ARRAIGADOS EM CRISTO

COLOSSENSES 2:6-7
 

6 Ora, como recebestes a Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nEle,
7 nEle radicados e edificados, e confirmados na fé, tal como fostes instruídos, crescendo em ação de graça.


INTRODUÇÃO


O verbo “ANDAR / CAMINHAR” e o substantivo “CAMINHO” são fortes figuras usadas na Bíblia para expressar a vida de uma pessoa. Jesus disse “Eu sou o caminho...” João 14:6; em Atos a igreja era chamada de “o CAMINHO” Atos 24:14,22; e Paulo diz “vede prudentemente como andais...” Efésios 5:15, e assim por diante existem diversas lições na Palavra de Deus através dessa figura de linguagem. Em síntese, andar é viver. A pergunta que se faz é: como temos andado? Exemplos: criança / adulto, deficiente físico / saudável, bêbado / sóbrio, soldado / pacificador.

EXPLICAÇÃO 


O Apóstolo Paulo escreveu essa carta aos Colossenses com objetivo de combater alguns erros que havia na igreja de Colossos: costumes judaizantes (2:11-16); adoração de anjos (2:18). Tais crenças tinham a influência dos judeus e dos gregos e afetava a vida da igreja Paulo enfatiza a pessoa e a obra de Cristo, Senhor da criação e cabeça da igreja, e a união do crente com Ele.

ARGUMENTAÇÃO
 

“... assim andai nEle” - como devemos andar?

1 – Radicados, arraigados
2 – Edificados, fundamentados
3 – Confirmados na fé como fostes instruídos / ensinados
4 – Crescendo em ação de graças

1 – RADICADOS, ARRAIGADOS 


Precisamos estar enraizados em Cristo, esta figura representa o tipo de comunhão que temos com Ele. O que isso significa? Toda planta tem raízes, e sem elas não é possível que as plantas sobrevivam, pois são as raízes que captam a água do solo. Sem raiz não há comunhão com Cristo, não há vida espiritual, mas o crente verdadeiro mantém suas raízes, uma vida de comunhão com Cristo.

Existem diversos tipos de raízes, elas sempre estão escondidas debaixo da terra, onde não se vê; assim também a nossa vida espiritual está escondida em um lugar que somente Deus pode ver.

Deus é que sabe quem são os Seus verdadeiros servos, e por isso que quando indagado sobre o joio que havia sido semeado no meio do trigo, em Mt 13:30 na parábola do joio e do trigo, a resposta foi:

“Deixai-os crescer juntos até à colheita, e, no tempo da colheita, direi aos ceifeiros: ajuntai primeiro o joio, atai-o em feixes para ser queimado; mas o trigo, recolhei-o no meu celeiro."

Somente o Senhor conhece a essência de cada um de nós. Somente Ele sabe quem de fato tem comunhão com Ele. É necessário ressaltar que estar arraigado no Senhor é manter uma vida de comunhão através de nossa obediência à Sua Palavra revelada, a Bíblia Sagrada. Dizermos que temos comunhão e não obedecermos seria como mentir para nós mesmos.

Conforme Mateus 13:5,6,20,21 o Senhor Jesus nos ensina que assim como há plantas com pouca raiz, que não permanecem por muito tempo com vida se ficarem expostas ao sol, na vida cristã também, aqueles que não tem raiz podem até sentirem-se bem com a pregação do Evangelho, mas quando vierem as provações (angústias e perseguições) por causa da Palavra logo se escandalizam – vs. 20,21. Sem raiz não é possível permanecer vivo nesse mundo seco e árido, sem Deus. Somente nossa comunhão com o Senhor pode nos preservar a vida espiritual. Como isso acontece? Qual é o processo?

A resposta está em Jr 17:8.
“Porque ele é como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e, no ano de sequidão, não se perturba, nem deixa de dar fruto.”

Notemos que no secreto do chão, abaixo das vistas, onde ninguém vê, aquela árvore está estendendo suas raízes para o ribeiro. Assim é aquele que mantém firme a sua comunhão com Cristo, no lugar secreto de seu coração ele busca sempre a vida que vem do Senhor, e por isso não teme a sequidão do deserto, Ele sobrevive à sequidão, não se perturba, não deixa de dar fruto.

Mas o que poderia impedir essa árvore de alcançar o ribeiro com suas raízes? Meditando nisso, pensei em dois obstáculos: a distância e obstáculos. Por isso que a árvore deve estar plantada JUNTO às águas. Onde você está? Perto, junto de Cristo? Existe algum obstáculo entre você e Cristo? Retire quaisquer que sejam as barreiras, ou obstáculos para que possa alcançar a comunhão com Jesus e vida que Ele dá.

Conforme Salmo 1:3 o justo é como a árvore plantada junto às águas. A similaridade deste texto com o texto de Jeremias é impressionante. Como vencer a sequidão do mundo, dos problemas, das dificuldades? Permanecendo junto ao Senhor, mantendo firmes as raízes.
“Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido.” Salmo 1:3.

Qual é o resultado dessa comunhão viva com Cristo?

1.1 - “cuja folhagem não murcha”, a vida e alegria estão sempre presentes, diferentemente de uma árvore seca o justo sempre tem folhagem, e essa folhagem não está murcha.

1.2 - “no devido tempo dá o seu fruto”, o crente que tem raízes produz o seu fruto de vida no tempo certo.
“Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.” Gl 5:22,23.

1.3 - “tudo quanto ele faz será bem sucedido”, a benção de Deus se faz presente na vida dessa pessoa. Não significa que não haverá problemas, mas mesmo em meio a quaisquer provação ele será abençoado, bem sucedido. Isso acontece não como um prêmio, pois obedecer e manter comunhão com o Senhor é dever (e prazer) nosso, mas ocorre como conseqüência da nossa obediência ao Senhor e aos Seus mandamentos.

CONCLUSÃO 


Vimos hoje a importância de mantermos uma comunhão viva com Cristo, comunhão essa que é secreta, mas que se manifesta. A árvore plantada junto ao ribeiro de águas produz fruto no tempo certo, mesmo que falte a chuva, pois recebe o frescor e a vida do ribeiro junto ao qual está plantada. Que assim também, que a sua comunhão com o Cristo seja sempre abundante e lhe traga vida e renovação, mesmo em meio ao deserto.

Seja qual for a sua realidade de vida, acredite que o Senhor pode fazer tudo novo na sua vida, busque-O. Retire todos os empecilhos, as pedras, o lixo, as barreiras, o pecado, tudo que poderia impedi-lo de alcançar essa comunhão viva com Ele, tirando assim de você a vida e o vigor.

Permaneça ao lado deste ribeiro de águas, e estenda as suas raízes até alcance a vida e o vigor que Ele pode te dar.

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
Retiro Espiritual 01/03/14 - “NÃO SOU DO MUNDO, SOU DE CRISTO”
IPB de Vila Gerti, S.C.Sul / SP - Culto de Louvor 02/03/14.

Material de apoio:
ABA - A Bíblia Anotada
BEG - Bíblia de Estudo de Genebra
PEB - Pequena Enciclopédia Bíblica


SDG – A DEUS TODA GLÓRIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT