REV. JOSÉ DILSON E MIS. ZENEIDE ESTÃO LIVRES!!!

Mis. Zeneide, Rev. José Dilson e sua esposa, Mis. Marli

ALELUIA, LOUVADO SEJA O NOME DO SENHOR!!!

A APMT - Agência Presbiteriana de Missões Transculturais, órgão oficial da Igreja Presbiteriana do Brasil, informa a todas as pessoas, irmãos e amigos, do Brasil e do exterior, que têm acompanhado os trâmites do processo judicial que envolve o Rev. José Dílson Alves da Silva (Missionário da APMT, esposo da Missionária Marli), e a Missionária Zeneide Novais Moreira (Missão Servos), processo esse que transcorre há mais de um ano, que no dia 17/06/2014, às 10h50 (horário do Senegal), foi publicado o pronunciamento do Juiz da corte senegalesa, declarando que ambos ESTÃO LIVRES!

Resumo do desfecho do processo: 

1. José Dílson Alves da Silva 

1.1 Da Acusação de “Alojamento de menores sem autorização dos pais”, ele foi declarado culpado, mas a sentença foi de apenas uma advertência. Ele ficará em "observação" por um período de 2 meses e caso cometa esse mesmo "crime", novamente, poderá pegar até 5 anos de prisão.

1.2 Da Acusação de “Associação com malfeitores”, ele foi declarado inocente.

1.3 Ele poderá ficar ou sair do país quando quiser e pelo tempo que quiser, desde que observe e cumpra os parâmetros do visto.

2. Mis. Zeneide Novais Moreira 

2.1 Foi inocentada de todas as acusações. Poderá pegar o passaporte, e sair ou ficar no país o tempo que quiser, dentro dos parâmetros do visto.

A APMT agradece a todos pelo acompanhamento, intercessão, palavras de encorajamento e, especialmente, à Equipe da APMT / Senegal que não mediu nenhum esforço para que tudo transcorresse absolutamente dentro da ética cristã, dentro da lei senegalesa, e visando o bem estar dos irmãos envolvidos e de seus familiares.

A Deus toda glória, honra e louvor, pelos séculos dos séculos, amém!


Mis. Marli e Rev. José Dilson

Extraído do site da APMT.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT