OUVINDO A VOZ DE DEUS NAS CIRCUNSTÂNCIAS DA VIDA

“Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que
filho há a quem o pai não corrija?” Hebreus 12:7.


Além da Palavra de Deus e da nossa consciência, Deus usa as circunstâncias da vida para falar conosco. Aqui também precisamos estar atentos para reconhecer a voz de Deus. A maioria das pessoas não consegue perceber como Deus fala através das circunstâncias, tanto das boas como das más. Aliás, é normal as pessoas acharem que Deus usa apenas as circunstâncias ruins para falar conosco; talvez pelo fato de que estas sejam as circunstâncias que nos levam a clamar a Ele buscando solução.

Para facilitar a compreensão vamos ver três circunstâncias da vida e entender como Deus nos fala nelas:

1. Circunstâncias que são resultado de nossas próprias decisões. Decidimos gastar mais do que ganhamos, decidimos não estudar para a prova, decidimos dar tempo para a televisão em vez de para a família, decidimos não economizar ou investir para o futuro. Todas essas decisões, e outras como essas, são sementes lançadas na terra da vida que no futuro nos darão seus amargos frutos, ou não nos darão nada justamente no momento que precisarmos. A Bíblia (veja o Livro de Provérbios) diz que devemos buscar a sabedoria para viver bem e tomar boas decisões. Muitas pessoas acham que Deus as castiga ou que o diabo as oprime quando, na verdade, estão apenas colhendo o que elas mesmas semearam.

2. Circunstâncias que Deus provoca para nos corrigir. Jesus nos ensinou que o relacionamento que Deus quer ter conosco é o relacionamento de Pai e filho. Em todos os lugares em que este propósito é mencionado fica claro que Deus quer ter um relacionamento de amor e cuidado paternal para conosco. Ele quer cuidar de nós e nos proteger. Mas Ele deixa claro que devemos obedecer-Lhe e almejar o crescimento e a maturidade em Cristo. Quando nos desviamos do propósito de Deus, Ele muitas vezes faz uso das circunstâncias para nos corrigir. O salmista afirmou 


“Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os Teus estatutos.” Salmos 119:71.

A correção de Deus tem o propósito de nos fazer voltar a Ele e ao Seu caminho. Esse é um ato de amor dEle por nós.

3. Circunstâncias que Deus nos envolve para Sua glória. Existem circunstâncias em nossa vida que não são fruto de nossa semeadura e não são consequência de nosso pecado, mas mesmo assim nós acabamos sofrendo. Muitos cristãos não conseguem aceitar esse fato, mas Deus pode nos colocar em situações onde o único propósito é que a Sua glória seja manifesta através da nossa vida. Em João 9:1-3, os discípulos questionam a Jesus o motivo para uma pessoa ter nascido cega. Em sua limitada compreensão eles pensaram que aquilo só podia ser resultado de pecado. Mas Jesus lhes ensinou que nem tudo na vida se resume a causa e consequência, existe também propósito de Deus. E nesse caso, Jesus afirmou que aquele homem nasceu assim para que o poder de Deus se manifestasse e Ele fosse glorificado. 


Se você estiver passando por algo que, apesar de toda análise, você ainda não encontrou motivo para estar passando, então pare um pouco e ouça a Deus. Será que Ele não está chamando você para um novo nível de dependência, um aprofundamento na comunhão e a uma maior confiança, a fim de que Ele seja exaltado e glorificado como o Deus da sua vida? Será que de fato Ele É? Se a sua resposta for "sim", então glorifique a Deus em todas as circunstâncias da vida.

“Senhor, dá-me sabedoria para viver bem. Ajuda-me a entender a Sua correção. Mas, principalmente, glorifica a Ti mesmo em minha vida.”

Ichtus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

JOSIAS, UM REFORMADOR EM SEU TEMPO