COMO NÃO CASAR COM A PESSOA ERRADA

Por: Pr. Sergio e Magali Leoto

“Só existe UMA pessoa certa, para que eu me case? E se eu escolher a pessoa ERRADA?”

Pergunta respondida pelos autores Sergio e Magali Leoto, em seu novo livro “Histórias de Amor Com Um Toque Divino”.


Não há informação bíblica, que nos diga se existe apenas uma pessoa certa, para que casemos. O que existe, é o ensino apostólico sobre ser “marido de uma só mulher” e consequentemente, válido também para esposas terem um só marido (1 Timóteo 3:2; Tito 1:6).

Podemos citar, entretanto, como nós pessoalmente cremos. Entendemos que Deus permite que conheçamos várias pessoas boas e confiáveis. Mesmo não sendo perfeitas, seriam ótimos conjuges, com quem poderíamos ter um casamento feliz. Nós iremos conhecê-las melhor e decidir de quem iremos nos aproximar mais, e se Deus permitir, iniciar um namoro e futuramente o casamento.

Depois que escolhermos e casarmos com a pessoa, vale o princípio bíblico: “marido de uma só mulher”, e obviamente, "mulher de um só marido"! Se fizemos a escolha, lutaremos pelo bom relacionamento, diariamente. Problemas de relacionamentos poderão existir, mas podem e devem ser tratados. Não posso “jogar tudo para o alto”, achando que “casei com a pessoa errada”! Neste caso, é hora de pedir ajuda, para restaurar os rumos do casamento.

Outras perguntas respondidas no livro:

1) Por que eu tenho tanta dificuldade de encontrar a pessoa certa para namorar, visando um possível casamento? O que acontece comigo? (Salmos 55:22).

2) Eu preciso encontrar alguém que seja a minha "alma gêmea", a minha "cara metade?" (Gênesis 2:18).

3) Sou EU que escolho, ou é DEUS quem escolhe a pessoa com quem vou me casar? (Gênesis 24; 2 Coríntios 6:14).

4) Sinceramente, não sei definir se o que eu sinto pela pessoa que namoro, se é amor ou paixão! Como vou saber se este sentimento será suficiente, para que eu possa me casar e ser feliz? (Lucas 11:9; 1 Coríntios 14:33).

5) Estou namorando há algum tempo e já estamos pensando em casamento. Só que a pessoa tem alguns defeitos, que eu não gosto. Às vezes, eu penso que quando nos casarmos, estes defeitos irão melhorar. Será que isso é verdade? (Lucas 14:28).

6) Deus pode intervir, se eu tiver uma crise séria, em meu futuro casamento? E como se dará esta intervenção? (Mateus 19:26; Efésios 6:13).

7) Devo insistir em um namoro, se forem frequentes os desentendimentos e divergências de pensamento? Não é melhor romper logo, visando ter o mínimo de sofrimento para os dois? (Provérbios 21:19; 22:24).

8) Tenho amigos que se divorciaram em menos de dois anos de casados. O que devo fazer para não fracassar também, quando me casar? (Malaquias 2:16).

9) Tenho um grave problema com a ansiedade! Faço o propósito de confiar em Deus para encontrar a pessoa certa para namorar e casar, mas não consigo! Acabo me desesperando e escolhendo pessoas erradas, tendo namoros desastrosos! O que eu faço para vencer esta ansiedade? (Mateus 6:25).

10) Sei de pessoas solteiras que já mantém relações sexuais. O que a Bíblia diz sobre a possibilidade de praticarmos o sexo, antes do casamento? (Gálatas 5:19-21).

11) Mesmo se estiver casado, posso me sentir fortemente atraído por outra pessoa. Não vejo nenhum mal em viver esta aventura extra-conjugal, desde que meu conjuge nunca fique sabendo. O que a Bíblia fala a este respeito? (Provérbios 6:24-7:27).

12) Quando brigo com meu (minha) namorado (a), não aguento ficar muito tempo, sem tentar acertar o problema que houve, seja para perdoar ou pedir perdão. Mas sei que existem pessoas que optam por não falar mais no assunto e agir, como se nada tivesse acontecido! É a filosofia que diz que "Amar é nunca ter que pedir perdão". Qual é a melhor atitude? (Efésios 4:32).

O livro “Histórias de Amor Com Um Toque Divino” pode ser adquirido pelo site: www.ediouro.com.br/site/seals/index/thomasnelson/, ou nas melhores livrarias.


Obs.: a pergunta acima é provocativa, pois é essa a conclusão a que chegam muitos casais quando enfrentam as crises conjugais, razão pela qual o número de divórcios por motivos fúteis é tão grande. Certamente o conteúdo desse post (e do livro indicado) serve não só para orientação na hora da escolha, mas também para encorajar ao enfrentamento das crises conjugais.

SOLI DEO GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT