CATECÚMENOS (17) PERSEVERANÇA DOS SANTOS


OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO
AS DOUTRINAS DA GRAÇA DE DEUS

TULIP - Acróstico formado pelas iniciais, em inglês, das cinco doutrinas reformadas da salvação, conhecidas também como as Doutrinas da Graça.

Total Depravity - Depravação Total
Unconditional Election - Eleição Incondicional
Limited Atonement - Expiação Limitada
Irresistible Grace - Graça Irresistível
Perseverance of the Saints - Perseverança dos Santos.


Autoria

Ao contrário do que muitos pensam, não foi João Calvino quem escreveu “Os Cinco Pontos do Calvinismo”. Talvez algumas pessoas ficarão impressionadas com esta afirmação. No entanto, a magna pergunta que se faz é: Se não foi Calvino, quem foi então? “Estes cinco pontos foram formulados pelo Sínodo de Dort, Sínodo este convocado pelos estados Gerais (da Holanda) e composto por um grupo de 84 Teólogos e 18 representantes seculares, entre esses estavam 27 delegados da Alemanha, Suíça, Inglaterra e outros países da Europa reunidos em 154 Sessões, desde 13 de novembro de 1618 até maio de 1619”. Na verdade este sistema doutrinário foi fundamentado tão somente nas doutrinas ensinadas por Calvino, 54 anos após a morte do grande reformador (1509-1564). (João Calvino e “Os Cinco Pontos do Calvinismo”).



PERSEVERANÇA DOS SANTOS (Perseverance of the Saints)

“Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.” Ap 14:12.

Assim afirma a Confissão de Fé de Westminster, acerca da Perseverança dos Santos:

“Aqueles a quem Deus aceitou em Seu Amado (Jesus), eficazmente chamados e santificados por Seu Espírito, não podem nem totalmente nem finalmente apostatar do estado de graça; mas com toda certeza perseverarão nela (na graça de Deus) até ao fim e serão eternamente salvos.” (Confissão de Fé de Westminster - Seção 1).

Os eleitos não são apenas redimidos por Cristo e regenerados pelo Espírito; eles são mantidos na fé pelo infinito poder de Deus. Todos os que são unidos espiritualmente a Cristo, através da regeneração, estão eternamente seguros nEle. Nada os pode separar do eterno e imutável amor de Deus. Foram predestinados para a glória eterna e estão, portanto, assegurados para o Céu. A perseverança dos santos não significa que todas as pessoas que professam a Fé Cristã estão garantidas para o Céu. Somente os santos – os que são separados pelo Espírito – é que perseverarão até o fim. São os crentes – aqueles que recebem a verdadeira e viva fé em Cristo – os que estão seguros e salvos nEle.

Muitos que professam a fé cristã desistem no meio do caminho, mas eles não desistem da graça, pois nunca estiveram na graça. A perseverança dos santos está diretamente ligada à santificação, que é o processo pelo qual o Espírito Santo torna os eleitos cada vez mais semelhantes a Jesus Cristo em tudo o que fazem, pensam e desejam. A luta dos crentes contra o pecado dura toda a vida e, às vezes, eles podem cair em tentações e cometer graves pecados, mas esses pecados não os levam a perder a salvação ou a afastar-se de Cristo. A Bíblia diz que o povo de Deus recebe a vida eterna no momento em que crê. São guardados pelo poder de Deus mediante a fé e nada os pode separar do Seu amor. Foram selados com o Espírito Santo que lhes foi dado como garantia de sua salvação e, desta forma, estão assegurados para uma herança eterna.

Referências bíblicas: Is 54:10; Jr 32:40; Mt 18:14; Jo 6:39-40,51; 10:27-30; Rm 5:8-10; 8:28-39; 11:29; Gl 2:20; Ef 4:30; Fp 1:6; Cl 2:14; 2 Ts 3:3; 2 Tm 2:13,19; Hb 7:25; 10:14; 1 Pe 1:5; 1 Jo 5:18; Ap 17:14.


Catecúmeno: do grego “katekhoúmenos”; pessoa que se prepara e instrui, nos princípios da religião, para receber o batismo. Fonte: Eleitos de Deus. Leia também sobre esse tema em Bereianos e Monergismo. Estudo completo: TULIP.

IPB de Vila Gerti, S.C.Sul / SP. Catecúmenos - Curso Preparatório para o Batismo e Profissão de Fé 26/10 e 30/11/14. Material utilizado anteriormente em 16/12, 19 e 26/08/12.

SDG - A DEUS TODA GLORIA!!!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT