BENDIZE, Ó MINHA ALMA, AO SENHOR


Por: Rev. Paulo Sergio da Silva

“1  Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga ao Seu santo nome. 2  Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e não te esqueças de nem um só de Seus benefícios. 3  Ele é quem perdoa todas as tuas iniquidades; quem sara todas as tuas enfermidades; 4  quem da cova redime a tua vida e te coroa de graça e misericórdia; 5  quem farta de bens a tua velhice, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia.” Salmos 103:1-5.

O salmista Davi, inspirado pelo Espírito Santo de Deus, declamou ao Senhor este Salmo que O exalta e engrandece, reconhecendo Seus maravilhosos feitos.

Ele inicia exortando sua própria alma: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor” (vs.1a,2a). Deus está nos exortando a que O bendigamos, que adoremos o Seu santo nome; Ele quer que isso seja feito de todo o nosso coração, com todo o nosso ser (vs.1b). A adoração que agrada a Deus não é superficial, somente exterior, mas é uma adoração verdadeira, que vem da alma, do mais íntimo do coração. Adorar a Deus é bendizê-Lo, é exalta-Lo, é dizer e demonstrar Quem Ele É para você. Adoração verdadeira não é somente de palavras, da boca para fora, mas de atitudes concretas que se manifestam no pensar, no agir e no falar. Enfim é vida!

Quem Deus É para você? Você O conhece? Sabe Quem Ele É? Você crê nEle? É fácil nos esquecermos das bênçãos recebidas e de Seus feitos maravilhosos, sem sequer agradecê-Lo. Mas aqui somos chamados a bendizê-Lo e não esquecermos de nem um só de Seus benefícios (2b). O Salmo prossegue detalhando os feitos maravilhosos que o Senhor fez (e faz) na vida dos os que nEle creem.

Deus perdoa todas as nossas iniquidades (3a). Não há nada que seja confessado em arrependimento sincero que o Senhor não perdoe. Ele tem prazer na misericórdia e jamais lança fora, mas abençoa todos os que O buscam. A Sua ordem é que nos arrependamos, e assim recebemos o Seu perdão.

Deus cura todas as nossas enfermidades (3b). Não há nada que o Senhor não possa resolver, nem doença que Ele não possa curar. Tudo está sob o Seu domínio e o Seu poder é infinito, tanto enfermidades físicas, como também emocionais, psíquicas, espirituais, familiares, conjugais e sociais. É necessário que creiamos nEle de todo o nosso coração, que oremos e clamemos a Ele, pois Ele realiza os Seus intentos conforme a Sua vontade soberana.

Deus transforma a nossa vida com poder (4). Não há situação que Ele não possa mudar. Ele muda completamente a vida dos que nEle creem. Levanta o que está caído e alegra o coração dos aflitos e necessitados. Tira os que estão com seus pés no lamaçal e os coloca sobre uma rocha e lhes firma os passos. Tudo isso Ele faz porque é um Deus de graça e misericórdia.

Deus coroa os jovens e velhos (5). Ele não faz distinção de idades, tantos jovens quanto velhos têm a Sua bênção. Em cada fase da vida, em cada etapa de nossa existência, somos chamados a adorá-Lo e bendizê-Lo por tudo que Ele É, e por tudo que Ele faz. Servir e adorar a Deus, não é coisa só de velho ou de criança, mas de todos que nEle creem e que foram chamados por Sua graça.


"Senhor, eu Te adoro e bendigo por tudo que Tu És. Louvado seja o Teu santo nome, porque Tu És Deus. Porque o Senhor me ama, me perdoa, me cura, me transforma e me cobre de bênçãos. Ajuda-me a Te servir cada vez mais e melhor, meu Senhor. Eu consagro a Ti todo o meu ser, tudo que tenho e sou, e declaro que Tu És o meu Rei e Senhor. Em nome de Jesus, amém!"

SDG - A DEUS TODA GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT