O EVANGELHO É ESPERANÇA


Esperei confiantemente pelo SENHOR; Ele Se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro. Tirou-me de um poço de perdição, de um tremedal de lama; colocou-me os pés sobre uma Rocha e me firmou os passos. E me pôs nos lábios um novo cântico, um hino de louvor ao nosso Deus; muitos verão essas coisas, temerão e confiarão no SENHOR.” Salmos 40:1-3.

INTRODUÇÃO

O Evangelho é esperança! É nessa dimensão que vivemos, esse é o estilo de vida que precisamos desenvolver. Não vamos confundir isso com o “evangelho pragmático” de nossos dias. Trata-se de disciplinarmos nossa mente, coração, emoções, pensamentos e atitudes, ações e reações, honrando a soberania de Deus.

Deus sempre nos fortalece, Ele jamais nos desampara! O cristão necessita aprender a confiar em Deus nas horas difíceis da vida. Temos uma fé teocêntrica = Deus no centro de tudo. Assim, quem considera e crê no poder de Deus precisa aprender a viver uma vida de esperança, pois Ele transmite paz e confiança ao Seu povo.

EXPLICAÇÃO

Esse é um Salmo de louvor (vs.1-10) e petição por livramento (vs.11-17). Davi louva a Deus por livramentos passados (vs.1-4) e se oferece em dedicação a Deus (vs.5-10). Depois Davi apresenta um novo problema ao Senhor: as suas iniquidades (vs.11-12), solicitando novamente o livramento de seus inimigos (vs.13-17). As palavras que expressam a dedicação de Davi (vs.6-8) transcendem a sua experiência e se aplicam ao Senhor Jesus, que veio para ser o Sacrifício perfeito e obediente, que pôs fim aos demais sacrifícios (Hb 10:5-7). (BEG). Portanto, o Salmo 40 é também um Salmo messiânico.

ARGUMENTAÇÃO

O Salmo 40 é uma referência bíblica acerca das horas de angústia. É um Salmo de Davi, o homem segundo o coração de Deus. Não sabemos com precisão as circunstâncias em que o Salmo foi escrito, mas sabemos que Davi conhecia bem a angústia, a dor, a depressão e o medo. Segundo a Bíblia de Genebra “talvez o salmista estivesse enfermo e ameaçado de morte, ou então (...) ele pode ter sentido a ameaça de morte em batalha”. Dentre tantas situações difíceis pelas quais Davi passou, sabemos que ele foi perseguido pelo rei Saul, que queria mata-lo por inveja (1 Samuel). Saul invejava a bênção de Deus na vida de Davi e colocou um exército inteiro a sua procura. Davi viveu momentos difíceis fugindo desse maníaco, tentando de todos os modos salva a sua vida. Davi passou a se esconder nos campos, matas, vales, montanhas, cavernas e antros da terra. Não é difícil imaginar os sofrimentos que esse homem de Deus aprendeu a enfrentar.
 
Ele foi um vencedor, mas também um homem sofrido e amargurado, que poderia ter entregado os pontos, duvidado do amor e do poder de Deus e se revoltado, como muitos fazem nas horas difíceis. No entanto, as suas palavras nos ensinam como suportar e vencer esses momentos. Graças a Deus, Davi aprendeu a esperar, e essa é a sua lição de vida.

1 – APRENDENDO A ESPERAR

Primeiramente precisamos aprender a esperar. Essa é uma das lições básicas da vida de fé, mas é também uma das mais difíceis de se aprender. É difícil esperar porque é próprio do ser humano desejar respostas rápidas para tudo que necessitamos. Queremos tudo a “toque de caixa”, rápido, imediato! Mas quando não depende de nós, e sim de Deus, precisamos aprender a esperar, pois Ele é Quem dita as regras. Interessante que nem sempre temos pressa quando tudo depende de nós. Por exemplo, é mais fácil protelar uma mudança de caráter do que ter pressa em se tratar e crescer. É mais fácil deixar de ir à Igreja do que levantar cedo para a EBD. E assim por diante, e fato que temos muito maior facilidade em exigir do que esperar. Aprendamos a esperar a resposta de Deus, o tempo de Deus, o agir de Deus. Do contrário seremos levados a tomar atitudes precipitadas e a nos DES-esperar. Como já foi dito, aprender a esperar é tão importante quanto difícil, mas os que são adestrados pelo Senhor aprender a esperar.

2 – ESPERAR CONFIANTEMENTE

É necessário um controle das emoções, pensamentos e palavras através do fator FÉ. A fé gera esperança dentro de nós, nossas emoções começam a ser controladas, e nossa alma começa a sossegar nos braços daquEle que tudo pode. Um pouco mais adiante, no Salmo 42:5,11 (Salmo didático dos filhos de Corá) nossa alma também é exortada a esperar. Esperemos, pois ainda que não entendamos todas as situações, sabemos que o melhor de Deus ainda está por vir. Ele tem todo poder, nos ama, é misericordioso, e está do nosso lado, pronto a nos socorrer.
 
Davi aprendeu que quem espera em Deus não espera de qualquer jeito; é necessário esperar confiantemente. Isso é sinal de que cremos nEle, não duvidamos de Seu poder, justiça e amor. Deus é santo, justo e bom! A Sua misericórdia dura para sempre, e de geração em geração a Sua equidade (Michaelis: 1 Justiça natural. 2 Disposição para reconhecer imparcialmente o direito de cada qual. 3 Igualdade, justiça, retidão). Esperar confiantemente quando tudo está bem é fácil, mas Davi esperou fugindo, sendo caçado, jurado de morte, e tudo isso injustamente. A Palavra de Deus manda que nos preparemos para o “dia mal” nos revestindo de TODA a armadura de Deus, lembrando que a nossa luta não é contra sangue e carne, mas contra forças espirituais do mal (Efésios 6).

3 – ESPERAR CONFIANTEMENTE PELO SENHOR

Nossa confiança está no Deus soberano que pode todas as coisas, e em Seu Filho Unigênito, Jesus Cristo, que destruiu as obras do diabo triunfando na Cruz (Cl 2:15). Deus É fiel e não permitirá que sejamos provados além das nossas forças (1 Co 1:9; 10:13), Ele nos guarda, protege, e sempre vem em nosso socorro. Jamais falha em Suas promessas, Sua justiça e santidade são plenas, nEle podemos confiar, nEle DEVEMOS confiar. Ainda que passemos pelo vale sombrio e tenebroso (Sl 23:4), ainda que sejamos atribulados, perseguidos, caluniados, zombados, desprezados (Mt 5:10-12), torturados e mortos (Dn 3:16-18; Ap 2:10), ainda assim cremos que o Senhor não nos desampara, e que o Seu vai além das circunstâncias. É um erro gravíssimo pensar que Deus cuida somente nas horas boas. A diabólica teologia da prosperidade tem levado milhões de pessoas a pensarem que Deus não permitirá o mal, a dor, e as lágrimas. Mas os que conhecem, creem e amam as Escrituras, sabem que não é assim. Deus pode SIM permitir-nos sofrer e sermos provados; ainda assim Ele É e sempre será o Eterno Deus de amor, bondade, justiça e misericórdia! Os motivos pelos quais Ele o fará, se assim quiser, pertencem somente a Ele, mas já aprendemos aqui que é nos ensinar O VALOR DA ESPERANÇA, e só conhece a esperança aqueles que sabem esperar. Não nos cabe questionar, e os que duvidam e julgam as ações de Deus, certamente estão equivocados em seu entendimento. “Errais não conhecendo as Escrituras” disse Jesus (Mt 22:29). Esperamos no Senhor porque cremos que Ele pode nos livrar de todo mal, e ainda que isso leve um tempo Ele certamente o fará, do Seu modo e no Seu tempo.

Na sequência do texto sagrado...

1 – DEUS SE INCLINA PARA NÓS
É maravilhoso saber que o Senhor não nos ignora, mas olha para nós. Muitas vezes somos tentados a pensar que o Senhor não olha para nós, especialmente quando passamos pelo vale, mas Ele se inclina em Seu trono e olha para nós.
2 – DEUS OUVE QUANDO CLAMAMOS POR SOCORRO
O Senhor nos ouve quando clamamos, e jamais deixa de nos responder. Nós é que muitas vezes não gostamos do modo como Ele nos responde.
3 – DEUS NOS TIRA DO POÇO DE PERDIÇÃO
O Senhor jamais nos abandona em situações de desespero, sem saída, pelo contrário, Ele É a saída. Jamais poderemos dizer que o Senhor não nos ajudou.
4 – DEUS COLOCAR NOSSOS PÉS SOBRE A ROCHA – CRISTO
O Senhor firma nossos pés em Cristo, Ele É a Rocha (1 Pedro 2:4-6).
5 – DEUS FIRMA NOSSOS PASSOS
O Senhor quer que sejamos firmes, e Ele mesmo nos capacita firmando-nos.

CONCLUSÃO

Em nossos momentos de angústia, busquemos o refúgio que vem de Deus. Nada se compara a Ele! Passar por lutas todos passaremos, a diferença é COMO passaremos. Os resultados serão visíveis. Enfrentemos com confiança, esperemos confiantemente no Senhor. Que Deus te abençoe!
 
"Espera pelo SENHOR, tem bom ânimo, e fortifique-se o teu coração; espera, pois, pelo SENHOR." Salmos 27:14.

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB IV Centenário, São Paulo / SP
Culto de Louvor 14/09/14.

Material de apoio:
BEG – Bíblia de Estudo de Genebra.

SDG – A DEUS TODA GLORIA!!!

Comentários

  1. Deus abençoe a todos que participam direta ou indiretamente desse ministério "Levar as Boas Novas de Salvação." Para mim tem sido uma benção. Acredito que também para tantos outros que desejam serem alcançados por Deus e viverem de maneira que glorifiquem o nome de Deus. Abraço, diácono Ronildo - IPB

    ResponderExcluir

Postar um comentário

FIQUE A VONTADE, DEIXE SEUS COMENTÁRIOS!!!

Obs: comentários serão bem-vindos se forem educados e não usarem termos ofensivos. Podemos discordar, mas vamos procurar manter o nível da educação e do respeito. Obs.: ao comentar identifique-se, pois não publicamos comentários anônimos.

Best regards in Christ, God bless you!!!

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT