TEMPO DE SER INCURVÁVEL

“...não serviremos a teus deuses, 
nem adoraremos a imagem de ouro...” 
Daniel 3:18.

Nabucodonosor era um rei tirano e vaidoso. Construiu uma imagem de ouro de aproximadamente 30 metros de altura para que todo o povo se prostrasse e a adorasse. Caso contrário, o infrator seria lançado na fornalha. No meio da multidão, ajoelhada servilmente, estavam os amigos de Daniel em pé. Por isso, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego foram acusados de insubordinação.

Eles preferiram obedecer a Deus aos homens. Continuaram fiéis, mesmo sabendo que poderiam morrer. Não se curvaram diante do pavor da morte. Foram até as últimas consequências. Você estaria disposto a pagar qualquer preço pela sua fidelidade e ser um discípulo incurvável de Cristo? Aquele que teme a Deus não teme os homens. O que se ajoelha diante de Deus, não se curva em nenhuma circunstância. 


O final da história é lindo. Eles foram jogados na fornalha, mas o Anjo do Senhor os guardou. Não tiveram nenhum fio de cabelo chamuscado. Deus os libertou de tal forma que o mesmo rei ímpio que os acusou, também declarou: “Não há outro deus que possa livrar como este” (Dn 3:29).

Oremos
Senhor Deus, neste dia, quero tomar a decisão de não abrir mão de minha fidelidade à Tua Palavra. Estou disposto a ser fiel a Ti até a morte. Em nome de Jesus. Amém.

Cada Dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ASSUMIR UMA POSIÇÃO DIANTE DE DEUS

PODE O CRENTE PARTICIPAR DA FESTA DO PEÃO?

IPB EM FOCO - SIMONTON E AS BASES DO PRESBITERIANISMO NO BRASIL