SAIA DA TENDA, E VIVA PROMESSAS!


GÊNESIS 15:1-6
15.1   Depois destes acontecimentos, veio a palavra do SENHOR a Abrão, numa visão, e disse: Não temas, Abrão, Eu Sou o Teu escudo, e Teu galardão será sobremodo grande. 15.2   Respondeu Abrão: SENHOR Deus, que me haverás de dar, se continuo sem filhos e o herdeiro da minha casa é o damasceno Eliézer? 15.3   Disse mais Abrão: A mim não me concedeste descendência, e um servo nascido na minha casa será o meu herdeiro. 15.4   A isto respondeu logo o SENHOR, dizendo: Não será esse o teu herdeiro; mas aquele que será gerado de ti será o teu herdeiro. 15.5   Então, conduziu-o até fora e disse: Olha para os céus e conta as estrelas, se é que o podes. E lhe disse: Será assim a tua posteridade. 15.6   Ele creu no SENHOR, e isso lhe foi imputado para justiça.


A expressão “SENHOR Deus” (vs.2) em hebraico “Adonai Yahweh”. Adonai significa “Mestre, Senhor soberano”, equivalente ao grego “kurios”. Yahweh (YHWH) o mais significativo nome de Deus no AT, tem um sentido duplo: o Ser ativo e auto existente de Deus, pois a palavra é relacionada ao verbo “ser” (Ex 3:14), e o Redentor de Israel (Ex 6:6). Ocorre 6.823 vezes e é associado à santidade de Deus (Lv 11:44-45), ao Seu ódio contra o pecado (Gn 6:3-7), e à sua bondosa provisão de redenção (Is 53:1,5,6,10). (ABA).

UMA PROMESSA DE DEUS
A vida de Abrão mudou a partir do momento que Deus lhe fez a promessa de uma grande descendência através de um herdeiro. Mas essa promessa parecia demorada, e Abrão entrou em uma crise. Será que Deus cumpriria a Sua promessa?

O HERDEIRO ESCRAVO
Havia a possibilidade de um escravo tornar-se herdeiro, e Abrão chegou a pensar que isso aconteceria com ele. Mas Deus lhe disse que não seria assim.

Essa prática de um casal sem filhos adotar um escravo como herdeiro é confirmada em textos de Nuzi (1.500 aC), uma coleção de mais de 4.000 tábuas de argila encontrados perto de Kirkuk, no Iraque.

NOSSA LUTA CONTRA O MEDO
O medo é o grande inimigo da fé, Abrão sentiu medo (vs.1). É isso que acontece conosco quando as coisas não acontecem do jeito e no tempo que queremos ou esperamos. Mas Deus conhecia a estrutura de Seu servo e foi ao seu encontro para dizer-lhe: “Não temas!”

Era necessário que Abraão saísse daquela tenda do medo para viver as promessas de Deus


A TENDA DO MEDO
Abrão estava dentro de sua tenda, pensando nessas coisas, a promessa que não veio, a demora em Deus responder suas orações, a demora... Quantas vezes nós também estamos dentro da tenda da insegurança, do medo, da dúvida... Será que Deus vai me ajudar? Será que Ele ouviu a minha prece? Por que Ele demora tanto em me responder? Abraão estava se sentindo assim; note as suas palavras nos vs.2-3:

15.2   Respondeu Abrão: SENHOR Deus, que me haverás de dar, se continuo sem filhos e o herdeiro da minha casa é o damasceno Eliézer? 15.3   Disse mais Abrão: A mim não me concedeste descendência, e um servo nascido na minha casa será o meu herdeiro.

Deus conhece a fraqueza e o sofrimento de Seu servo, por isso que foi ao seu encontro, e falou com ele dizendo... NÃO TEMAS!!!

1 – NÃO TEMAS, EU SOU SEU ESCUDO (vs.1)


Escudo é proteção e segurança. Abraão não precisava ter medo porque o Senhor declarara ser seu protetor. Ele não precisava temer os inimigos, os infortúnios, as decepções, nada... Por isso o galardão de Abraão seria grande. Galardão: prêmio, recompensa.

O que podemos temer, se temos Deus como nosso escudo e protetor? Ele É! Não duvide, não desanime, mas creia! Ele É o nosso galardão, nosso prêmio e recompensa. Por isso que o salmista declara que é preferível estar às portas da Casa de Deus, do que permanecer nas tendas da perversidade (Sl 84:10).

2 – NÃO TEMAS, EU SOU O DEUS DOS IMPOSSÍVEIS (vs.4)


A promessa de que ele teria um filho parecia impossível. Sara e Abraão ficavam cada vez mais idosos, sem a possibilidade de terem um filho. Sara não engravidava, o tempo ia passando, e a promessa que Deus lhe fizera parecia tão distante. Então o Senhor confirma o que já havia prometido anteriormente no vs.4, quando disse que dele, Abraão, seria gerado um herdeiro.

Existem cercas coisas que somente um milagre de Deus pode realizar em nossas vidas. E Ele diz para mim e para você: “Não temas!” Ele É o Deus dos impossíveis! Creia nisso! Busque o favor dEle! Clame por seu milagre, a conversão de seus queridos, a transformação, a cura, a libertação! E quando for orar declare para si mesmo: nada é impossível para Deus!

3 – NÃO TEMAS, EU CUMPRO MINHAS PROMESSAS (vs.5)


A promessa que Deus lhe fizera era de que ele seria pai de uma grande nação, que sua descendência seria grandemente numerosa. Não se tratava apenas de algo que Abraão queria, mas era uma promessa do Senhor, e o Senhor sempre cumpre as Suas promessas, Ele É o Deus fiel à Sua Palavra! E o Senhor mandou que ele saísse da tenda, e contasse as estrelas, se é que pudesse... Assim como as estrelas são numerosas, assim seria a sua descendência.

Deus fez inúmeras promessas para nós. O medo nos afasta de uma vida nas promessas de Deus. É preciso conhecer e viver as promessas de Deus.

O que nos afasta das promessas: o desconhecimento, a dúvida e o pecado. Cristo nos dá a vitória sobre todos os nossos inimigos para que vivamos essas promessas. Não viva menos que isso, busque viver nas promessas de Deus, porque Ele É poderoso e fiel para cumprir cada uma delas. E no Seu tempo, dentro de Seus propósitos, Ele as cumprirá!

CONCLUSÃO

Abraão estava aprendendo a conhecer Quem Deus É, ele estava aprendendo a não temer e confiar. Tanto que o texto termina dizendo que Abrão creu, e isso lhe foi imputado para justiça (vs.6).

Esse verso é a mais antiga referência da justificação pela fé, e não pelas obras (Gl 3:6-14). Abraão creu na promessa do nascimento de um herdeiro (Rm 4:17-22; Hb 11:11-12), e Deus imputou isso como justiça a Abraão, satisfazendo o mandado da Sua aliança. A justificação de Abraão pela fé é um modelo para a nossa fé na ressurreição de Jesus Cristo, o sacrifício de Deus pelo pecado, e o ato de Deus em nos imputar justiça pela fé (Rm 4:22-25). (BEG).

Deus não quer que fiquemos nas tendas do medo, incredulidade, incerteza e da dúvida. Não percamos de vista, não nos esqueçamos das maravilhas que Deus fez, e das promessas que Ele nos fez. Deus é valente, vencedor, soberano, todo-poderoso e cheio de bondade e misericórdia. Ele falou com Abrão, e Ele fala conosco: não temas!

Qual é a sua tenda! Medo? Ansiedade? Incredulidade? Insegurança? Saia de sua tenda e contemple as estrelas do céu, veja as maravilhas de Deus e quantas promessas Ele fez para você... Saia da tenda e viva promessas!

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti, S.C.Sul / SP
Culto de Louvor 22/06/14.

SDG – A DEUS TODA GLÓRIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

JOSIAS, UM REFORMADOR EM SEU TEMPO