HERANÇA DO SENHOR


Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti, S.C.Sul / SP
Pastoral Boletim 26.05.13


“Herança do SENHOR são os filhos; o fruto do ventre, Seu galardão.” Salmos 127:3.

Na mensagem de domingo passado refletimos neste maravilhoso capítulo do Livro de Salmos, que trata da família cujo fundamento é Deus. Esse lar é feliz porque Deus o edifica, protege e guarda, sustenta e concede contentamento. Aos pais é dada a incumbência de cuidar e amar os filhos, pois estes pertencem ao Senhor, e um dia o Senhor nos pedirá contas.

Mas há aqui também um recado que não pode passar desapercebido: os filhos são herança e galardão do Senhor na vida de seus pais. Isso é muito profundo e revelador, por mostrar qual é a identidade dos filhos, quem eles são (ou deveriam ser) diante do Senhor. Uma vez que todos somos filhos a mensagem cabe a todos nós: temos o dever de ser, na prática, a herança e o galardão do Senhor para com nossos pais. Esse é um alvo a ser perseguido. Mas o que é ser uma herança?

Alegria e prazer. Não há maior alegria e sentimento mais gratificante para os pais, do que verem os filhos crescerem e perseverarem nos caminhos do Senhor. Como é bom ver que o esforço, trabalho, ensino e educação não foi em vão, mas que eles aprenderam a lição e estão dispostos a servir a Deus de coração, voluntariamente, espontaneamente. (Provérbios 22:6; 29:17).

União. Os pais sentem-se felizes e realizados ao verem seus filhos unidos. Estar à volta da mesa representa a união da família. Diferente de lares onde reina a discórdia, a herança do Senhor traz paz e união. (Salmos 128:3b)

Amor, honra e respeito. Certamente os pais investem a sua vida esperando o mínimo em troca: a honra e o respeito. Essa herança demonstra que Deus está presente na vida dos filhos: eles honram seus pais porque Deus assim ordenou. Mas não é só isso; eles também honram seus pais porque os amam. Honrar é amar, e os filhos que verdadeiramente amam seus pais demonstram isso através do respeito, obediência, e no cumprimento de seus deveres. O modo como os filhos tratam seus pais está relacionado diretamente ao fator respeito e honra. No fim, quando os pais se tornarem idosos, os filhos cuidarão deles. Isso também é honrar pai e mãe. (Êxodo 20:12; Efésios 6:2).

Esses são alguns aspectos daquilo que a Bíblia trata como herança e galardão de Deus na vida dos pais. Observando o mundo em que vivemos, notamos que há dezenas de famílias que estão em total desacordo com o que foi exposto acima. Cabe a cada um dos filhos de Deus ser herança e galardão de Deus na vida dos seus pais. Isso é muito prático e exige a convicção bíblica do chamado, e a submissão de nossa vontade à vontade de Deus.

SOLI DEO GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT