AS BEM-AVENTURANÇAS DO ROMANTISMO

Por: Gilson e Elizabete Bifano
 
Bem-aventurado o casal que não deixa de cultivar o romantismo, mesmo após dizerem “sim” no altar.

Bem-aventurado o casal que reconhece que o romantismo é um combustível de valor para a permanência do casamento.

Bem-aventurado é o marido e a esposa que dizem, todos os dias, um para o outro: “Eu amo você”.

Bem-aventurada é a esposa que sempre procura corresponder aos galanteios de seu marido com ternura e carinho.

Bem-aventurados são os casais que, todos os anos, planejam e comemoram o aniversário de casamento.

Bem-aventurados os maridos que constantemente levam flores para suas esposas.

Bem-aventurados os cônjuges que leem o livro de Cantares de Salomão e agradecem a Deus a celebração e a criação do sexo no leito conjugal, que deve ser sem mácula.

Bem-aventurada é a esposa que sempre procura receber seu marido com um sorriso nos lábios, reafirmando o valor dele para sua vida.

Bem-aventurado é o casal de namorados, que valoriza o romantismo, mas que também vive os princípios bíblicos da sexualidade e se guardam para o casamento.

Bem-aventurado é o casal que planeja e realiza, de quando em quando, um jantar à luz de velas.

Bem-aventurado é o marido que não associa romantismo, necessariamente, à relação sexual.

Bem-aventurados são os cônjuges que, mesmo com o passar dos anos, com a face marcada pelo tempo, veem, um no outro, a mesma beleza dos tempos da juventude.

Colaboração Rev. Antonio Carlos Rezende, IPB de Vila Prudente / SP.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT