QUEM É JESUS PARA VOCÊ?


“Porque um Menino nos nasceu, um Filho se nos deu; o governo está sobre os Seus ombros; e o Seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.” Isaías 9:6.

A relação do crente com Deus passa necessariamente por um relacionamento com Jesus e Sua Palavra. Em nossos dias a fé bíblica tem sido atacada de diversas maneiras, especialmente pelo pentecostalismo exacerbado, e o neoliberalismo. Os conceitos humanos da atualidade, têm afastado muitos crentes do real conhecimento acerca de Jesus. Por isso é pertinente a pergunta que se faz aqui: QUEM É JESUS PARA VOCÊ?

O livro do profeta Isaías foi escrito entre 740 e 680 a.C. Seu autor, era um aristocrata de nascimento, de família influente de classe alta, bem educado. Teve contato com a realeza e foi um conselheiro de assuntos internacionais no reino de Judá. Ele tornou-se um proclamador dos oráculos de Deus, foi um instrumento escolhido por Deus em Jerusalém. Embora comumente fosse alvo de zombaria, Isaías advertiu vigorosamente o seu país contra as alianças com as nações vizinhas, sempre exortando Judá a confiar no Senhor.

Isaías era casado, e dois de seus filhos são mencionados em seu livro (7:3; 8:3). De acordo com a tradição, Isaías foi martirizado, tendo sido serrado pelo meio (Hb 11:37).

Isaías é chamado frequentemente de “o profeta evangélico” por falar muito sobre a obra redentora do Messias. Em suas páginas se encontra mais sobre a pessoa e a obra de Cristo do que em qualquer outro livro do Antigo Testamento. Algumas das quais são: 1:18; 2:4; 6:3,8; 7:14; 9:6-7; 11:9; 26:3; 35:1; 40:3; 48:16; o capítulo 53; 55:1; 57:15; 59:1 e 61:1-3.

Assim como em Isaías 7:14 esse texto aponta para a vinda do Messias encarnado em um ser humano que nasceria, normalmente, de uma mulher, uma virgem, aqui usa-se as expressões “Filho” e “Menino”. Também há que se destacar o fato de que Ele governaria: “o governo está sobre os Seus ombros”; sabemos que Jesus nunca reinou fisicamente, no entanto o Seu reinado transcende a Terra, é eterno e nunca terá fim. Portanto esse texto é profético quanto às duas vindas de Jesus: a primeira como Cordeiro que vem para o matadouro, e a Sua segunda vinda que aguardamos ansiosamente, quando Ele vira como o Leão da Tribo de Judá. Em Sua primeira vinda veio para morrer em nosso lugar, em Sua segunda vinda virá para julgar a Terra.

Nesse famoso texto, Deus fala através do profeta, acerca da pessoa e da obra do Messias, dando nomes a Ele. Esses nomes são expressões que se eternizaram, que revelam alguns dos atributos de Cristo, e que devem estar presentes em nossas mentes e corações não só na época do Natal, mas em todo o tempo, pois apontam para a nossa comunhão com Ele e dEle conosco. Que nomes são esses que Deus nos fala através do profeta Isaías?

A nossa comunhão com Jesus passa pelo conhecimento e a experimentação de Quem Ele É, e isso é nos indicado e orientado através de Seus nomes revelados na Palavra.

1 – MARAVILHOSO

Para alguns estudiosos da Bíblia a expressão “Maravilhoso Conselheiro” deve ser entendida e interpretada em conjunto. Porém não existem provas suficientes para dizermos que este é o único sentido do texto. Para muitos outros intérpretes, teólogos e exegetas, a expressão pode SIM (e deve) ser lida separadamente, que é o modo como entendemos o texto. E é a própria exegese dos termos que fortalece esse ponto de vista.

O que significa a palavra “maravilhoso”? Essa expressão tem o significado de sobrenatural, todo-poderoso. Assim com em Juízes 13:18 essa expressão aponta para o poder de Deus, aqui no caso poder que viria sobre o Menino que haveria de nascer. O ministério de Jesus foi marcado por Seus milagres que revelam, por Seu eterno poder, a Sua natureza divina. Não houve (e não há) enfermidade que Ele não possa sarar ou problema que Ele não possa resolver. Ele é Onisciente, Onipotente e Onipresente.

Em nossas vidas também Ele se revela assim! Ter uma relação pessoal com Jesus significa crer em Seu maravilhoso poder, e viver debaixo de Seu poder. É nesse poder que nos movemos e existimos, nesse poder que caminhamos e testemunhamos, nesse poder que fomos salvos e vencemos o mundo, o pecado e o diabo. A própria morte foi vencida pelo maravilhoso poder do Senhor, e Ele mesmo nos garante: “quem crê em Mim, ainda que esteja morto, viverá” (João 11:25b).

2 – CONSELHEIRO

O Messias é o Conselheiro Maravilhoso, isto é, Conselheiro Todo-Poderoso, sobrenatural. Significa que as palavras que Ele fala são transbordantes de vida e poder, e quando Ele fala conosco Ele sabe tudo que se passa conosco, pois Ele é Onisciente. Em sua vinda Ele trouxe-nos as Palavras de vida eterna, palavras que libertam, transformam e edificam. Enviou-nos o Seu Espírito que nos convence do pecado, da justiça e do juízo (João 16:8). Suas Palavras são mandamentos na forma de conselhos, orientações, Ele não força, mas convida e orienta-nos a segui-Lo. A salvação é uma dádiva que recebemos ao ouvirmos e crermos em Sua Palavra.

3 – DEUS FORTE

Esse termo é aplicado a Javé, o Deus todo poderoso, e prediz a Sua vitória definitiva sobre todo o mal. A Sua vinda tem esse caráter, vencer todos os nossos inimigos. Ele é sempre foi e sempre será vencedor, mas ao Se encarnar Ele vem para vencer os nossos inimigos. Ele vence o pecado, o mundo, a carne, o diabo e a própria morte.

E em 1 Coríntios 15 a Bíblia nos diz:
“Tragada foi a morte pela vitória. Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão?” 1 Coríntios 15:54b-55.

Em Seus braços estamos seguros e protegidos de todo o mal. Se não fosse o Senhor ao nosso lado os nossos inimigos já nos teriam destruído (Sl 124:1), mas Ele em Seu infinito poder nos dá segurança. Ele nos livra de todo o mal.

4 – PAI DA ETERNIDADE

Essa expressão também pode ser entendida como “Pai Eterno”, e nos revela a pessoa do Pai encarnado em Jesus. O Messias é eternamente o Pai do Seu povo. O que um pai carnal faz imperfeitamente ilustra o que o Pai Eterno faz de modo perfeito: Ele protege, provê e cuida das necessidades de Seus filhos. A nosso maior necessidade, a necessidade de salvação, Ele proveu pessoalmente através de Seu Filho, na Cruz do Calvário.
"Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando conSigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados (...)" 2 Coríntios 5:19a.

Em diversos textos a Bíblia nos fala acerca da ação paternal do nosso Senhor.
Salmos 23:1   “O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará.”
Mateus 6:8   “Não vos assemelheis, pois, a eles; porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lho peçais.”
1 João 5:18   “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, aquEle que nasceu de Deus o guarda, e o maligno não lhe toca.”

5 – PRÍNCIPE DA PAZ

Jesus é aquEle que nos traz a paz em seu sentido mais completo, seja com saúde ou sem ela, com prosperidade ou vivendo somente com o necessário, e acima de tudo a tranqüilidade em todas as situações. O homem pode conhecer a Sua paz (Ef 2:13-18).

Jesus falou acerca dessa paz sobrenatural em João 14:27.
"Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize."

Quando estamos em lutas e tribulações, essa paz nos revestirá e guiará:
“Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual também fostes chamados em um só corpo, e sede agradecidos.” Colossenses 3:15.

Essa paz nos é oferecida gratuitamente por Ele. O mundo não tem essa paz, ela é totalmente diferente de tudo que o mundo tem para oferecer. É uma paz real, verdadeira, duradoura, que não só nos faz bem, mas nos protege e guarda os corações.
“E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.” Filipenses 4:7.

Quem vive nessa paz não vive com medo, não perde a esperança, não perde a alegria e a satisfação interior. Cristo é a nossa paz!

CONCLUSÃO

Conhecendo mais sobre a pessoa e a obra de Jesus podemos obter essas maravilhosas bênçãos que estão presentes na vida de comunhão com Ele. Você vive assim? É esse Jesus que você conhece? É nesse Jesus que você crê?

Jesus precisa ser o Governante de sua vida, que Ele governe você com Seu poder Maravilhoso, que você seja dirigido (a) por este Conselheiro Maravilhoso. Que suas lutas e dificuldades sejam vencidas sempre por Ele que é o Deus Forte, todo-poderoso, que venceu todos os inimigos e venceu triunfante deles na Cruz e em Sua ressurreição venceu todo poder, inclusive a própria morte. Que você possa desfrutar sempre dos cuidados do Eterno Pai Celestial, que provê tudo que Seus filhos necessitam e os protege de todo mal. Que a sua vida e seu lar sejam plenos da paz verdadeira que somente o Príncipe da Paz pode lhe conceder.

Esse é o nosso desejo sincero. Ore e entregue a direção de sua vida a este Governante eterno e bondoso que é o nosso Senhor Jesus Cristo.

Material de apoio: BEG – Bíblia de Estudo de Genebra.

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
Culto de Louvor, noite de 04/01/15
IPB de Brasilândia, São Paulo / SP.

SDG – A DEUS TODA GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT