AMOR


Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti, S.C.Sul / SP
Estudo Bíblico 10.04.13


“com a fraternidade, o amor” 2 Pedro 1:7b.

Neste, que é o último estudo da série "Buscando o Crescimento Espiritual", veremos a necessidade de buscarmos viver na dimensão espiritual do amor.

A Bíblia nos apresenta três tipos de amor: “ágape”, “phileo” e “eros”. Em grego, a língua original do Novo Testamento, essas três palavras são traduzidas por “amor”, em português. No entanto, no original elas têm significados diferentes, que enriquecem o nosso entendimento daquilo que o Senhor está nos ensinando em Sua Palavra.

Amor "ágape": é o amor sublime, que caracteriza o amor de Deus por nós. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16.

Amor "phileo": caracterizado como o amor familiar, é o amor entre pais e seus filhos, amor fraterno, amor entre amigos. “E Jônatas e Davi fizeram aliança; porque Jônatas o amava como à sua própria alma.” 1 Samuel 18:3.

Amor "eros": é o amor entre um homem e uma mulher, o amor entre um casal tanto de namorados como de esposa para com seu marido e do esposo para com sua mulher. “Beije-me ele com os beijos da sua boca; porque melhor é o teu amor do que o vinho.” Cânticos 1:2.

Nesse estudo enfatizaremos dois tipos de amor, o amor ágape e o amor phileo. O amor é o elemento que mantém a comunhão viva entre irmãos. A fraternidade (comunhão fraternal) só é possível se tivermos amor uns aos outros. Tudo que foi dito acima é fortalecido e alimentado pelo amor cristão. O amor é como o nosso piso, nosso Caminho, Jesus é amor! O amor é como o nosso ar, sem ele sufocamos na fé, e não conseguimos prosseguir em comunhão. A comunhão não sobreviverá sem amor, mas o amor fortalecerá a comunhão.  Sem amor tudo perde o sentido, tudo perde o seu valor (1 Coríntios 13).

Algumas características do amor cristão:

É o grande mandamento, a Deus sobre todas (Mt 22:36-40).
O nosso Deus ama e os atrai com laços de amor (Jr 31:3).
Deus nos deu o maior exemplo de amor (Jo 3:16; 15:13; 1 Jo 3:16).
É o vínculo da perfeição, ou seja, tudo deve ser feito em amor (Cl 3:14).
Nos livra de fazer o mal ao nosso próximo, é o cumprimento da Lei (Rm 13:10).
Procede de Deus (1 João 4:7), quem ama é nascido de Deus e conhece a Deus.

A Bíblia nos alerta que no final dos tempos, com o aumento da iniquidade, o amor se esfriará de quase todos (Mt 24:12). Certamente as iniquidades entristecem o Espírito Santo, e sem o Seu poder, o amor se dilui e enfraquece dentro de nós. Obviamente, a santificação (ausência de iniquidades) nutre e fortalece o amor em cada um de nós. Que o amor jamais se esfrie em nossos corações, em nome de Jesus!

Finalmente, a vontade de Deus é que cada uma das virtudes apresentadas nesse texto, cresçam em cada um de nós. Assim não seremos omissos, e teremos confirmada a nossa vocação e eleição. Assim, e somente assim, é que temos a esperança de irmos ao Céu um dia, onde viveremos e reinaremos eternamente com o nosso Senhor, Jesus Cristo.

“Porque estas coisas, existindo em vós e em vós aumentando, fazem com que não sejais nem inativos, nem infrutuosos no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo. Pois aquele a quem estas coisas não estão presentes é cego, vendo só o que está perto, esquecido da purificação dos seus pecados de outrora. Por isso, irmãos, procurai, com diligência cada vez maior, confirmar a vossa vocação e eleição; porquanto, procedendo assim, não tropeçareis em tempo algum. Pois desta maneira é que vos será amplamente suprida a entrada no Reino Eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo." 2 Pedro 1:8-11.

Material de apoio:
- Bíblia Anotada - Editora Mundo Cristão
- Bíblia Vida Nova - Editora Vida Nova
- Dicionários: Aurélio, Michaelis e Priberam.
- Pequena Enciclopédia Bíblica de O.S.Boyer - Editora Vida.

Leia o estudo anterior: FRATERNIDADE.
Leia o estudo completo: BUSCANDO O CRESCIMENTO ESPIRITUAL.


Clique na imagem e baixe como papel de parede.

SOLI DEO GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

JOSIAS, UM REFORMADOR EM SEU TEMPO