-me forças para perdoar assim como o Senhor já me perdoou. Muito obrigado por Teu amor, bondade e misericórdia para comigo. Eu oro e louvo o Teu santo nome. Em nome de Jesus, amém!”

Vosso servo em Cristo, Pr. Paulo Sergio.
IPB de Brasilândia, pastoral de fevereiro 2016.

SDG - Somente a Deus dai toda glória!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT