Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

O QUE FAREI PELO SENHOR?

Imagem
“Que darei ao SENHOR por todos os Seus benefícios para comigo? Tomarei o cálice da salvação e invocarei o nome do SENHOR. Cumprirei os meus votos ao SENHOR, na presença de todo o Seu povo. Oferecer-Te-ei sacrifícios de ações de graças e invocarei o nome do SENHOR. Cumprirei os meus votos ao SENHOR, na presença de todo o Seu povo, nos átrios da Casa do SENHOR, no meio de ti, ó Jerusalém. Aleluia!” Salmos 116:12-14, 17-19.

Esse Salmo começa com uma constatação surpreendente (vs.12a): podemos dar algo a Deus! AquEle que É o Criador, Senhor e Mantenedor do Universo, nos permite dar-Lhe algo. Por quê? Certamente porque nos ama e quer nos privilegiar dessa alguma maneira. A pergunta é, o que temos dado a Ele? Israel em vários momentos deu-Lhe canseira (Ex 31:17; Is 1:14; 43:24; Jr 15:6). E nós, o que Lhe temos dado? O Salmo prossegue nos orientando naquilo que devemos dar a Deus como forma de gratidão e reconhecimento por Seus atos de misericórdia, Seus benefícios (vs.12b). Antes de mais nad…

LUTANDO PELA ALEGRIA

Imagem
FILIPENSES 4:4-9

“Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos.” Filipenses 4:4.


Você é uma pessoa alegre! Você é feliz? É possível alguém ser feliz neste mundo de tragédias, fome, guerras, violência, assaltos, arrombamentos, estupros, sequestro, delinquência, vinte milhões de crianças abandonadas, quatro milhões de abortos por ano, doença, AIDS, acidentes e mortes?

Felicidade é uma dádiva, e o mundo vive em busca dessa dádiva. Todos querem ser felizes, mas buscam a felicidade em coisas que trazem consequências ruins e tristezas permanentes.

Existem algumas coisas que podem nos irritar e roubar nossa alegria: desemprego, cansaço, fome, saudades, etc.

Não se trata de apenas “estar” feliz, ou alegre, mas “SER”.

MAS, QUE ALEGRIA É ESSA?

PRINCÍPIOS DE LIDERANÇA CRISTÃ

Imagem
“Agora, vos rogamos, irmãos, que acateis com apreço os que trabalham entre vós e os que vos presidem no Senhor e vos admoestam.” 1 Ts 5:12.
O Conselho, de acordo com a Constituição da Igreja Presbiteriana do Brasil, deve baixar normas para a escolha de seus oficiais, através de eleições. Considerando o fim dos mandatos de alguns oficias e a necessidade de aumentar o quadro dos mesmos, o Conselho da Igreja estará convocando a Igreja para se reunir em Assembleia para essa eleição. Por isso, cumprindo o dever constitucional de orientar a igreja, apresentamos as seguintes instruções.
1 – CONHECIMENTO CONSTITUCIONAL
Art. 111 CI/IPB – O Conselho convocará a Assembleia da Igreja e determinará o número de oficiais que deverão ser eleitos, podendo sugerir nomes dos que lhe pareçam aptos para os cargos e baixará instruções para o bom andamento do pleito, com ordem e decência. Parágrafo Único - O pastor, com antecedência de ao menos trinta dias, instruirá a Igreja a respeito das qualidades que d…

VIDA CRISTÃ ABUNDANTE (1) SALVAÇÃO

Imagem
POSSO TER CERTEZA DA SALVAÇÃO?

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o Seu Filho Unigênito, para que todo o que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16.


TEXTOS ADICIONAIS

João 3:16-21 e 36
Efésios 2:1-10
Romanos 3:21-31
Romanos 8:1-11
Isaías 53:1-12
Atos 8:26-40
Lucas 19:1-10

CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

1 – Salvo de quê?
Você se aproxima de alguém e pergunta: “Você está salvo?” Creio que se a pessoa não for religiosa, irá lhe responder mais ou menos assim, com espanto: “Salvo de que? Eu não estou morrendo afogado nem estou em um prédio em chamas…”

A PRIMEIRA PALAVRA DE JESUS NA CRUZ

Imagem
LUCAS 23:33-38

“Contudo, Jesus dizia: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. Então, repartindo as vestes dEle, lançaram sortes.” Lucas 23:34.
As “sete palavras da Cruz”, ou as “sete palavras de Jesus na Cruz”.
Quando o Senhor Jesus entregou-se para pagar o preço dos nossos pecados, Ele foi humilhado, julgado, torturado e finalmente crucificado. Padecendo todo o sofrimento da cruz, Ele proferiu SETE PALAVRAS que são as conhecidas “As Sete Palavras da Cruz de Cristo”, ou “As Sete Palavras de Jesus na Cruz”, que foram as Suas palavras finais, e que são de grande preciosidade e edificação para todos os crentes, pois nos revelam todo o seu amor, abnegação, soberania, sofrimento emocional, sofrimento físico, a consumação de Sua obra redentora, e sua entrega total nas mãos do Pai eterno. Hoje estaremos meditando nas duas primeiras dessas sete santas palavras.

CRISTO É VENCEDOR, ALELUIA!

Imagem
APOCALIPSE 1:9-20

“Quando O vi, caí a Seus pés como morto. Porém Ele pôs sobre mim a mão direita, dizendo: Não temas; Eu Sou o primeiro e o último e aquEle que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno.” Apocalipse 1:17-18.
Hoje comemoramos mais uma vez a Páscoa, a ressurreição de Jesus de Nazaré, o Senhor da Páscoa. Lembremos que Páscoa na nossa vida é todo dia, pois vivemos firmados na certeza de que Ele vive. É necessário fortalecermos nossas convicções acerca da vitória do Senhor Jesus. Fazendo assim pensaremos sobre as implicações da Sua ressurreição em nossa espiritualidade cotidiana. No texto lido, João teve a visão de Cristo glorificado, e recebeu dEle instruções que foram passadas às Igrejas, inclusive a nós.
Nos últimos dias temos visto o cumprimento de profecias da volta do Senhor: guerras e rumores de guerra, perseguição de cristãos a nível de barbárie, poluição crescente, questão hídrica e aquecimento global …

ALELUIA JESUS RESSUSCITOU!!!

Imagem
“Ele porém lhes disse: Não vos atemorizeis; buscais a Jesus, o Nazareno, que foi crucificado; Ele ressuscitou, não está mais aqui; vede o lugar onde O tinham posto.” Marcos 16:6.

A celebração da Páscoa é sem dúvida o evento mais importante do Cristianismo, pois marca a vitória do Senhor Jesus sobre a morte. Naquela manhã de domingo, quando Maria Madalena, Maria mãe de Tiago e Salomé levavam aromas para embalsamar o corpo do Senhor, tiveram uma grande surpresa ao verem que a pedra da entrada do túmulo estava revolvida. Um anjo, que movera a pedra (Mt 28:2) lhes disse as palavras acima. Elas, no entanto, fugiram de medo (vs. 8). Nota-se a surpresa diante do cumprimento das profecias. Fica para nós este alerta: se nós estivéssemos ali, reagiríamos diferente? Provavelmente reagiríamos do mesmo modo que eles... Se eles não estavam aguardando a ressurreição de Cristo, será que nós estamos aguardando ansiosamente o Seu retorno? De fato esperamos a Sua segunda vinda, ou nos será uma surpresa? …

O PODER DE SUA RESSURREIÇÃO

Imagem
Por: Charles Haddon Spurgeon

“Para o conhecer, e o poder da sua ressurreição...” Filipenses 3:10.

A doutrina da ressurreição do Salvador é extremamente preciosa. A ressurreição é a pedra angular do edifício do cristianismo. É o pilar do arco da nossa salvação. Seria necessário um livro inteiro para mostrar todas as correntes de água viva que fluem desta fonte sagrada, a ressurreição de nosso querido Senhor e Salvador Jesus Cristo. Mas saber que Ele ressuscitou, e ter comunhão com Ele como tal - relacionar-se com o Salvador ressurreto em conseqüência de uma vida restaurada; vê-Lo deixar o túmulo como resultado de nós mesmos termos deixado o túmulo do mundanismo - é ainda mais precioso. A doutrina é o fundamento da prática, mas, tal como a flor é mais encantadora do que a raiz, assim também a prática da comunhão com o Salvador ressuscitado é muito mais encantadora do que a própria doutrina.

Gostaria de fazê-lo crer que Cristo ressuscitou dos mortos para que cantasse isto, e de dar-lhe …