A PALAVRA DO MESTRE - SER LUZ DO MUNDO (COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA)


Por: Rev. Nelson França
IPB de Vila Gerti, S.C.Sul / SP
Pastoral Boletim 21.04.13

“Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte; nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa. Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos Céus.” Mateus 5:14-16.

Os novos tempos, com relação à Igreja, sempre trazem novos cuidados. Nos dias atuais, particularmente, há um elemento que deve receber de nós cristãos, especial atenção: a utilização da internet.

Tal cuidado envolve, não só as consultas acerca de variados temas nos mais diversos sites, mas também a colocação de qualquer material ou informação. É fato que muitos cristãos, e inclusive a Igreja, fazem uso excelente dessa preciosa tecnologia. Porém, não podemos ignorar os riscos que ela oferece. Muitos talvez não escrevessem o que escreveram, nem postassem ali, o que postaram, se considerassem com seriedade os resultados disso.

Sabe-se, por exemplo, que há empresas que antes de admitir um funcionário pesquisam informações pessoais sobre ele nas redes sociais. A coisa é mais ou menos assim: “Diga-me teu nome, entrarei nas redes sociais e eu te direi quem tu és”. Porém, o que mais nos preocupa e nos leva a considerar o assunto é o fato de muitos, em nosso meio, não vigiarem seu uso e manifestações na internet.

Tudo que uma pessoa coloca na internet, até porque se está lá, tornou-se de domínio público. Ali, muitos, na maioria das vezes impensadamente, expressam seus desabafos, alegrias, tristezas, frustrações, opiniões, seus gostos e etc. Mas, é preciso refletir: como serei interpretado? Ou ainda: que efeito isto causará ao Evangelho? Tudo isto sem dizer também, que alguns, desconsiderando o bom testemunho da fé cristã, fazem uso palavras chulas, que de maneira alguma cabe ao crente referir, mais ainda publicamente. É lógico que aquilo que somos e pensamos, não é possível esconder de Deus. Mas ter cuidado com a imagem pessoal e com o bom testemunho do Evangelho, é sempre salutar e demonstra certamente um mínimo de temor a Deus.

Ao fazer uso da internet precisamos sempre nos lembrar que somos luz; é nossa luz que deve brilhar, para que os homens vejam nossas boas obras e glorifiquem a Deus.

Rev. Nelson é Pastor da IPB de Praia Grande / SP.

SOLI DEO GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT