A PALAVRA DO MESTRE - A MODERAÇÃO EM TUDO É BOA

Por: Rev. Nelson França

“Achaste mel? Come apenas o que te basta, para que não te fartes dele e venhas a vomitá-lo.” Provérbios 25:16.

O mel é tido como um dos alimentos mais completos. É mencionado em qualquer lista de alimentos saudáveis. Além disso, é sem dúvida alguma o símbolo maior da doçura. O seu valor na antiguidade pode ser observado pelo fato de que o Senhor ao falar sobre a fartura e prazer que a terra prometida iria proporcionar ao seu povo, ele se referia a ela como a terra que manava "leite e mel".

Mas, embora o mel seja um alimento  tão rico e saudável, o sábio recomenda que ele fosse apreciado com moderação, caso contrário o seu efeito seria o inverso: ao invés de fazer bem, ele faria mal. Além disso, aquele que  o apreciava passaria a rejeitá-lo.

Certamente, o objetivo do sábio ia mais além, que ensinar acerca do consumo do mel. Era, sim, lembrar um importante princípio para o todo da vida. O mel na verdade representa tudo aquilo que nos dá prazer. Coisas essas que quando nos estão disponíveis queremos desfrutar o máximo delas, sem nos preocupar com os possíveis, e até mesmo necessários, limites.

Quando “achamos o mel”, a impressão que temos é que quanto mais desfrutar dele, maior será o prazer e ainda mais o apreciaremos. Entretanto, a experiência mostra que não são poucos os que depois de se fartarem, vieram a sentir repulsa por aquilo que lhes era tão apreciável e doce.

Como bom observador da vida, o sábio conhecia o resultado final que se dava com os que exageravam no saborear o mel: “venhas a vomitá-lo”, isto é, haveria fastio e rejeição. O verso e a própria vida, nos ensinam a importância de sabermos usufruir com moderação as coisas que apreciamos, pois mesmo as mais doces e saudáveis, poderão tornar-se repulsivas se não houver moderação no nosso usufruto.

Portanto, o presente verso sugere sabedoria e bom senso e moderação quanto ao nosso desfrutar, mesmo das coisas mais excelentes.

Enfim, a moderação em tudo é boa.

“Achaste mel? Come apenas o que te basta.”                                

O Rev. Nelson é pastor da IPB de Praia Grande / SP.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT