EDIFICADOS EM CRISTO


COLOSSENSES 2:6-7

“6 Ora, como recebestes a Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nEle,
7 NEle radicados (arraigados) e edificados, e confirmados na fé, tal como fostes instruídos, crescendo em ação de graça.” Colossenses 2:6-7.


INTRODUÇÃO

Esta é a segunda mensagem da série de sermões intitulada O ANDAR DOS ESCOLHIDOS. Na primeira mensagem (http://somenteDeusgloria.blogspot.com/2009/06/o-andar-do-cristao-parte-1.html) vimos que o verbo “ANDAR / CAMINHAR” e o substantivo “CAMINHO” são fortes figuras usadas na Bíblia para expressar a vida de uma pessoa e a obra de Deus. Jesus disse “Eu sou o caminho...” João 14:6; em Atos os crentes eram chamados de “os do CAMINHO” Atos 24:14,22; e Paulo diz em Ef 5:15 “vede prudentemente como andais...”, e assim por diante existem diversas lições na Palavra de Deus através dessa figura de linguagem. Vimos também o sentido o termo “radicados” que é o mesmo que “arraigados”, e o seu rico significado para a vida cristã.

Hoje, dando prosseguimento estaremos analisando o termo “EDIFICADOS”, lembrando que esse é o modo como a igreja de Cristo deve andar: EDIFICADOS ESPIRITUALMENTE EM CRISTO.

Inicio fazendo uma pergunta extremamente pessoal: você está sendo edificado em Cristo?

EXPLICAÇÃO 


O verbo aqui usado por Paulo, “edificado”, significa: 1 - Construído, erguido. 2 - Induzido à virtude. Podemos entender que o desejo do Senhor é que nos instruindo (induzindo) à verdade e à instrução da Palavra de Deus, esteja à semelhança de uma casa, nos edificando (construindo, erguendo). Essa é a conhecida figura da construção, onde somos comparados a um edifício que Deus está construindo. O apóstolo Paulo usou essa figura diversas vezes: Rm 14:19; 15:2; 1 Co 3:9; 14:5,12,17,26; 2 Co 5:1; 10:8; 12:19; 13:10; Ef 2:20-22; 4:12,16,29. E no NT também encontramos várias ocorrências desta figura da construção / edificação, relacionado ao crescimento cristão: Hb 11:10; 1 Pe 2:5. Mas iremos nos deter mais em uma parábola ensinada pelo Senhor Jesus em Mt 7:24-27 onde que Ele usou essa mesma figura:

24 Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha;
25 e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha.
26 E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia;
27 e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína.

ARGUMENTAÇÃO 


Uma vez que devemos andar / viver EDIFICADOS em Cristo, o que aprendemos na parábola ensinada por Jesus acerca da edificação da fé?

1 – A EDIFICAÇÃO ESPIRITUAL COMEÇA OUVINDO A PALAVRA DE DEUS  


Fica muito claro na leitura, que primeiramente se ouve a palavra do Senhor. Se desejamos ser edificados no Senhor precisamos ter tempo para a Palavra. Uma base que deve ser mantida a qualquer custo é a freqüência ao trabalhos da igreja: EBD, Culto Vespertino, Reuniões Familiares, Estudos Bíblicos e Reuniões de Oração na Igreja. Mas ainda é pouco para aqueles que muito desejam ser edificados, eles precisam buscar mais através da leitura e estudo da Bíblia em seus lares.
 

Reforçando esse ensinamento encontramos em Rm 10:17 a importância do ouvir:
“E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo.”

Em Provérbios 2:1-7 aprendemos que ao lermos a Bíblia, o Senhor fala conosco nos transmitindo sabedoria e conhecimento, elementos essenciais à nossa edificação.

1 Filho meu, se aceitares as minhas palavras e esconderes contigo os meus mandamentos,
2 para fazeres atento à sabedoria o teu ouvido e para inclinares o coração ao entendimento,
3 e, se clamares por inteligência, e por entendimento alçares a voz,
4 se buscares a sabedoria como a prata e como a tesouros escondidos a procurares,
5 então, entenderás o temor do SENHOR e acharás o conhecimento de Deus.
6 Porque o SENHOR dá a sabedoria, e da sua boca vem a inteligência e o entendimento.
7 Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos; é escudo para os que caminham na sinceridade,
8 guarda as veredas do juízo e conserva o caminho dos seus santos.
9 Então, entenderás justiça, juízo e eqüidade, todas as boas veredas.
10 Porquanto a sabedoria entrará no teu coração, e o conhecimento será agradável à tua alma.

2 – A EDIFICAÇÃO ESPIRITUAL SE DÁ NA PRÁTICA DA PALAVRA DE DEUS


Na leitura do texto de Mateus 7 notamos que nos dois casos a Palavra de Deus foi ouvida, o diferencial é que aquele que fora edificado praticou o que aprendeu, ao contrário do outro que não praticou.

Mas não basta ouvir, e ler a Bíblia, para que haja real edificação espiritual, se faz necessária a prática da Palavra de Deus. E esse é o ponto em que muitos tropeçam e caem, pois a primeira parte é relativamente fácil comparada a esta segunda instrução de Deus. Ele exige que pratiquemos em nossas vidas aquilo que aprendemos. A teoria precisa vir à prática. Vejamos o que diz Tiago 1:19-27.

19 Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.
20 Porque a ira do homem não produz a justiça de Deus.
121 Portanto, despojando-vos de toda impureza e acúmulo de maldade, acolhei, com mansidão, a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para salvar a vossa alma.
22 Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.
23 Porque, se alguém é ouvinte da palavra e não praticante, assemelha-se ao homem que contempla, num espelho, o seu rosto natural;
24 pois a si mesmo se contempla, e se retira, e para logo se esquece de como era a sua aparência.
25 Mas aquele que considera, atentamente, na lei perfeita, lei da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte negligente, mas operoso praticante, esse será bem-aventurado no que realizar.
26 Se alguém supõe ser religioso, deixando de refrear a língua, antes, enganando o próprio coração, a sua religião é vã.
27 A religião pura e sem mácula, para com o nosso Deus e Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e a si mesmo guardar-se incontaminado do mundo.

É necessário praticar aquilo que o Senhor nos manda em Sua Palavra, em sinal de obediência a Ele, pois é a obediência que nos distingue dos filhos das trevas.

Efésios 2.2 nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência;
Efésios 5.6 Ninguém vos engane com palavras vãs; porque, por essas coisas, vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.
Colossences 3.5 Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno e a avareza, que é idolatria;
3.6 por estas coisas é que vem a ira de Deus [sobre os filhos da desobediência].

É necessário compreender que ao ouvir e conhecer a Palavra de Deus nos tornamos responsáveis por Sua prática, agora somos conhecedores da vontade de Deus, portanto mais culpados do que aqueles que não conhecem a mesma. É necessário o exercício da vontade, não é nada emocional, é prático, racional, fruto da fé.

3 – A EDIFICAÇÃO ESPIRITUAL EXIGE ESFORÇO

No texto lido notamos que o homem que ouve e não pratica a palavra de Deus é comparável à pessoa que busca uma vida fácil, sem regras, normas ou limites, em síntese, uma vida sem compromisso com Deus; essa é a casa edificada sobre a areia.

Já o homem que ouve e pratica a Palavra de Deus, é comparável a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha. Imaginamos que a construção de uma casa exige (e exigia muito mais) esforço. Pois pensemos agora nessa casa sendo edificada sobre uma alta rocha. Havia toda uma dificuldade para SUBIR naquela rocha, e para perfurá-la e fazer nela o fundamento necessário.

3.1 - Subir na rocha – essa é uma figura bíblica da vida de oração:
- foi no Monte que Deus deu a Moisés as tábuas da lei, os 10 mandamento;
- foi no monte também que Elias buscou a presença de Deus numa crise;
- Jesus subiu ao monte para orar muitas vezes.
Não significa que precisamos subir montes para orar, no NT o Senhor não nos manda subir a nenhum monte, mas manda-nos entrar em nosso quarto e orarmos em secreto (Mt 6:6), e disse que a sua casa é a Casa de Oração (Mt 21:13).

A vida de oração é necessária pra que consigamos edificação espiritual.

3.2 – Construir sobre a rocha – essa é a figura do esforço. Engana-se quem pensa que ser crente é fácil. Se por um lado ser crente é fácil porque Cristo já conquistou a nossa salvação, por outro lado, quem não se esforça não entrará no Céu; a Bíblia nos diz que precisamos nos esforçar para conseguirmos ir para o Céu.
“Desde os dias de João Batista até agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele.” Mateus 11:12.

3.3 – Jesus é a Rocha – toda essa ilustração é muito rica pois a casa representa a nossa vida, e a rocha é Jesus. Vejamos o que diz 1 Pe 2:6-10.

6 Pois isso está na Escritura: Eis que ponho em Sião uma pedra angular, eleita e preciosa; e quem nela crer não será, de modo algum, envergonhado.
7 Para vós outros, portanto, os que credes, é a preciosidade; mas, para os descrentes, A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular
8 e: Pedra de tropeço e rocha de ofensa. São estes os que tropeçam na palavra, sendo desobedientes, para o que também foram postos.
9 Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;
10 vós, sim, que, antes, não éreis povo, mas, agora, sois povo de Deus, que não tínheis alcançado misericórdia, mas, agora, alcançastes misericórdia.

Construir a casa sobre a rocha é viver a vida sobre os mandamentos, regras, princípios e normas estabelecidos por Deus em Sua Palavra, a Bíblia.

4 – A EDIFICAÇÃO ESPIRITUAL NOS DÁ SEGURANÇA

Na parábola contada por Jesus, os dois projetos de vida foram provados, passaram por crises, lutas e dificuldades. A grande diferença entre os dois projetos de vida, é que:
- a casa edificada sobre a rocha resistiu à tempestade, aos ventos, aos rios que transbordaram e não caiu, porque fora edificada sobre a rocha.
- a casa edificada sobre a areia representa o projeto de vida fácil, sem compromisso com Deus, e é caracterizada pela insegurança.

Simbolicamente o Senhor Jesus está referindo-se aqui às dificuldades da vida, tentações, problemas, sofrimentos e pressões a que todos nós passamos. Em última análise Ele refere-se à própria morte, momento em que todos os seres humanos passarão pela prova final de suas vidas.

CONCLUSÃO

Aquela casa que fora edificada sobre a areia não resistiu e desabou. O alerta do Senhor é no sentido de que estejamos nos preparando para o enfrentamento das adversidades da vida através da edificação sobre a Sua Palavra.

Edificar a vida sobre a rocha significa viver de acordo com a Palavra de Deus, ter uma vida regida pelos princípios estabelecidos pelo Senhor. Isso é ANDAR (viver) EDIFICADOS NELE (em Cristo).
Concluimos que apesar de quaisquer dificuldades, ser edificado em Cristo:
- é a VONTADE DE DEUS;
- é uma DÁDIVA DE DEUS;
- é POSSÍVEL a todo aquele que crê;
- VALE A PENA qualquer esforço que façamos para obter.

Que seja este o seu projeto de vida, seu sonho, ideal e realidade.

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
Retiro Espiritual 02/03/14 - “NÃO SOU DO MUNDO, SOU DE CRISTO”
IPB de Vila Gerti, S.C.Sul / SP.


SDG - A DEUS TODA GLÓRIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT