O DEUS A QUEM SERVIMOS TUDO VÊ, TUDO SABE, E TUDO PODE FAZER

Por: Rev. Paulo Sergio da Silva
IPB de Vila Gerti - S.C.Sul / SP
Pastoral Boletim 16.09.12


“Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno.” Salmos 139:23-24.

É admirável o modo como Deus nos vê, entende, e revela-Se a nós. Ele É o Todo Poderoso, Onisciente, Onipresente e Onipotente Deus. Não existe outro Deus além dEle, Ele é Senhor sobre todas as coisas, o Seu amor e graça são infindáveis sobre os que O temem. O Senhor tem prazer na misericórdia e todos devem dar-Lhe louvor, gratidão, adoração e submissão. É essa a perspectiva de vida dos servos (as) de Deus. 


A realidade da Onisciência de Deus nos é apresentada através do modo como Deus nos sonda (vs.1-4). O verbo “sondar” significa conhecer, explorar, analisar, perscrutar, averiguar o que se passa no íntimo. Deus nos sonda e por isso nos conhece muito bem! Não adianta tentarmos nos esconder dEle, nem pensar que Ele se surpreenda com alguma coisa que fizermos, falarmos ou pensarmos. Devemos honrá-Lo em nossas atitudes cotidianas como sentar, levantar, deitar e caminhar. Deus sabe perfeitamente como vivemos, e conhece até os nossos pensamentos e palavras, aliás antes mesmo que sejam ditas. O princípio elementar da Onisciência divina nos leva a desenvolver um relacionamento espiritual, íntimo e real com Deus. Somos rodeados pelo cuidado e proteção de Deus, por isso devemos tomar cuidado para não entristecê-Lo, afinal Ele sabe tudo a nosso respeito. O salmista se espanta só de pensar nesse nível tão elevado de conhecimento que Deus tem a respeito dele (vs.6). Será essa também nossa reação? O nível da nossa fé pautará nossa reação.

Em seguida somos confrontados com a realidade da Onipresença de Deus (vs.7-12). Onde quer que formos o Senhor lá estará! Seja no lugar mais elevado, profundo ou distante. Seja na área física, emocional, espiritual ou material. Em algumas fases nos sentimos como se estivéssemos em um alto monte; mas há momentos também que nos sentimos no mais profundo e sombrio vale da dor e da provação. E Deus também estará lá conosco! Mas tomemos muito cuidado com o lugar onde colocamos a planta de nossos pés, com as companhias e amizades. Deus está presente em todos os lugares, exatamente por isso devemos temê-Lo.

E por último somos apresentados à Onipotência de Deus (vs.13-16). Fomos formados por Ele, contemplados por Ele quando nem existíamos ainda, nossos dias foram determinados por Ele quando nem um deles havia ainda. Diante do milagre da vida, a ausência de fé em Deus será totalmente julgada no Dia do Juízo Final. Cremos no Senhor porque Ele é o Criador e mantenedor de todas as coisas, inclusive a nossa própria vida! Crer em Deus desse modo é ao mesmo tempo maravilhoso e atemorizante, porque sabemos que um dia prestaremos contas a Ele (Ec 11:9; Ap 20:11-15).

Que Deus grandioso é o nosso Deus, não existe outro Deus como Ele! Diante de tão grande poder e sabedoria, devemos nos render a exemplo do salmista e reconhecer nossa limitação e pequenez (vs.17-18). Que nos humilhemos mais, como fez Davi (vs.23-24) perante a grandiosidade de Deus. Davi não ficou apenas na teorização a respeito do poder e da grandeza de Deus, mas suplicou que Ele o sondasse em duas áreas de extrema importância: coração e pensamentos. Abramos as portas de nossa alma, nossos lugares e esconderijos secretos, e peçamos que Ele nos ajude, guie e ilumine nossos corações e mentes. A grande lição aqui é que nós não somos capazes de fazer isso de um modo satisfatório. Além de sermos “suspeitos”, somos pecadores natos, cegos e fracos em nossa natureza. Mas diante desse Deus tão grandioso, podemos ser transformados e guiados através de um caminho diferente, o CAMINHO ETERNO! Que Deus nos abençoe!
 
SOLI DEO GLORIA!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PASTORES VOADORES

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?