A PALAVRA DO MESTRE - DE QUEM DEPENDE O MILAGRE?

“E não fez ali muitos milagres, por causa da incredulidade deles.” Mateus 13:58.

A interpretação deste verso, pregada e ensinada em muitos seguimentos, é que, para Jesus operar milagres, é necessário que os homens creiam nEle. Caso contrário, os milagres não acontecem. Esta interpretação tem servido de justificativa para muitos que esperaram um milagre e este não aconteceu. Ou seja, na mente deles, se o milagre não aconteceu, foi por que faltou a fé. É inevitável que essa interpretação das Escrituras coloque sobre o homem a responsabilidade e a possibilidade dos milagres acontecerem ou não. Com isto vem sofrimento e decepção de muitos, que se julgam fracassados espiritualmente, por “não terem conseguido” fazer a sua parte, ou seja, ter fé, para que, por exemplo: o filho fosse curado; o casamento fosse restaurado; fosse admitido neste ou naquele emprego; conquistasse isto ou aquilo e etc. Por outro lado, alguns que julgam ter fé, trazem para si os méritos pelas bênçãos que graciosa e imerecidamente, receberam do Senhor.

É verdade que a nossa fé é um elemento fundamental em nossa relação com Deus; e, que “sem fé é impossível agradar a Deus” (Hebreus 11:6). Entretanto, Deus também não Se agrada que se distorça a interpretação das Escrituras. E, segundo elas, Deus é soberano em todas as Suas ações. Isto significa que em absolutamente nada, Ele depende do homem para agir. Conforme nos afirma o Salmo 115:3 “No Céu está o nosso Deus e tudo faz como Lhe agrada”.

Portanto, é muita pretensão do homem pensar que Deus dependa da sua fé para realizar qualquer obra, ou que a falta dessa fé, obstruirá o Seu agir. Sem dúvida, Deus é tolerante com o homem, e procura o conduzi-lo à fé, como fez, por exemplo, com Moisés. Mesmo Jesus com os discípulos; mas, daí a imaginar que Ele depende da fé humana para agir, é demais. Se Deus dependesse da fé de Zacarias, para que Isabel ficasse grávida de João Batista, este não teria nascido; pois Zacarias não acreditou que isto pudesse acontecer (Lucas 1:20).

Enfim, o que o verso base ensina, é que: por causa da incredulidade dos nazarenos, Jesus não quis fazer muitos milagres naquele lugar.

Como declara o salmista: “Só Tu És Deus! Só Tu És Deus!”

O Rev. Nelson é Pastor da IPB de Praia Grande / SP.

SOLI DEO GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?