A IGREJA E MISSÕES - ROSSANA E RONALDO LIDÓRIO AGO/12


"Muitos cristãos consagrados jamais atingirão os campos missionários com seus próprios pés, mas poderão alcançá-los com seus joelhos." Adoniran Judson.

Queridos irmãos, é com alegria que partilhamos sobre a bondade do Senhor em nossas vidas e ministério nestes últimos dois meses.

Estivemos envolvidos com um treinamento missionário tríplice (Aquisição de Línguas, Antropologia Cultural e Plantio de Igrejas) que aconteceu em Brasília neste mês de agosto. Tivemos ali um período abençoadíssimo com a presença de mais de 150 missionários de 27 diferentes organizações. Além do treinamento houve também mútuo pastoreio e agendamento para acompanhamento emocional visando o encorajamento de todos. Pudemos partilhar com diversos irmãos sobre a vida missionária, o que nos alegrou. Ficamos contentes com este modelo (foi a primeira vez que juntamos os três cursos em um só momento) e cremos que devemos repeti-lo nos próximos anos. Foi, de fato, um momento marcante em nossas vidas e somos gratos a todos que colaboraram com os preparativos, orações, ensino e acompanhamento destes preciosos missionários.

Ronaldo concluiu no fim de junho uma das pesquisas que tínhamos em mente já há algum tempo. Viajou em uma pequena lancha os 1.670 quilômetros do rio Solimões (de Manaus até a fronteira com o Peru e Colômbia) investigando a presença do Evangelho entre as comunidades ribeirinhas e indígenas. Foram 12 dias subindo o rio e visitando as áreas indígenas no Alto Solimões e Colômbia. Visitou 37 comunidades e aldeias e trouxe informações sobre 11 etnias indígenas, sendo 4 ainda não evangelizadas. Louvamos a Deus pela proteção durante estes dias, pelas portas abertas e boa pesquisa. Oramos para que estes dados se transformem em ações missionárias nos próximos meses e anos.

Tivemos a alegria de participar do encontro nacional indígena (CONPLEI) na Chapada dos Guimarães. Foi um mover de Deus. Mais de 1.000 indígenas de 81 etnias louvando Jesus, o Nome acima de todo nome. Ronaldo falou sobre plantio de Igrejas e, desde então, estamos em contato com diversos novos líderes indígenas tanto do Brasil quanto de outros países limítrofes, interessados em mais informações e treinamento. Novas portas.

A APMT adquiriu um imóvel em Manaus que servirá à recém criada Base Indígena da APMT. Será usada como casa de apoio para os missionários que por aqui passarem, em parceria com o Amanajé e também aberta às demais organizações parceiras. Estamos envolvidos com o projeto da reforma deste imóvel que há de ser uma bênção no apoio ao ministério indígena no Norte do Brasil.

O Amanajé está indo muito bem, aproveitando as portas abertas por Deus. A equipe hoje é formada por 50 pessoas que atuam em 12 diferentes etnias, e na expectativa da chegada de novos missionários neste próximo ano. Orem conosco pelo amadurecimento das lideranças das Igrejas já plantadas e por conversões sinceras nas frentes de evangelização. Também pelos projetos sociais nas áreas de saúde, educação e subsistência. Orem por cada um de nós.

Pedimos suas orações por este semestre no qual devemos continuar envolvidos com pesquisa de campo, treinamento missionário e consultorias às equipes missionárias em países menos evangelizados. Esta colaboração com equipes em países pouco evangelizados tem sido uma área ministerial que também tem nos dado muita alegria. Orem conosco por boa saúde, forças renovadas e segurança nas viagens.

Se quiserem acompanhar melhor alguns destes passos e ver algumas fotos, fiquem à vontade para se cadastrarem em nossa página no Facebook. Clicando em “curtir” vocês receberão as notícias que iremos postando.

Agradecemos as orações, o apoio e, de forma especial, todo o encorajamento.

Em Cristo Jesus.

Rossana e Ronaldo Lidório.

APMT
AMEM
INSTITUTO ANTROPOS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

INTRODUÇÃO GERAL AO NT (5) - A ORDEM DOS LIVROS DO NT