O DIA INTERNACIONAL DA MULHER


IPB de Vila Gerti, S.C.Sul / SP
Pastoral Boletim 10.03.13

“Estavam ali muitas mulheres, observando de longe; eram as que vinham seguindo a Jesus desde a Galiléia, para O servirem.” Mateus 27:55.

No dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, ocuparam uma fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

No ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem às mulheres que morreram queimadas em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU.

Aqui no Brasil podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.

No passado as mulheres foram muito discriminadas, no entanto a Bíblia afirma em 1 Pedro 3:7 que homem e mulher são iguais perante Deus, herdeiros da mesma graça (Rm 2:11). As mulheres de Deus, por vezes sozinhas, estão nos campos missionários, iniciando novos trabalhos, evangelizando e fundando Igrejas. Em geral, elas participam efetivamente na área de evangelização e ensino, principalmente o infantil, que é um dos setores mais importantes da Igreja, pois cuida da formação de futuros membros. Nessa área, elas são a maioria, quase absoluta. Elas também atuam notoriamente na área de ação social das Igrejas, e são precursoras e idealizadoras de um grande projeto de oração (Projeto Ana).

Quanto aos membros de uma Igreja, também em geral, elas estão em maior número. De fato, em nossa denominação, elas não são contadas entre pastores, presbíteros e diáconos; como não o foram entre os apóstolos, presbíteros e diáconos nos dias de Jesus. Mas, quem ousa negar que as mulheres formam um dos grupos que mais trabalha na Igreja? Enfim, as mulheres seguiram Jesus desde o início do Seu Ministério, e até a Sua morte elas O assistiram com os seus bens. Elas estavam no Seu sepultamento e foram as primeiras testemunhas de Sua ressurreição.

Louvamos a Deus pelas servas de Deus do passado e de hoje, pelo exercício de seus dons e talentos que muito nos abençoam, pela disposição em nos auxiliar em todas as necessidades. Que Deus abençoe generosamente todas as Suas servas, que lutam e se esforçam por manter a chama viva do Evangelho, e que são fiéis a Ele, semelhantes àquelas servas de Deus do passado.

Parabéns a todas as irmãs pelo DIA INTERNACIONAL DA MULHER!!! Deus as abençoe!


Extraído e ampliado de SUA PESQUISA, WIKIPEDIA, e BOLETIM IPPG.

SOLI DEO GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT